Computadores

27/02/2015 09h01 - Atualizado em 27/02/2015 11h15

Técnicos do Google criam computador que aprendeu a jogar Atari sozinho

Filipe Garrett
por
Para o TechTudo

A DeepMind é uma startup do Google que criou uma inteligência artificial (IA) capaz de jogar videogame. O projeto de pesquisa busca entender como sistemas podem aprender instruções sozinhos, com o tempo. A ideia é usar esse conhecimento na criação de plataformas mais independentes e especializadas para uma infinidade de aplicações na tecnologia e no setor de serviços.

Nova série de APUs móveis da AMD foca na economia de energia

Projeto busca desenvolver técnicas para que computadores aprendam sozinhos (Foto: Domínio Público)Projeto busca desenvolver técnicas para que computadores aprendam sozinhos (Foto: Domínio Público)

A DeepMind é comandada por um dos desenvolvedores do Theme Park, Demi Hassabis. Com conhecimento sobre games, ele decidiu testar a capacidade de aprendizado da IA desenvolvida pela empresa com games de Atari. Para isso, o computador foi ligado aos games sem qualquer orientação.

Com o tempo, cada vez que a IA fazia algo corretamente, a equipe da DeepMind dava uma recompensa à plataforma, num método bastante semelhante ao utilizado no adestramento de animais. Com o tempo, o computador começou a compreender melhor os games e a atingir placares muito altos, em títulos como o clássico Pong.

Computadores capazes de jogar, e bem, não são uma novidade. O jogo de xadrez, que já teve confronto de computador com campeão mundial, é um exemplo. Contudo, nesse modelo o computador não “aprende”, não desenvolve nada: o sistema apenas faz combinações e mede estatisticamente as chances de sucesso de cada jogada para decidir o melhor movimento.

Entender, aprender, jogar e ser bom em Pong é algo mais complexo. Diferente do xadrez, o computador precisou aprender sozinho a mecânica do jogo e, quando a compreendeu, desenvolver sua capacidade de jogar.

Segundo a DeepMind, jogos mais complexos, como Pac Man, ainda não foram dominados no experimento. Assim que a IA conseguir jogar esses títulos, a equipe diz que pretende testar o muito mais complexo Starcraft.

Via Engadget e Nature

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Daniel Souza
    2015-02-27T11:33:07  

    Partindo desse ponto, poderia alguém mal intencionado colocar esses robos para aprender a manusear armamentos sozinho, e faze-lo aprender a atirar em alvos destinados? como se fosse num game, porem na vida real, ate porque o robo nao sabe diferenciar um do outro, é uma duvida minha, se alguem mais capacitado puder responder agradeço ahahahaha

    recentes

    populares

    • Daniel Souza
      2015-02-27T11:33:07  

      Steven Hawkin esta nos avisando a tempos, os robos poderão ser nossos algozes do futuro... a percepão do que é vivo pro o que não é é bem complicado, dizer como o nosso cerebro entende algoq ue é vivo ou algo que é humano para algo que não é é pra lá de dificil de explicar, mas se maquinas começam a realmente aprender sozinhas sem nenhuma orientação, entender oque elas acham vivo pro que não é passa a ser um treco de dar medo de pensar....

  • Roger Mendes
    2015-02-27T13:05:44

    eu aprendi jogar atari sozinho com 3 anos, pq essa noticia não me surpreende kkkkk

  • Marivaldo Figueredo
    2015-02-27T11:30:57

    A AI está ficando cada vez melhor!, espero que não se transforme na skinet.