Internet

18/08/2015 12h55 - Atualizado em 18/08/2015 12h57

Baboom, novo rival do Spotify, chega com preço alto e plano pró-artista

Felipe Alencar
por
Para o TechTudo

O Baboom é o mais novo serviço de streaming de música que chega ao mercado para competir com Spotify, Apple Music, Rdio, Deezer e tantos outros. Originalmente idealizado por Kim Dotcom, o polêmico criador do finado site de compartilhamento MegaUpload, o serviço já está disponível para ouvir músicas. O Baboom tem aplicativos para Android e iOS e chega um ano após pequena prévia.

Obama, presidente dos EUA, cria playlist no Spotify; saiba como ouvir

Bamboo (Foto: Divulgação)Streamig do criador do MegaUpload já está disponível para todos (Foto: Divulgação/Baboom)

Diferente de seus concorrentes diretos, o Baboom adota um modelo de negócio que prioriza especificamente o artista e elimina intermediários. A iniciativa Fair Trade Streaming divide a receita do serviço diretamente com o detentor dos direitos autorais. No caso, quem produziu a faixa. 

Qual é o melhor streaming e por quê? Comente no Fórum do TechTudo.

Assim, o responsável pela música fica com 90% da receita gerada por aquela canção. Nos serviços de streaming tradicionais toda a receita é reunida para, só então, repartir os lucros, geralmente, de forma desigual.

Preços do Baboom

No Baboom os usuários encontrarão dois tipos de contas: a Padrão (gratuita) e a Premium (paga). Na conta padrão você pode ouvir música ilimitada, mas intercalada por anúncios. É possível criar coleções de músicas de no máximo 100 faixas e, ainda, comprar alguma música que gostar.

Na conta Premium a mensalidade fica por US$ 10 (cerca de R$ 30) e o usuário poderá ouvir música ilimitada e livre de anúncios, criar coleções sem limite de faixas, fazer streaming em vários dispositivos e ter experiências exclusivas. Infelizmente, as exclusividades não foram definidas no site. O vídeo abaixo explica como o Baboom vai dividir todo o lucro com os artistas que estão lá.


Assim como o Spotify e o Apple Music, o Baboom contará com uma página dedicada a cada artista. Nelas os fãs poderão checar notícias, agenda de shows e qualquer outro evento que envolva um artista ou banda específica. Seus rivais, no entanto, custam cerca de R$ 15 no Brasil, e são mais baratos.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Pitter Bico
    2015-08-18T16:18:19  

    O stream é muito mais lento que o spotfy!

    recentes

    populares

    • Pitter Bico
      2015-08-18T16:18:19  

      O interessante é que são artistas independentes, nos resta saber se as bandas mais renomadas estraram nessa.

  • Claubert Cardoso
    2015-08-18T15:30:06

    afff mais um servico com "acervo de mais de 30 milhoes de musicas" que bla bla bla...