Impressora

28/08/2014 06h02 - Atualizado em 01/09/2014 18h20

Testamos o Instax Share, dispositivo que imprime fotos do celular na hora

Pedro Zambarda
por
Para o TechTudo

A Fujifilm apresentou a Instax Share SP-1, uma impressora portátil que imprime fotos diretamente do smartphone, durante o feira PhotoImage, que acontece até esta quinta-feira (28), em São Paulo. O TechTudo testou o gadget e conta as primeiras impressões do produto, que chega ao mercado brasileiro no mês de setembro, de acordo com a fabricante.

PhotoImage 2014 traz impressora de fotos compacta que funciona com app

Foto impressa com a impressora Instax Share SP-1  (Foto: Pedro Zambarda/TechTudo)Foto impressa com a impressora Instax Share SP-1 (Foto: Pedro Zambarda/TechTudo)

O Instax Share pesa 253 g, tem 10,1 cm de largura por 12,25 cm de altura e 4,2 cm de espessura. Seu design arredondado perto da região da impressão resulta em uma boa pegada para levá-lo de um local para o outro. A pequena impressora não é fina o suficiente para carregá-la no bolso, mas cabe com folga dentro de uma mala pequena.

A máquina usa um par de pilhas CR2 e a energia é exibida por um ponto verde situado no topo do aparelho, ao lado do espaço por onde saem as fotografias impressas. O aparelho funciona conectado a dispositivos móveis, como tablets ou smartphones, via Wi-Fi.

Qual a utilidade de comprar uma impressora 3D? Veja no Fórum do TechTudo

O Instax acompanhado por fotos e com sua caixa (Foto: Pedro Zambarda/TechTudo)O Instax acompanhado por fotos e com sua caixa (Foto: Pedro Zambarda/TechTudo)


Os comandos da impressora são dados através de um aplicativo chamado Instax Share, disponível gratuitamente para iOS ou Android. Para realizar o procedimento, o usuário deve conectar o celular ao Wi-Fi próprio do gadget. Depois, é só tirar as fotos e imprimi-las, de maneira quase intantânea. Nos testes realizados pelo TechTudo, as fotografias foram impressas em cerca de 30s. De acordo com a Fujifilm, a máquina faz esse trabalho em apenas 16s.

A imagem tem o tamanho de 5,4 cm por 8,6 cm, ou seja, mais ou menos as dimensões de um cartão de crédito. Pelo app, é possível aplicar filtros de imagem para obter um efeito diferenciado, além de incluir informações como data e hora, localização e condições climáticas. A impressão não inclui falhas e reproduz com certa fidelidade os efeitos que são programados.

Luz verde indica energia do Instax (Foto: Pedro Zambarda/TechTudo)Luz verde indica energia do Instax (Foto: Pedro Zambarda/TechTudo)


O tipo de papel é de filme de máquina analógica convencional, com um pacote de substância química para revelação em uma das bordas. A máquina não utiliza tintas convencionais e a impressão ocorre como uma revelação de foto. A Instax Share acelera o processo químico de criação da imagem durante a impressão, dentro do aparelho. 

A Fujifilm venderá caixas deste tipo de papel com até 20 unidades, divididas em dois pacotes, sem preço divulgado ainda. Já a Instax Share estará disponível a partir de setembro nas lojas brasileiras e tem o preço sugerido de R$ 899.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Lula Molusco
    2014-08-28T17:15:54

    ---QUANDO A NOSSA RAINHA (DILMA) FOR REELEITA VAMOS AUMENTAR O IMPOSTO DE IMPORTAÇÃO DE ELETRÔNICOS ATÉ O (TALO). ---------SE A (MARINA) GANHAR TAMBÉM PORQUE ELA É BASE ALIADA DO (PT). -----------QUALQUER UMA QUE GANHAR SERÁ UMA FERRAMENTA DO (PT). ---------VIVA O (PETE).

  • Adilson Teodoro
    2014-08-28T13:23:00

    É uma pena que no Brasil tudo é um absurdo de precos altos. Aqui nos EUA, a mesma camera + 1 caixa com 20 fotos, nós pagamos US$145.00 dolares com o frete free. As despesas de brasileiros nos EUA chegaram a R$ 5,42 bilhões (US$ 2,415 bilhões), em julho 2014. Esse mesmo dinheiro poderia enriquecer a economia brasileira, mas a politica do país não quer.