Jogos de corrida

23/04/2016 08h00 - Atualizado em 23/04/2016 08h00

Conheça jogadores de games de corrida que viraram pilotos reais

Filipe Garrett
por
Para o TechTudo

O automobilismo é um esporte muito caro e isso acaba limitando as chances de muita gente interessada em competir. Uma maneira de driblar os altos custos de formação tem sido o videogame: desde 2008, um total de 20 pilotos profissionais foram escolhidos e formados pelo programa GT Academy, do Gran Turismo e da Nissan. Todos estão em atividade e alguns desses pilotos já tem currículo com resultados de expressão no mundo do esporte à motor.

Confira a análise completa de Forza Horizon 2

O GT Academy ocorre em diversos países do mundo e funciona da seguinte maneira: em meados do ano, uma competição é liberada no Gran Turismo. Os jogadores que postarem os melhores tempos são pré-selecionados e eliminados sucessivamente. Até que o grupo final passa por um extensivo programa de competições, que envolve desde testes com repórteres agressivos a atividades na pista, para determinar quem é o vencedor. Tudo é exibido pela TV na forma de reality-show.

Conheça os principais pilotos que saíram do videogame para os carros de corrida:

Lucas Ordoñez

Lucas Ordoñez foi o primeiro vencedor do GT Academy (Foto: Divulgação/Nissan)Lucas Ordoñez foi o primeiro vencedor do GT Academy (Foto: Divulgação/Nissan)

Espanhol de 30 anos, foi o primeiro vencedor do GT Academy do Gran Turismo, em 2008. Ordoñez disputou corridas no Super GT, prestigiado campeonato de carros de turismo do Japão; no FIA GT, campeonato de turismo promovido pela FIA; e nas históricas 24 Horas de Le Mans.

Na infância, Ordoñez teve experiência com karts, mas os custos elevados do automobilismo acabaram impedindo o progresso de sua carreira e, aos 16, Lucas deixou as corridas e começou a estudar. Em 2008, quando fazia seu MBA, ele participou de uma etapa preliminar do GT Academy e venceu.

Na prova de endurance que dura um dia inteiro, Lucas Ordoñez conseguiu subir ao pódio em duas ocasiões: em 2011 e 2013, ambas pilotando um protótipo LMP2. Em 2015, o piloto que já confessou ter como sonho vencer as 24 Horas, voltou à disputa, dessa vez como piloto oficial da equipe da Nissan na principal categoria da prova. Problemas com o carro, no entanto, impediram o espanhol de ser competitivo.

Jann Mardenborough

Jann Mardenborough vem conseguindo bons resultados em fórmulas e em carros de turismo (Foto: Divulgação/Nissan)Jann Mardenborough vem conseguindo bons resultados em fórmulas e em carros de turismo (Foto: Divulgação/Nissan)

Lucas foi o primeiro vencedor, mas Jann Mardenborough é o caso de sucesso maior da GT Academy até o momento. O piloto galês foi vencedor do programa do Gran Turismo e da Nissan em 2011, superando 90 mil competidores. Por ser mais jovem que Ordoñez (Lucas tinha 20 anos em 2011), o piloto tem tido experiências em fórmulas e já teve seu nome cotado para a Fórmula 1.

O caso de Jann é interessante porque, ao contrário de boa parte dos vencedores do GT Academy, até ser escolhido pela Nissan, ele não tinha tido nenhuma experiência séria com corridas. Ao vencer o programa em 2011, seu prêmio foi uma vaga garantida para participar das 24 Horas de Dubai. Naquela que seria sua primeira competição profissional, o piloto emplacaria um pódio na sua categoria.

Nas pistas, Jann já tem bastante experiência: o piloto britânico disputou diversas provas de longa duração, teve algumas vitórias em campeonatos regionais de turismo e, assim como Ordoñez, subiu ao pódio das 24 Horas de Le Mans em 2013, a bordo de um LMP2. Nas temporadas 2014 e 2015 da GP3, uma das categorias que levam à F1, Mardenborough obteve alguns bons resultados, entre os quais uma vitória.

Wolfgang Reip

Wolfgang Reip (à direita) fez parte do trio que saiu vencedor das 12 Horas de Bathurst. Além disso, o belga venceu o Blancpain Endurance Series ano passado (Foto: Divulgação/Nissan)Wolfgang Reip (à direita) fez parte do trio que saiu vencedor das 12 Horas de Bathurst. Além disso, o belga venceu o Blancpain Endurance Series ano passado (Foto: Divulgação/Nissan)

O belga está entre a turma de vencedores da edição 2012 do GT Academy e, de lá para cá, já colheu resultados de peso, principalmente entre categorias de turismo. Reip precisou superar 830 mil competidores para vencer o programa de formação do Gran Turismo.

Entre os gamers que viraram pilotos, Reip é um dos que podem dizer que é campeão. O belga venceu o campeonato de turismo Blancpain Endurance, em 2015 e, ao lado de Florian Strauss, outro vencedor do GT Academy, triunfou nas 12 Horas de Bathurst, prova bastante importante do calendário do endurance. Em 2016, Reip se desligou da Nissan para se tornar piloto da Bentley em competições de turismo.

Qual o melhor jogo de corrida? Comente no Fórum do TechTudo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Carlos Schneider
    2016-04-23T14:44:07

    Comunidade do Gran Turismo é sensacional, somente o GT pra proporcionar q um gamer consiga competir a nível real e mundial pelo seu tempo. Gran Turismo sempre será o melhor simulador disparado dos consoles. Graficamente o 6 bate com os jogos de nova geração e as salas ainda estão lotadas.