03/12/2014 08h02 - Atualizado em 03/12/2014 10h34

Cidade inteligente no Japão polui menos e economiza até 30% de água

Paulo Alves
por
Para o TechTudo

O conceito de cidade inteligente já é realidade. Esta semana foi inaugurada a Fujisawa, uma cidade que fica no Japão e que usa tecnologia para poluir menos. A 50 km da capital Tóquio, ela foi planejada para esgotar o mínimo possível de recursos naturais, como a água, e economizar no consumo de combustíveis fósseis para não agredir o meio ambiente.

Drone que faz selfies e se conecta com celulares é sucesso no Kickstarter

Fujisawa é cidade japonesa que usa tecnologia para poluir menos (Foto: Divulgação)Fujisawa é cidade japonesa que usa tecnologia para poluir menos (Foto: Divulgação)

Todas as casas são equipadas com painéis solares no teto para captação de energia limpa e medem até 163 metros quadrados, dependendo do número de pessoas que habitam. Segundo a Panasonic, uma das empresas que financiou o projeto, o valor de cada residência é em média 10% mais caro que em outras cidades sem o conceito de cidade “smart”.

panasonic (Foto: panasonic)Imagens aéreas da cidade inteligente criada pela Panasonic (Foto: Divulgação/Panasonic)


A arquitetura dos prédios também foi pensada para diminuir o consumo de energia elétrica, com construções que favorecem ventos e maior iluminação natural. Além disso, as ruas dão menos atenção aos carros e mais aos pedestres e ciclistas, que têm vias inteiras exclusivas. A praça é o principal marco da cidade, onde são fornecidos serviços e oficinas interativas aos moradores.

E há um aspecto cultural envolvido, já que os moradores são incentivados a economizar energia e água, com recompensas para quem reduzir mais.  Os moradores que alcançarem as metas de 70% menos emissão de gases estufa e 30% menos desperdício de água em relação à média japonesa podem trocar sua performance por facilidade no pagamento da casa.

No total, quase um terço da energia utilizada pela cidade é proveniente de fontes renováveis. Sua área total é relativamente pequena, cerca de 180 mil metros quadrados ou 25 "Maracanãs", o suficiente para abrigar confortavelmente três mil pessoas, que deverão ocupar a cidade gradativamente até 2018.

Confira vídeo que apresenta a Fujisawa:


Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Fernando
    2014-12-04T17:10:51  

    So falta o resto do mundo.

    recentes

    populares

    • Fernando
      2014-12-04T17:10:51  

      "SÓ"