06/11/2014 06h00 - Atualizado em 06/11/2014 16h15

Mac OS X Yosemite: veja a evolução do visual do sistema da Apple

Edivaldo Brito
por
Para o TechTudo

Nesse momento, o Yosemite é a versão mais recente do Mac OS X e ele é o resultado da evolução desse sistema ao longo dos últimos anos. Para entender melhor tudo que aconteceu e conhecer cada mudança, acompanhe uma breve passagem por todas as versões, desde o primeiro até a versão atual.

Como configurar a busca do Spotlight no Mac OS X Yosemite

Conheça a evolução visual do sistema Mac OS X da Apple  (Foto: Divulgação/Apple)Conheça a evolução visual do sistema Mac OS X da Apple (Foto: Divulgação/Apple)

Mac OS X 10.0 Cheetah

Lançado em 24 de março de 2001, o Mac OS X 10 Cheetah foi a primeira versão do sistema da Apple que tinha como base o sistema operacional NeXTSTEP da companhia NeXT. A empresa criada por Steve Jobs, foi adquirida pela Apple para trazê-lo de volta e fornecer a estrutura que a gigante de Cupertino precisava para substituir a envelhecida plataforma Mac OS Classic. O sistema iniciou uma nova era para o desktop da Apple, marcado por um visual elegante, levando o nome de um felino.

Mas o inicio não foi tão agradável assim, pois o Mac OS X 10.0 Cheetah tinha requisitos de hardware altos, exigindo um Mac com pelo menos um processador G3 e 128 MB de RAM. Por causa disso, muitos donos de Mac não foram capazes de usá-lo e aqueles que podiam usar, achavam que ele era lento e instável. Além disso, em sua configuração padrão, ele não reproduzia DVDs ou gravava CDs.

No entanto, sua interface foi revolucionária para a época, deixando para trás os sistemas operacionais como o Windows 98 e 2000 e forçando a Microsoft a lançar o Windows XP em outubro do mesmo ano.

Mac OSX 10 Cheetah: a primeira versão do sistema (Foto: Divulgação/Apple)Mac OSX 10 Cheetah: a primeira versão do sistema (Foto: Divulgação/Apple)

Mac OS X 10.1 Puma

A Apple lançou o Mac OS X 10.1 Puma poucos meses depois do lançamento do Cheetah, mas extamente em 25 de setembro de 2001. A nova versão resolvia muitos dos problemas da versão original e foi oferecida gratuitamente para os proprietários do Cheetah. Puma vinha com suporte para mais impressoras, gravava CD e DVD e melhorou o desempenho de gráficos 3D nas telas da época.

Apesar desses recursos, embora a Apple incluísse o sistema em novos computadores Mac, o equipamento continuava sendo inicializado pelo Mac OS 9 por padrão. O problema era que o Puma ainda sofria de problemas de desempenho, e os usuários de Mac ainda não eram capazes de encontrar substitutos adequados para todos os seus softwares na nova plataforma. A Apple mais tarde fez o sistema operacional de inicialização padrão com o lançamento do OS X 10.1.2.

Mac OS X 10.1 Puma:  resolvendo muitos dos problemas do Cheetah (Foto: Divulgação/Apple)Mac OS X 10.1 Puma: resolvendo muitos dos problemas do Cheetah (Foto: Divulgação/Apple)

Mac OS X 10.2 Jaguar

Para finalmente tornar o OS X o sistema operacional de inicialização padrão de seus equipamentos, a Apple lançou em 23 de agosto de 2002, o OS X 10.1.2.  Muitas das melhorias na versão Jaguar aconteceram nos bastidores, com a Apple melhorando a interoperabilidade entre computadores Mac e redes do Windows, e adicionando o novo serviço de rede Bonjour.

Com Bonjour, era mais fácil para localizar e utilizar os recursos de rede compartilhados, como impressoras. Nessa versão, a Apple conseguiu tornar o sistema operacional mais rápido e ágil no hardware atual da época e também introduziu um novo recurso de pesquisa no Finder.

Mac OS X 10.2 Jaguar: melhora na interoperabilidade entre Mac e redes Windows (Foto: Divulgação/Apple)Mac OS X 10.2 Jaguar: melhora na interoperabilidade entre Mac e redes Windows (Foto: Divulgação/Apple)

Mac OS X 10.3 Panther

Lançado em 24 de outubro de 2003, o OS X 10.3 Panther elevou os requisitos do sistema em comparação com as versões anteriores do sistema operacional, removendo o suporte para máquinas G3 mais antigas, incluindo o beige Power Macintosh e “Wall Street” PowerBook. Panter também incluiu um aplicativo iChat renovado, que agora permitia chats de vídeo em tempo real em computadores com câmeras FireWire e conexões de Internet com banda larga.

Essa versão também acrescentou uma nova aparência em alumínio escovado para as janelas abertas. No entanto, talvez a maior mudança tenha sido a ausência do Internet Explorer, que tinha sido o navegador padrão incluído nas versões anteriores do Mac OS X, por força de um acordo feito em 1997 (quando a Microsoft investiu na empresa para ajudá-la a se recuperar), onde a Apple concordou em agregar o Internet Explorer com computadores Mac durante cinco anos. Em contrapartida, essa versão marcou o aparecimento do Safari como navegador padrão do OS X.

Mac OS X 10.3 Panther: sai o  Internet Explorer, chega o Safari (Foto: Divulgação/Apple)Mac OS X 10.3 Panther: sai o Internet Explorer, chega o Safari (Foto: Divulgação/Apple)

 Mac OS X 10.4 Tiger

Estreando em 29 de abril de 2005, o Panther, marcou o início de um ciclo de desenvolvimento mais longo entre as revisões do OS X. Tiger também foi sem dúvida a versão mais importante do OS X desde a primeira, pois a Apple estava desenvolvendo secretamente uma versão separada do sistema que seria executado em processadores Intel, em preparação para uma mudança de plataforma.

Tiger vinha com o Spotlight, um utilitário que permitiu aos usuários procurar por qualquer arquivo no Mac, permitindo busca por nome e até por seus metadados, tais como texto e tags.

O Tiger também foi a primeira versão do OS X a ter o Dashboard: uma área que exibia uma série de mini-aplicativos que a Apple chamava de Widgets. O Mac OS X 10.4 Tiger foi provavelmente o sistema operacional  de muitos novos usuários de Mac, já que ele era o sistema operacional incluído nos primeiros computadores Mac com processadores Intel.

Mac OS X 10.4 Tiger: primeiro versão do sistema com suporte a processadores Intel (Foto: Divulgação/Apple)Mac OS X 10.4 Tiger: primeiro versão do sistema com suporte a processadores Intel (Foto: Divulgação/Apple)

Mac OS X 10.5 Leopard

Depois de pouco mais de dois anos do lançamentos do Tiger, a Apple lançou em 26 de outubro de 2007 o Leopard. Essa versão deu uma aparência nova ao ambiente de trabalho do Mac, mais elegante com um dock redesenhado e um novo papel de parede padrão.

Leopard também foi a versão que finalizou o suporte do Mac OS X para a linha de Macs antigos baseados em processadores PowerPC. O recurso de backup Time Machine foi uma das novas características mais notáveis do Leopard.

Mac OS X 10.5 Leopard: nova aparência com dock redesenhada (Foto: Divulgação/Apple)Mac OS X 10.5 Leopard: nova aparência com dock redesenhada (Foto: Divulgação/Apple)

Mac OS X 10.6 Snow Leopard

Lançamento em 28 de agosto de 2009, o  Mac OS X 10.6 Snow Leopard marcou outra grande aumento das necessidades de sistema, removendo o suporte para processadores PowerPC e exigindo uma máquina com pelo menos 1 GB de RAM.

A Apple passou a cobrar um valor baixo pelos sistema (apenas U$$ 29), para acelerar a adoção do mesmo. Snow Leopard também era um sistema operacional mais enxutos e, consumindo menos 250 MB de espaço em disco e incluindo o verdadeiro suporte para processadores de 64 bits.

Mac OS X 10.6 Snow Leopard: o fim do suporte para processadores PowerPC (Foto: Divulgação/Apple)Mac OS X 10.6 Snow Leopard: o fim do suporte para processadores PowerPC (Foto: Divulgação/Apple)

OS X 10.7 Lion

Anunciado em 20 de Outubro de 2010 na conferência “Back To The Mac” e lançado em 20 de Julho de 2011. Mac OS X Lion trouxe o Mission Control, uma nova maneira de ver todas as janelas abertas reunidas de acordo com programas de agrupamento.

