Internet

17/12/2014 08h29 - Atualizado em 17/12/2014 08h29

Nova política de segurança de dados rejeita extensões maliciosas no Gmail

João Kurtz
por
Para o TechTudo

A grande quantidade de extensões disponíveis para o Gmail faz com que seja comum encontrar algumas que contenham códigos maliciosos disfarçados. Para combater esta prática, o Google está atualizando sua política de segurança de dados e vai passar a bloquear estes add-ons.

Gmail: utilize os contatos do e-mail na agenda do iPhone

Nova tecnologia vai bloquear extensões maliciosas no Gmail (foto: Reprodução/Google)Nova tecnologia vai bloquear extensões maliciosas no Gmail (foto: Reprodução/Google)

Para isso, a gigante de buscas está adotando uma tecnologia chamada CSP (Política de Segurança de Conteúdo, na sigla em inglês), um conceito de segurança criado pela Mozilla para prevenir ataques baseados em cross-site scripting. Este método é geralmente usado em aplicativos web para injetar e rodar scripts não autorizados.

Segundo o Google, todas as extensões mais comuns já foram atualizadas para funcionar de acordo com o novo padrão. A empresa pede que os usuários usem as versões mais recentes das extensões para garantir que elas sejam compatíveis.

Apaguei o aplicativo do Google Play, e agora? Saiba o que fazer no Fórum do Techtudo.

A nova política, no momento, só funciona na versão desktop do Gmail e ainda não se sabe se ela será estendida para as versões móveis.

Via Google e The Next Web

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares