Redes sociais

06/02/2016 07h00 - Atualizado em 06/02/2016 07h00

Facebook bloqueia Crypter; plugin criava 'chat secreto' no Messenger

Paulo Alves
por
Para o TechTudo

O Facebook bloqueou o plugin Crypter (crypter.co.uk), para Chrome e Firefox, que ativava o chat secreto no Facebook Messenger. O programa foi criado pelo estudante Max Mitchell e lançado recentemente com o objetivo de proteger as conversas no mensageiro usando criptografia.

Facebook testa teoria dos 6 graus de separação; faça o teste

O conteúdo da mensagens trocadas no bate-papo só poderia ser desbloqueado com uma senha definida pelo usuário. Porém, sem explicações, a rede social interrompeu o suporte à extensão, que parou de funcionar mesmo depois de instalada com sucesso nos navegadores de Internet.

Facebook bloqueou plugin que prometia mais segurança no Messenger (Foto: Reprodução/Crypter)Facebook bloqueou plugin que prometia mais segurança no Messenger (Foto: Reprodução/Crypter)

O plugin implementava um pequeno cadeado na janela de conversa com um contato do Messenger. Ao clicar nele, o usuário poderia definir uma senha conhecida por ambos, que serviria para transformar mensagens em códigos e vice-versa. Segundo o desenvolvedor, essa foi a alternativa que encontrou para facilitar a comunicação de quem se preocupa com a privacidade, mas não quer usar uma ferramenta nova.

Como fazer um vídeo do Dia do Amigo no Facebook? Veja dicas no Fórum do TechTudo.

Após o bloqueio, o site oficial do Crypter passou a exibir uma mensagem avisando sobre o bloqueio:

“Interessantemente e infelizmente, o Facebook passou a monitorar o Crypter e, para nossa tristeza, o serviço foi bloqueado. Estamos trabalhando muito para encontrar uma solução, então não deixe de baixar a extensão para receber uma atualização automática. Sentimos muito pelo ocorrido”.

Extensão protegia conversas com criptografia AES (Foto: Reprodução/Crypter)Extensão protegia conversas com criptografia AES (Foto: Reprodução/Crypter)

O criador do programa foi além, colocando praticamente um fim para o seu software de criptografia, e acusando o Facebook de espionar as mensagens dos usuários mesmo antes de serem enviadas – algo que já se sabia.

“O Facebook atualizou o Messenger, tornando Crypter desabilitado e sem volta. Passei a maior parte da noite passada em busca de soluções alternativas, mas parece que, como temia, o Facebook está monitorando cada tecla pressionada antes que o usuário sequer envie a mensagem”.

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Ainda segundo o desenvolvedor, o Crypter foi uma tentativa de popularizar a criptografia na comunicação de pessoas comuns, em virtude, principalmente, dos escândalos de espionagem protagonizados pelo governo dos EUA. Indicação disso é o “garoto propaganda” Edward Snowden, cuja foto aparece no vídeo de divulgação da ferramenta agora desativada.

Via Digital Trends e The Next Web

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares