24/02/2014 13h36 - Atualizado em 25/02/2014 19h44

Blackphone: smartphone Android coloca a privacidade em primeiro lugar

Allan Melo
por
Do MWC 2014

Ter um smartphone seguro e privado deixou de ser exclusividade dos espiões da NSA. Chamado de “Blackphone”, o novo telefone criado pelas empresas Silent Circle e Geekphone fez o que parecia ser impossível: fechou todas as portas do Android e disponibilizou esta novidade para qualquer usuário disposto a pagar US$ 629 (cerca de R$ 1400, sem impostos) - um preço equivalente aos tops de linha vendidos nos EUA. 

Fique por dentro das novidades e tudo sobre o MWC 2014

Novo smartphone Blackphone tem foco na privacidade (Foto: Allan Melo/TechTudo)Novo smartphone Blackphone tem foco na privacidade (Foto: Allan Melo/TechTudo)


Apresentado ao mundo nesta segunda-feira (24) no MWC 2014, em Barcelona, o Blackphone vem com configurações que correspondem a um top de linha: uma tela HD de 4.7 polegadas IPS roda o sistema processado por um quad-core SoC de 2 GHz, com 2 GB de RAM e 16 GB de memória interna. De câmera, há uma frontal para videochamadas e outra para fotos, de 8 megapixels e com flash. É compatível com as redes 4G da Europa e vem com Wi-Fi, Bluetooth 4.0, GPS e vários outros sensores.

Conferência de lançamento do Blackphone (Foto: Allan Melo/ TechTudo)Lançamento do Blackphone chamou a atenção no MWC 2014 (Foto: Allan Melo/ TechTudo)


O segredo deste telefone, entretanto, está no sistema, uma versão exclusiva e completamente modificada do Android, chamada de “PrivatOS”, e nos apps, começando pelas versões criptografadas dos recursos de telefonia, texto e agenda de contatos. Dentro, ainda vem com uma central de segurança, navegador seguro, firewall e outras soluções complexas, que vão da limpeza remota (para o caso de roubo ou furto) à criptografia e gerenciamento de redes Wi-Fi.

Conferência de lançamento do Blackphone (Foto: Allan Melo/ TechTudo)Modelo já está em pré-venda e tem previsão de chegada para junho lá fora (Foto: Allan Melo/ TechTudo)


Fechando todas as pontas, a empresa também anunciou uma parceria com a operadora holandesa KPN, que fornecerá uma rede segura, sem intermediários capturando seus hábitos de consumo e navegação.

Qual será a maior inovação do MWC 2014? Comente no Fórum do TechTudo

O smartphone já está em pré-venda e deve começar a ser entregue aos seus clientes em junho. Porém, por enquanto este telefone só estará disponível na Holanda, Bélgica e Alemanha.


Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Marcos Melo
    2014-02-24T14:59:58  

    Só pelo fato de haver rastreamento de hábitos de consumo e navegação já mostra uma brecha a ser usada por hackers, Android jamais será um IOS, NUNCA SERÃO... Quebra criptografica não é nada fora do comum hoje em dia, os Americanos que o digam...

    recentes

    populares

    • Marcos Melo
      2014-02-24T14:59:58  

      "fornecerá uma rede segura, sem intermediários capturando seus hábitos de consumo e navegação." Acho que você não sabe ler. O que esse trecho quer dizer é justamente que NÃO HAVERÁ CAPTURA DE HÁBITO ALGUM! Por isso o uso do "sem intermediários"

    recentes

    populares

    • Marcos Melo
      2014-02-24T14:59:58  

      seu exemplo de navegador seguro é o IOS? oiaushdfouiahsdofuihasdoifhaodsiufhoauisdhf Aquele que liga o gps do usuário sem avisar, captura os hábitos de movimento do cliente e enviam para a Apple, que compartilhou sem reclamar tudo com a NSA? Ridículo

  • José Sakugava
    2014-02-24T16:06:02

    É fácil blindar qualquer smartphone: basta desligar o wifi e os dados móveis :-)))))

  • Ivson Gomes
    2014-02-24T15:38:19

    Nada mal para um usuário comum, preço R$ 1.400,00 mais os velhos 40% de impostos, mas o olho do mercado, deve chegar ao BR pelo inchado preço de R$ 2.400,00. Só tem um detalhe, pra toda tecnologia antifraude há uma fraude nova, mas já é um começo.