E-reader

06/03/2015 10h00 - Atualizado em 06/03/2015 10h00

Kindle, Lev ou Kobo: Qual e-reader oferece o melhor custo-benefício?

Paulo Alves
por
Para o TechTudo

Os livros de papel ainda não morreram, mas esse futuro não deve estar longe se depender dos leitores digitais Kindle, Lev e Kobo. Feitos para reunir uma biblioteca no bolso e não cansar os olhos ao ler graças à tecnologia E-Ink na tela, esses dispositivos vêm ganhando cada vez mais adeptos no Brasil. Os três já podem ser comprados por aqui e têm preço bastante similar. Se você está pensando em adquirir um, veja antes o comparativo que preparamos e descubra qual deles tem o melhor custo-benefício.

Conheça o Kindle 'baratinho' vendido no Brasil

Veja comparativo entre os e-readers disponíveis no Brasil e descubra qual o melhor (Foto: Reprodução/Paulo Alves)Veja comparativo entre os e-readers disponíveis no Brasil e descubra qual o melhor (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Design: Empate

Leitores de livros digitais são feitos pensando no conteúdo, por isso seu design costuma ser discreto. É o que se pode ver ao comparar Kindle, Lev e Kobo, dispositivos confortáveis de carregar por pesarem menos de 200 g e trazerem corpo compacto. Entre eles, o menor é o Kobo, cuja versão mais robusta Kobo Aura mede somente 8 mm de espessura. Kindle e Lev são ligeiramente mais espessos, com 10,2 mm e 9 mm, respectivamente.

Kindle 7 geração (Foto: Divulgação)Kindle 7 geração (Foto: Divulgação)

Os três modelos trazem acabamento em plástico com um material texturizado na parte traseira, que facilita o carregamento com uma só mão. O Kobo é o que mais se diferencia nesse quesito por ser um pouco mais estofado atrás, entretanto, no final, não chega a fazer nenhuma diferença significativa para o usuário.

O Lev é o único que traz um botão físico na parte frontal, destinado à abertura do menu na tela inicial ou ao ler um livro. Ao usar o Kobo e o Kindle, essa tarefa é feita tocando na parte superior da tela touch, que exibe um menu virtual.

Hardware e Desempenho: Kindle

Com a chegada do Novo Kindle, agora já não há modelos de e-reader sem tela sensível ao toque à venda no Brasil. Tanto o Kobo Touch quanto o Lev já ofereciam o recurso, que agora também é visto em todas as versões do dispositivo da Amazon. Mas, a experiência de uso não chega a ser a mesma entre eles.

Tela do Kindle é a mais que oferece mais precisão para marcar texto e criar notas (Foto: Divulgação)Tela do Kindle é a mais que oferece mais precisão para marcar texto e criar notas (Foto: Divulgação)


O Kobo tem certa dificuldade em identificar com eficácia os toques do usuário, que pode ter problemas ao marcar textos e fazer anotações. O Lev não chega a ter esse defeito, mas não acompanha a precisão oferecida pelo Kindle: nele, todos os comandos são aceitos mais rapidamente, o que significa mais conforto e fluidez na usabilidade.

 O e-reader da Amazon também é o mais eficiente na rapidez de transição de telas, apresentando um desempenho geral levemente superior aos concorrentes. A diferença é pequena, porém perceptível, mas não deve ser o principal fator de compra nesse caso.

Em termos de hardware, o mais importante a ser considerado é a qualidade da tela, em que há um empate técnico se considerarmos que as três marcas têm modelos com display de 6 polegadas e versões com 758 x 1024 pixels de resolução (Kindle PaperWhite, Kobo Aura e Lev). Há, ainda, versões mais modestas do Kobo e do Kindle, ambos com telas de 800 x 600 pixels de resolução, e o Kobo Aura, o único e-reader Full HD.

Armazenamento: Kobo e Lev

Esse é um quesito em que Kobo e Lev trazem larga vantagem sobre o Kindle. Isso porque os dois possuem entrada para cartão SD, permitindo ao usuário expandir a memória do e-reader quando necessário. Quem compra o Kindle, portanto, fica limitado aos 4 GB internos, embora esse espaço seja suficiente para armazenar até 2 mil livros.