Também trouxe o aguardado suporte para o comando TRIM, que melhorava o desempenho em drives de estado sólido após uso prolongado, o Launchpad e o recurso de apps em tela cheia. A versão trouxe o suporte nativo para Mac App Store, iniciando o processo de unificação do Mac OS X e iOS.

Quais são as vantagens do Mac OS em comparação com o Windows? Opine no Fórum do TechTudo.

Mac OS X 10.7 Lion: começa o processo de unificação do Mac OS X com o iOS (Foto: Divulgação/Apple)Mac OS X 10.7 Lion: começa o processo de unificação do Mac OS X com o iOS (Foto: Divulgação/Apple)

OS X 10.8 Mountain Lion

O Mountain Lion foi anunciado em Fevereiro de 2012, lançado em 25 de Julho de 2012 e disponibilizado para download na Mac App Store. As suas maiores atualizações foram a introdução do iCloud, Messages, Reminders, Notes, Notification Center, Game Center, dentre outras aplicações vindas do iOS.

Aliás, o Mountain Lion trouxe algumas características do sistema operacional móvel da Apple, o iOS. Essa também foi a primeira versão a ser chamada oficialmente de “OS X”, e não de “Mac OS X”. A partir desta versão, a Apple anunciou um cronograma de lançamentos de sistema anual, assim como ocorre com o sistema móvel iOS.

OS X 10.8 Mountain Lion: primeira versão a ser chamada oficialmente de OS X em vez de Mac OS X (Foto: Divulgação/Apple)OS X 10.8 Mountain Lion: primeira versão a ser chamada oficialmente de "OS X" em vez de "Mac OS X" (Foto: Divulgação/Apple)

OS X 10.9 Mavericks

O 10.9 foi a primeira versão do OS X que não usava o nome de algum felino. Nessa versão, a Apple optou por homenagear uma região para amantes do surf no norte da Califórnia (Mavericks).

O sistema foi anunciado em Junho de 2013, lançado em 22 de outubro de 2013 e suas principais atualizações foram os aplicativos iBooks e Mapas, que antes só estavam disponíveis para o iOS. O sistema também recebeu novas opções no Finder, Central de Notificações, Calendário, iCloud e Safari, e um suporte melhorado para múltiplos monitores.

OS X 10.9 Mavericks: o primeiro a trazer nome de lugares em vez de felinos (Foto: Divulgação/Apple)OS X 10.9 Mavericks: o primeiro a trazer nome de lugares em vez de felinos (Foto: Divulgação/Apple)

OS X 10.10 Yosemite

Anunciado em junho de 2014 e lançado no dia 16 de outubro do mesmo ano, o sistema segue a mudança no esquema de nomenclatura apresentado com o OS X Mavericks e recebeu o nome um parque nacional dos Estados Unidos, localizado no estado da Califórnia, (Yosemite National Park).

Essa versão traz mudanças significativas na interface gráfica, adotando transparências e um design plano. Junto com os aplicativos herdados do sistema móvel da Apple e o visual, o Yosemite é praticamente uma versão desktop do iOS. Para completar, ele possui uma central de notificações completa e suporte ao recurso handoff, que permite continuar trabalhos iniciados no iPhone, iPad ou outro Mac.

Mac OS X 10,10 Yosemite: a primeira versão com visual estilo iOS 7 (Foto: Divulgação/Apple)Mac OS X 10,10 Yosemite: a primeira versão com visual estilo iOS 7 (Foto: Divulgação/Apple)

Com tantas mudanças, o OS X tem melhorado a cada versão e se tornado um dos principais sistemas da atualidade. Ele está cada vez mais completo e integrado com o iOS, sistema do iPhone e iPad.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Pedro Augusto
    2015-07-01T16:53:26

    esse Yosemite é um verdadeiro lixo..não sei se foi proposital ou não..mas meu mac sempre foi rápido e bateria durava mt..até no mavericks..mas quando instalei esse yosemite ele vive travando...apple sacaneou nesse OS super pesado

  • Rander Pereira
    2014-11-06T18:32:02

    Para mim o Pack "Leopard + Intel + Design em Alminio" foi o divisor de águas!

  • Ivan Strapasson
    2014-11-06T08:45:56

    "Lançado em 49 de Março de 2001" =O