Internet

17/04/2015 11h39 - Atualizado em 17/04/2015 11h39

Netflix fixa preços de assinatura de acordo com ‘taxa local de pirataria’

Raquel Freire
por
Para o TechTudo

O preço cobrado pelo Netflix em cada região é estipulado conforme uma “taxa de pirataria local”. A afirmação é do diretor financeiro, David Wells, em entrevista sobre os lucros do primeiro trimestre de 2015 nesta semana. O gestor disse que isso se aplica a mercados com alta incidência de pirataria fora dos Estados Unidos. “Não queremos colocar um preço alto porque há muita pirataria, então temos de competir com isso”, declarou. No Brasil, os planos do Netflix atualmente custam a partir de R$ 17,90.

Netflix quer catálogo global e fim do bloqueio de conteúdo por país

"A pirataria é um regulador em termos de preço nos maiores mercados pirata fora dos EUA", explicou.

Viu um filme ou série incrível no Netflix? Compartilha com aquele seu amigo que vai amar (Foto: Divulgação/Netflix)Netflix (Foto: Divulgação/Netflix)


Devido a essa estratégia, o Netflix estaria reduzindo a pirataria em países onde predomina o compartilhamento ilegal. Foi o que disse Ted Sarandos, diretor de conteúdo no Netflix, no mesmo vídeo postado no canal do YouTube para relacionamento com investidores, na mesma ocasião.

“A verdadeira grande notícia é que, nas capitais de pirataria do mundo, o Netflix está ganhando. Estamos obtendo sucesso nesses mercados”, afirmou Sarandos.

Já a batalha contra o uso de VPN por parte dos clientes foi classificada pelo diretor de conteúdo como algo parecido com “enxugar gelo”.

“A melhor maneira de tornar o problema das VPNs um completo não-problema é por meio do licenciamento global que estamos continuamente perseguindo com nossos parceiros”, contou Sarandos.

Seguindo essa pista, podemos deduzir que a Netflix está trabalhando para oferecer conteúdo global, sem quaisquer restrições geográficas, conforme já revelou o diretor executivo, Reed Hastings.

Ted Sarandos, diretor de conteúdo no Netflix (Foto: Reprodução/YouTube)Ted Sarandos, diretor de conteúdo no Netflix (Foto: Reprodução/YouTube)

Hastings declarou no mesmo Hangout que a companhia quer aumentar a participação no mercado internacional. O serviço de streaming, que atualmente possui quase 60 milhões de usuários ao redor do mundo, quer chegar a 90 milhões aumentando seu público fora dos Estados Unidos.

Veja a entrevista completa no YouTube (em inglês).

Netflix vale a pena? Comente no Fórum do TechTudo! 


Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Snake Plisken
    2015-04-20T14:49:36

    O netflix, a operadoras de tv a cabo como Sky e Net precisam ser mais rápidos se querem vencer a pirataria. Um filme demora demais a chegar até o Netflix ou no net now por exemplo... o mesmo vale para séries, leva uma eternidade para chegar também, é preciso agilizar isso aí, precisam sair da zona de conforto e melhora os serviços e o conteúdo. Cobrar o fim e condenar a pirataria é fácil né, fazer a parte de vocês nem tanto...popcorn time tá aí...

  • Bruno Ribeiro
    2015-04-18T00:00:17

    se colocarem a décima temporada de supernatural eu retomarei minha assinatura que foi cancelada hoje!

  • Geraldo Gomes
    2015-04-17T20:18:51

    A Netflx baniu a pirataria aqui em casa. Já o VPN uso porque os filmes não tem legenda em inglês no Brasil então só por VPN.

  • Nicolas
    2015-04-17T18:35:24

    só vou voltar a assinar quando tiver o mesmo conteúdo de forma global, é uma vergonha o catalago da netflix aqui no brasil

  • Marcelo
    2015-04-17T12:56:08  

    acho que o problema de pirataria é mais por falta de opção que de vontade de piratear... se eu tiver as series e filmes que eu gosto a um preço justo eu prefiro pagar que ter o trabalho de procurar o vídeo, baixar.. baixar legenda.. passar pra um pendrive e depois assistir

    recentes

    populares

    • Marcelo
      2015-04-17T12:56:08  

      Igual o Spotify, eu acho justo e sou assinante, agora o Netflix não, prefiro o Popcorn :)

  • Rodrigo Machado
    2015-04-17T12:01:35

    Vale muito a pena, conteúdo de qualidade em full hd sem travar e por um preço justo.