26/09/2014 13h59 - Atualizado em 26/09/2014 13h59

Drones a caminho de Hollywood: FAA autoriza voo para captação de imagens

João Kurtz
por
Para o TechTudo

O governo americano acaba de aprovar o uso de drones para gravação de filmes no país. Essa notícia não só é positiva para a indústria cinematográfica, como pode ser esperançosa para o Google e o Facebook, que ainda aguardam autorização da Administração Federal de Aviação (FAA) dos Estados Unidos para realizar testes com drones que entregam Wi-Fi em locais remotos. As produtoras do cinema, antes dessa autorização, tinham de realizar a captura de imagens com o aeromodelo em outros países.

Facebook investe em transmissão de redes Wi-Fi a partir de drones

Drones poderão ser usados em estúdios para gravar filmes (foto: Reprodução/Digital Trends)Drones poderão ser usados em estúdios para gravar filmes (foto: Reprodução/Digital Trends)

O pedido havia sido feito em maio por sete produtoras. Em contrapartida, a FAA pediu que elas e a MPAA (Associação de Filmes da América, em tradução da sigla em inglês) se unissem para criar um guia de procedimentos que delimitasse como seria a utilização dos drones em solo americano.

A criação do documento envolveu vários setores da sociedade, como pilotos, advogados, consultores independentes e representantes das empresas de estúdios. Em seguida, ele foi revisto e agora regularizado ecebe aprovação.

A autorização dada pela FAA exige que os drones sejam operados por pilotos certificados. Os veículos aéreos não tripulados não podem voar além do set de filmagens e precisam estar na linha de visão do controlador responsável. Além disso, os robôs voadores não podem ir além de 120 metros de altitude, ultrapassar 92 km/h ou serem usados à noite.

Drones que farão entregas em 30 minutos? Opine no Fórum do TechTudo.

Esses requisitos poderão ser revistos no futuro, assim que a agência dispor de mais dados sobre segurança. Por outro lado, as empresas não precisam mais seguir algumas regras de manutenção e equipamento criadas para aeronaves maiores. Uma das exigências removidas, por exemplo, é a obrigatoriedade de manter um manual de operações dentro do veículo, o que é impossível em um drone.

A indústria de cinema é uma das mais apropriadas para receber autorização de uso de drones, avalia o produtor Tony Carmean, da Aerial Mob, uma das empresas responsáveis pela confecção do documento. Isso porque ela pode atender a dois pontos importantes para a FAA, que são segurança e privacidade. “Muitas produções ocorrem em locais fechados, garantindo que as pessoas envolvidas tenham ciência da presença de uma aeronave no local”, explica.

Via Digital Trends, Forbes, The Washington Post


Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares