20/09/2015 06h00 - Atualizado em 20/09/2015 09h39

Nova rede sem fio pode tornar o seu Wi-Fi 100 vezes mais veloz

Filipe Garrett
por
Para o TechTudo

Uma tecnologia desenvolvida por cientistas da Universidade Brown, nos Estados Unidos, promete abrir caminho para a aplicação de altas frequências na transmissão de dados. A chamada radiação de terahertz promete velocidades 100 vezes maiores do que os padrões de comunicação sem fio atuais, baseados em micro-ondas no espectro dos gigahertz.

Chip da Fujitsu agora pode transmitir vídeos 8K instantaneamente

O desenvolvimento de padrões que apliquem frequências tão altas de comunicação sempre esbarrou em problemas físicos. Um exemplo disso é o fato de que a transmissão em terahertz, nos cabos usados hoje em dia, seria inviável, já que o próprio material que é usado nos fios de transmissão acabaria absorvendo parte da informação, atenuando o sinal e comprometendo a transferência.

Outro problema relacionado com a forma de se transmitir dados a essas frequências está relacionado com a estrutura das redes atuais. Hoje, em um mesmo cabeamento óptico ou canal wireless, viajam centenas de informações diferentes.

Imagem mostra o tipo de antena desenvolvido pelos cientistas para transmitir em terahertz (Foto: Divulgação/Universidade Brown)Imagem mostra o tipo de antena desenvolvido pelos cientistas para transmitir em terahertz (Foto: Divulgação/Universidade Brown)

Usando o que se chama de “multiplexers”, essas informações são realocadas na ponta final da rede. Um exemplo disso é a forma como um mesmo cabo pode transmitir incontáveis conversas telefônicas ao mesmo tempo, mas, no final do fio, cada usuário ouve apenas a chamada que lhe diz respeito.

Porém, os cientistas estão confiantes de que uma nova interpretação do problema pode resolver os obstáculos. Segundo a pesquisa, publicada na Nature Photonics, foi desenvolvido um tipo de meio para propagar as ondas em frequências na casa dos terahertz que acaba com o problema de absorção do material.

Basicamente, a solução é uma antena especial, que conta com duas placas metálicas dispostas paralelamente e um espaço vazio, composto de ar, entre elas. É por esse vão que as ondas são emitidas e se propagam.

Para resolver o problema dos chamados multiplexers, os cientistas desenvolvem um padrão de transmissão que gera ondas em diferentes frequências. Cada onda representa um canal de informação, o que, no fim do cabo, significa que cada uma dessas ondas será compreendida como uma cadeia de dados independente, eliminando o problema da mistura de canais.

Como melhorar o sinal da rede Wi-Fi? Confira as dicas no Fórum do TechTudo.

Comunicação em terahertz: tiro curto

Os obstáculos para a criação de padrões tecnológicos que usem frequências elevadas em plataformas de comunicação ainda são enormes. Na avaliação dos cientistas, sistemas que usem redes com essas velocidades só devem começar a aparecer dentro de 10 anos.

A aplicação dessa tecnologia seria útil, principalmente, em redes domésticas e espaços corporativos, já que a comunicação via terahertz gera sinais que só podem ser transmitidos sem perdas em algumas centenas de metros, o que significa que redes 4G e 5G, e o que vier depois disso, ainda funcionarão nos gigahertz.

Via IFLScience

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Carlos Bernardo
    2015-09-21T11:07:59

    Quantos estão morrendo de cancer por causa de sinais wifi e celulares, agora freqüência em baseada em micro-ondas, não vai sobrar um meu irmão!

  • Ricardo Rizzo
    2015-09-20T20:40:39  

    daqui 2 séculos o PT implementa isso no Brasil. pois a atual 4G parece mais menos 1G. BRASIL SILLL SILLLL

    recentes

    populares

    • Ricardo Rizzo
      2015-09-20T20:40:39  

      espero que até lá o PT tenha sumido da face da terra......

    recentes

    populares

    • Ricardo Rizzo
      2015-09-20T20:40:39  

      Afinal Oi, Tim, Vivo e Claro são tudo empresas publicas né?

  • Evandro
    2015-09-20T19:30:53  

    As operadoras de serviços de celular e net no brasil são péssimas, uma pior que a outra, serviço horrível, nada eficiente, conexão muito lenta e cai a todo instante. Quem já teve o privilégio de conhecer o que é este serviço na Corea do Sul sabe do que falo. Não precisamos ir tão longe, talvez a bolívia ofereça um serviço melhor do que o nosso. Também, com uma Anatel que só serve para empregar gente indicada pelo governo para não dar dor de cabeça, não espere melhorias

    recentes

    populares

    • Evandro
      2015-09-20T19:30:53  

      Concordo com vc... Mas não entendi o que isso tem a ver com redes wifi....

    recentes

    populares

    • Evandro
      2015-09-20T19:30:53  

      Evandro, já tive o prazer de baixar um filme na Coreia do Sul pelo celular, (5GB de filme) em 4 min. tomando um cafezinho na rua... Não tem comparação mesmo.... infelizmente....

  • Bruno Thomaz
    2015-09-21T10:41:26

    eeeee nada de investir na educação eeeeeee brasil

  • Willian Costa
    2015-09-21T09:04:51

    "O brasil não tem condições de receber essa tecnologia de grande porte." Obrigado e até mais. Costa, Willian.

  • Jonatas
    2015-09-20T23:09:52

    Que seja verdade.

  • Paulo Junior
    2015-09-20T23:00:50

    Acabei de ver na Wikipedia que a luz vermelha está na frequência de 400 THz, logo, ainda não é radiação perigosa (e certamente não é verde...)

  • Gabriel Ville
    2015-09-20T20:54:34

    E quanto custa essa luzinha verde?

  • Silmar Silva
    2015-09-20T13:04:13

    Eh com diz o Leandro Oliveira; vcs prá echer espaço e linguiças, informam essas coisas que , acho, nunca vão aparecer de verdade. Puxa arranjem coisas melhores e prá hoje, gente.-

  • Evandro Silva
    2015-09-20T18:06:22

    A malandragem está no título errado, "Nova rede sem fio pode", quando o correto, seria," Em desenvolvimento rede que poderá...".

  • REINALDO TEIXEIRA
    2015-09-20T17:57:09

    Prometo se vc. pular de 10.000 pés de altura usando um guarda-chuva em vez de um paraquedas , vc vai chegar ao solo são e salvo...vc acredita????

  • Eduardo Long
    2015-09-20T16:50:33

    Gostei! A ciência desbravando o futuro.

  • Luis Silva
    2015-09-20T11:41:43  

    Enquanto isso, nas Unicamp, USP e UFRJ da vida, dá-lhe Paulo Freire, greve e doutrinação...Brasil, o país do eterno atraso.

    recentes

    populares

    • Luis Silva
      2015-09-20T11:41:43  

      Posé

  • Leandro Oliveira
    2015-09-20T12:23:41

    Você vê o titulo e fica louco pra ler a matéria, depois no final da mesma diz que até 10 anos... E a globo gosta, matérias lixos mas com bom titulo, assim todos abrem.