Kobo Aura armazena até 30 mil livros (Foto: Luciana Maline/Techtudo) (Foto: Kobo Aura armazena até 30 mil livros (Foto: Luciana Maline/Techtudo))Kobo Aura armazena até 30 mil livros (Foto: Luciana Maline/Techtudo) (Foto: Kobo Aura armazena até 30 mil livros (Foto: Luciana Maline/Techtudo))

A dica, portanto, vale mais para quem pretende ler quadrinhos ou arquivos em PDF pesados e com muitas imagens. Se você for um leitor comum de textos, a presença da entrada para cartão de memória é indiferente.

Biblioteca: Kindle e Lev

O Lev sai na frente na quantidade de títulos em português disponibilizados pela Livraria Saraiva, deixando o Kindle em segundo lugar e o Kobo, da Livraria Cultura, em terceiro. Mas, se você considerar livros em inglês e outras línguas, além de obras que só foram lançadas em meio digital, não há dúvida: a Amazon é muito maior do que Saraiva e Cultura juntas.

Lev, da Saraiva, tem à disposição o maior catálogo de livros em português (Foto: Divulgação)Lev, da Saraiva, tem à disposição o maior catálogo de livros em português (Foto: Divulgação)


Se você pretende adquirir livros de fontes externas, o Kobo certamente é a melhor escolha. Ele é o que aceita mais formatos de e-books, incluindo o popular ePub, tornando-o ideal para rodar conteúdo baixado da Internet nesse formato e transferir para o Kobo via cabo USB. O Kindle faz o mesmo, mas somente para o formato MOBI, obrigando o usuário a converter e-books em ePub para essa extensão antes de ler. Veja como fazer o procedimento.

Já o Lev é o mais recomendado para estudantes que precisam ler muitos arquivos em PDF. Ele é o único dos três com Reflow, recurso que rearranja o texto na tela para facilitar o redimensionamento de fonte e tornar a leitura de PDFs confortável – Kindle e Kobo trabalham com o PDF puro, exigindo que a tela seja movida para os lados ao dar um zoom no texto.

Kindle, Kobo ou Lev: na sua opinião, qual leva é o melhor? Comente no Fórum TechTudo

Interface: Kobo

O Kobo é, certamente, o que apresenta a melhor interface do usuário entre os três. Ela apresenta o equilíbrio certo entre organização e atratividade visual, com conteúdo arranjado de forma gráfica na tela em “Prateleiras”. Tanto Kindle quanto Lev são mais simples, exibindo livros em listas, sendo o dispositivo da Amazon o único que permite criar coleções.

 Interface do Kobo é a mais bem organizada dos três (Foto: Divulgação) Interface do Kobo é a mais bem organizada dos três (Foto: Divulgação)


O Lev é o mais complicado de usar na hora de usar recursos que ajudam na leitura. Para fazer uma anotação, por exemplo, são necessários muitos passos até que se digite o texto, enquanto no Kindle essa tarefa é extremamente simples. O Kobo seria bom nesse ponto se a sensibilidade baixa da tela não prejudicasse a precisão da marcação do texto e da digitação no teclado virtual.

Bateria: Empate

Os três e-readers apresentam desempenho de bateria bastante similar. Há variações entre os modelos de cada marca, mas, se considerarmos os melhores de cada, é possível ler cerca de duas horas por dia por um mês antes de a bateria acabar. No geral, a experiência que se tem é de realmente esquecer de carregá-los, dada a diferença brutal de desempenho energético em comparação com smartphones e tablets.

Preço e disponibilidade: Empate

É possível comprar qualquer um dos três dispositivos pelo mesmo valor se considerarmos os modelos mais simples: R$ 299 pelo Kobo Touch, Novo Kindle ou Lev. O preço sobe um pouco para os modelos com iluminação, sendo o Lev Com Luz o mais barato, vendido por R$ 399. Kobo Glo e Kindle PaperWhite custam ambos R$ 479. A Kobo tem ainda o Aura, vendido a R$ 659; e a Amazon tem o Kindle PaperWhite 3G, com conexão de dados gratuita, comercializado por R$ 699. Todos podem ser adquiridos nos sites oficiais de Saraiva, Cultura e Amazon, ou em varejistas como Extra e Ponto Frio no caso do Kindle.

lev (Foto: Reprodução/ Anna Kellen Bull)lev (Foto: Reprodução/ Anna Kellen Bull)


Conclusão

Após a análise, verificamos que o Kindle faz jus à fama que tem e entrega talvez o melhor pacote entre os três e-readers disponíveis no Brasil. Em termos de ecossistema, ele leva larga vantagem devido ao tamanho da Amazon e à dimensão do seu acervo em todas as línguas.

Mas, como todo produto, ele não agrada a todos. Se você quiser mais liberdade e independência do Calibre, software de conversão de e-books, o Kobo talvez seja sua melhor escolha. Do mesmo modo, o Lev apela mais aos consumidores que só leem em português ou precisam de um dispositivo que rode PDF com perfeição.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Andreia Santos
    2017-09-28T17:51:47  

    os que não tem iluminação , não posso ler no escuro?

    recentes

    populares

    • Andreia Santos
      2017-09-28T17:51:47  

      Exato. Apenas os modelos com iluminação permitem a leitura no escuro. Ah, mesmo os modelos que tem esse recurso não cansam a vista como os tablets e smartphones.

  • Paulo Coêlho
    2017-04-18T12:56:10  

    Gostei do artigo, mas me restam algumas dúvidas. Por exemplo, o Lev é da Saraiva e o Kobo da Cultura. Nesse caso o usuário de um ou de outro fica limitado aos títulos dessas editoras? Ou podem baixar/comprar qualquer livro, sem problema? Outra pergunta: qual a vantagem desses aparelhos específicos para leitura para um iPad? Obrigado pela atenção.

    recentes

    populares

    • Paulo Coêlho
      2017-04-18T12:56:10  

      Não fica limitado à livraria. Pode colocar outros livros via USB ao invés de baixar do site . Para que consiga abrir o livro no aparelho escolhido, é preciso que o aparelho faça leitura daquele formato de livro. Existem vários formatos de livros: PDF, MOBI, Epub...

    recentes

    populares

    • Paulo Coêlho
      2017-04-18T12:56:10  

      Exemplo: o Kindle abre arquivos no formato MOBI , então, se você quiser colocar um livro no formato Epub num aparelho kindle, primeiro terá que usar um programa no seu computador para modificar o formato do livro; ""converter Epub para MOBI". Depois que mudar o formato do livro, aí sim poderá colocar o livro via cabo USB conectado no seu computador e no aparelho kindle e então quando ligar o kindle o livro vai aparecer para você ler.

  • Marilda Sp
    2017-06-15T16:32:55

    "o Lev apela mais aos consumidores que só leem em português ou precisam de um dispositivo que rode PDF com perfeição." Resolveu minha vida, Techtudo, obrigada

  • Ivan Borgatto
    2017-04-22T20:59:46  

    Se alguém aqui pretende lidar com .pdf é melhor levar um LEV, de olhos fechados. Caso contrário qualquer um deles é bom.

    recentes

    populares

    • Ivan Borgatto
      2017-04-22T20:59:46  

      Você possui um LEV? Estou pesquisando e estou muito em dúvida sobre o LEV NEO e o Kindle paperwhite. Tenho muitos materiais em PDF, e estava me decidindo pelo LEV, porém muitos dizem que este é mais difícil de manusear e estava dando alguns problemas...

  • Rafaela Cardoso
    2016-09-03T22:38:49  

    preciso MUITO tanto de PDF qto de Epub...o q faço?

    recentes

    populares

    • Rafaela Cardoso
      2016-09-03T22:38:49  

      Lev =)

  • Alissom Maciel
    2015-05-18T23:19:06  

    Eu tenho um Kobo iluminado, touch com wi-fi comprei por 150 Dilmas de um amigo que tinha 3 e-readers e estou feliz demais com ele, recomendo um leitor digital é a melhor opção de leitura atualmente você leva vários livros em um leve e prático aparelho que permite ler no escuro sem cansar as vistas pois você regula a intensidade do brilho de acordo com a luminosidade do local excelente, recomendo escolher qual o melhor e-reader para seu uso pessoal e boa leitura

    recentes

    populares

    • Alissom Maciel
      2015-05-18T23:19:06  

      Eu estudo Direito e, pela quantidade de pdfs mal digitalizados enviados por professores, recomendo o Lev.

    recentes

    populares

    • Alissom Maciel
      2015-05-18T23:19:06  

      Estudo Teologia e tenho a mesma dificuldade, os tutores mandam muito PDF ruim, e esta é minha necessidade. Ou seja terei de comprar o LEV.

  • Lídia Leite
    2017-03-14T10:22:35  

    Algum deles é bom para ler livros que tenham muitas imagens, a exemplo de livros de fisiologia ou farmacologia humana? Tenho receio de comprar e não atender a essa necessidade.

    recentes

    populares

    • Lídia Leite
      2017-03-14T10:22:35  

      Boa noite Lídia, de acordo com o texto acredito que o Lev e o Kobo são mais indicados para você, pois há a possibilidade de expandir a memória através dos cartões de memória (já que as imagens com elevada qualidade e a extensão dos livros que você lê são grandes) , possibilidade que não existe no Kindle. Espero ter ajudado. Que você faça uma boa escolha!

  • William Ferreira
    2017-03-11T12:14:53

    Eu estou pensando seriamente em adquirir um desses Leitores de Livros Digitais, pois comecei a fazer outra faculdade e vai me ajudar muito. Mas queria opinião de qual o melhor, principalmente na questão da tela, eu quero o da maior tela possível. Podem me ajudar? Desde já agradeço.

  • Marcos Barros
    2016-10-19T16:43:27

    Obrigado

  • Cristiane Franz
    2015-12-19T15:13:17  

    Adorei as comparações e me ajudou bastante a conhecer um pouco de cada. Estou mais inclinada a comprar o kobo, já que atualmente tenho uma biblioteca digital em epub e leio no celular. Acho prático ler no celular, mas atualmente a luz está incomodando meus olhos e essa é a principal razão para investir em um e-reader.

    recentes

    populares

    • Cristiane Franz
      2015-12-19T15:13:17  

      Eles leem arquivos com ou sem DRM?

    recentes

    populares

    • Cristiane Franz
      2015-12-19T15:13:17  

      Alguém pode me ajudar? Preciso ler muitos arquivos em pdf. Ouvi que o Kindle consegue ler sem maiores problemas, pra mim, a melhor opção é Lev mesmo?

  • Johnny Rodriguez
    2015-07-29T19:27:38  

    poxa... quero um kindle pq preciso fazer muitas marcações e comentarios nos textos, além de ser um autor publicado nessa plataforma... mas quero um kobo pq me dá mais possibilidades de arquivos e pq posso colocar cartão de memoria... não sei o que faço '-'

    recentes

    populares

    • Johnny Rodriguez
      2015-07-29T19:27:38  

      Guilherme, o ta manho da tela é mesmo para as três marcas; 6"

    recentes

    populares

    • Johnny Rodriguez
      2015-07-29T19:27:38  

      Obrigado. Eu fiquei com a impressão de que eles eram menores, talvez porque eu tinha um Kindle mais antigos. Me parece que o Lev é a melhor opção (pelo menos para mim).

  • Jeane Ferreira
    2016-01-02T10:27:24  

    Tenho um kidle a mais ou menos 3 anos e ele é perfeito. Ele ler PDF sim. O Kindle te a vantagem de poder mandar o livro por e-mail direito pró aparelho e fazer a conversão na hora do envio sem precisar de cabo USB.

    recentes

    populares

    • Jeane Ferreira
      2016-01-02T10:27:24  

      jeane, qual o seu kindle?

    recentes

    populares

    • Jeane Ferreira
      2016-01-02T10:27:24  

      Jeane não leu o texto não.

  • Luiz Vercosa
    2016-07-18T12:49:36

    Nunca usei os outros, mas tenho um Kindle PaperWhite e a análise foi boa. Porém, acredito que o meu Kindle lê sim tanto .mobi quanto .ePub, além de ajustar o zoom do PDF automaticamente para que todo o texto caiba na tela, basta dar dois toques rápidos (teste isso em modo paisagem). O problema do Kindle é a lentidão para passar páginas de PDFs quando está nesse zoom ajustado que acabei de falar.

  • Fabio Ricarte
    2016-06-05T14:06:14

    Excelente analise! Ajudou muito! Parabens a toda equipe!

  • João Paulo
    2015-06-02T11:05:12  

    Atualmente o Kobo permite a criação de coleções também.

    recentes

    populares

    • João Paulo
      2015-06-02T11:05:12  

      As famosas prateleiras