Internet

09/12/2014 10h26 - Atualizado em 09/12/2014 10h26

Microsoft planeja novas formas de monetizar Windows 10 em 2015

Edivaldo Brito
por
Para o TechTudo

A Microsoft deverá lançar a versão final do Windows 10 na metade de 2015. Mas a grande surpresa desse lançamento não será o novo sistema e sim a forma como ele será monetizado pela empresa. De acordo com o diretor de operações da Microsoft, Kevin Turner, o sistema poderá ser comercializado de um modo bem diferente do que é feito atualmente, como a venda de licenças para computadores.

Cortana no Windows 10: vídeo revela assistente virtual no computador

Windows 10 será mais amigável para empresas e sistemas de gestão (Foto: Divulgação/Microsoft)Executivos da Microsoft mostram novo Windows 10 em evento para a imprensa (Foto: Divulgação/Microsoft)


Turner sinalizou em uma conferência de investimento em tecnologia, realizada em Tucson, para uma mudança na estratégia de monetização do Windows. Ele reconheceu que há 39 anos a Microsoft teve “um dos maiores modelos de negócios de todos os tempos” e concluiu que as coisas mudaram nos últimos anos.

Diante disso, o executivo afirmou: “Temos de monetizar de forma diferente. Há serviços envolvidos. Há oportunidades adicionais para que possamos oferecer a ferramenta de forma criativa”. Sem entrar em detalhes sobre como será essa monetização, Turner apenas informou que material do modelo de negócios sairá no início de 2015.

Cronograma de lançamento

Em relação ao cronograma de lançamento do Windows 10, o executivo disse aos participantes que as experiências dos usuários do novo sistema operacional deverão ser avaliadas no mês de março. 

O que esperar do novo Windows? Opine no Fórum do TechTudo. 

O executivo também informou que a Microsoft lançará uma prévia para desenvolvedores (developer preview), e que a versão final do software poderá chegar durante o segundo semestre de 2015.

As afirmações de Turner abrem espaço para todo tipo de possibilidades. Mas, diante do da decisão da Apple em oferece o OS X Yosemite grátis e o custo zero dos diversos sistemas operacionais gratuitos, é possível que a Microsoft termine por disponibilizar seu sistema gratuitamente, atrelado a outros produtos ou até mesmo cobrar um preço simbólico.

Via WinBeta

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Willian Gonçalves
    2015-03-31T20:37:06

    medo de que? linux sempre foi gratuito e nunca conseguiu bater de frente com o windows. só porque a apple vai lançar o MAC OS X YOSEMITE de graça não significa nada

  • Rander Pereira
    2014-12-10T05:05:24

    São duas linhas diferentes, a Apple fatura em Hardwares e por isso oferece um sistema sem custos enquanto a Microsoft fatura em Softwares e creio que seria difícil ela disponibilizar o W10 de graça, e se o fizer, os usuários já poderão esperar por um sistema bloqueado e que se paga mensalmente para acessar as funcionalidades assim como está fazendo a Adobe, é minha opinião.

  • Jeremias Klausner
    2014-12-09T19:24:40

    A MS tem um grande desafio pela frente, perdeu a onda mobile para a Apple e em seguida para o Google, o uso do PC está se voltando para o trabalho/estudo onde o sistema operacional pouco agrega na experiência do usuário. A grande estrela é o smartphone onde a MS perde forte.

  • Geraldo Gomes
    2014-12-09T14:29:11

    Já sei como ela vai monetizar o Windows: no meio de usa sessão virá uma mensagem tipo " deposite tantos dolares na nossa conta, senão todos os seus documentos serão bloqueados". Vai ganhar milhões assim.

  • Helliton Mesquita
    2014-12-09T12:40:58

    A Microsoft, pode muito bem ganhar sua grana com uma loja de aplicativos, basta restringir a versão gratuita, a aplicativos da loja, e que a versão gratuita use por exemplo o bing, mesmo os aplicativos de terceiros, usariam o bing como navegador principal, a loja de aplicativos, facilita a busca de programas, é uma proteção extra contra aplicativos maliciosos, e permitir a Microsoft a impor exclusividade em recursos dentro de aplicativos

  • David Coelho
    2014-12-09T11:42:42

    A Apple pode oferecer seu sistema gratuito porque vende seus próprios computadores. Se a Microsoft fizer isso vai falir. Seria bom ela investir em computadores próprios também, eu adoraris ter um PC da marca Microsoft, tenho um Xbox One e o pós venda é incrível. Podem pesquisar.