01/07/2014 12h47 - Atualizado em 01/07/2014 17h03

Ford e Intel planejam usar reconhecimento facial em carros; entenda

Gabriel Ribeiro
por
Para o TechTudo

A Intel revelou nesta semana seu projeto para o setor automotivo: o Project Mobii. Desenvolvida em parceria com a Ford, a tecnologia visa instalar uma série de sensores e câmeras internas, que prometem a possibilidade de controlar por gestos alguns recursos do carro e até o reconhecimento facial de quem está no volante. O anúncio foi feito pouco depois de o Google ter exibido o Android Auto, adaptação do sistema Android para automóveis.

LG entra para time de fabricantes que vai fazer Android Auto acontecer

Project Mobii prevê instalação de uma série de câmeras e sensores dentro dos carros (Foto: Divulgação/Ford)Project Mobii prevê instalação de uma série de câmeras e sensores dentro dos carros (Foto: Divulgação/Ford)

Com a ajuda de um aplicativo para smartphone, o dono do carro poderia, por exemplo,  ver quem está dirigindo o veículo e até mesmo definir o limite de velocidade para o condutor. Uma função bastante útil para quem divide o carro com os filhos.

Qual é o melhor Windows de todos os tempos? Opine no Fórum do TechTudo.

Outro recurso interessante é em relação à segurança, já que, em caso de roubo, o próprio carro manda a foto do condutor para o proprietário, e o dono poderia, pelo smartphone, desabilitar as funções do motor.

Carro manda automaticamente foto do condutor para o dono do veículo (Foto: Reprodução/Ford)Carro manda automaticamente foto do condutor para o dono do veículo (Foto: Reprodução/Ford)


Com a ajuda de sensores a tecnologia também permite o controle de gestos. Seria possível, por exemplo, ativar o teto solar apenas apontando o dedo para o alto ou controlar a temperatura do ar condicionado com um movimento das mãos.

“Nosso objetivo com o Project Mobii é explorar como os motoristas interagem com  a tecnologia no carro e como podemos fazer esta interação mais intuitiva”, disse em comunicado Paul Mascarenhas, diretor técnico e vice presidente da Ford Research and Innovation.

A tecnologia ainda está em fase de protótipo e deve demorar alguns anos até chegar ao mercado. Esta, no entanto, não é a única aposta da Intel para o setor automotivo. Um outro projeto chamado Intel In Vehicle Solutions, planeja criar processadores específicos para os veículos, além de integrá-los a um software baseado em Linux.

Via Ford e HotHardware

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares