Redes sociais

11/05/2016 07h00 - Atualizado em 11/05/2016 07h00

Lida ou enviada? Saiba o que significam os sinais do Telegram

Raquel Freire
por
Para o TechTudo

Assim como o WhatsApp, o Telegram mostra sinais de check ao lado das mensagens enviadas. No entanto, o significado dos risquinhos no Telegram é ligeiramente diferente do seu famoso concorrente, o que pode confundir quem acabou de chegar no aplicativo de mensagens.

Nove motivos para continuar usando o Telegram no lugar do WhatsApp 

Para evitar brigas e estresses desnecessários, confira aqui o que significam os tiques no rival do WhatsApp. Também explicamos como é feita a criptografia no Telegram para que você avalie qual é o jeito mais seguro de se comunicar online.

 Saiba o que significam os riscos nas mensagens do Telegram (Foto: Divulgação/Telegram) Saiba o que significam os riscos nas mensagens do Telegram (Foto: Divulgação/Telegram)










Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Sinais do Telegram

Um tique: a mensagem foi enviada e está na nuvem do Telegram. Se o destinatário tiver ativado o recebimento de notificações, ele terá recebido o alerta push, mas ainda não abriu a mensagem.

Tique único no Telegram significa que mensagem está na nuvem do serviço (Foto: Reprodução/Raquel Freire)Tique único no Telegram significa que mensagem está na nuvem do serviço (Foto: Reprodução/Raquel Freire)

Dois tiques: o destinatário abriu a conversa entre vocês no Telegram e leu a mensagem.

Mensagem lida no Telegram é sinalizada com dois checks verde (Foto: Reprodução/Raquel Freire)Mensagem lida no Telegram é sinalizada com dois checks verde (Foto: Reprodução/Raquel Freire)

E o sinal de entregue ao destinatário?

O Telegram não mostra um sinal específico de “entregue ao dispositivo”, diferentemente do WhatsApp, em que a situação é representada por dois tiques em cinza. De acordo com a empresa, a ausência do ícone deve-se à possibilidade de login em diversas plataformas ao mesmo tempo.

“Nós não temos um status ‘entregue ao dispositivo’ nas mensagens porque o Telegram pode rodar em quantos dispositivos [simultaneamente] você quiser. Então o que significaria aquele check particularmente?”, explica a companhia em seu FAQ.

Segurança nas mensagens

A medida judicial que determinou o bloqueio do WhatsApp afirma que o Facebook, dono do mensageiro, não tem fornecido informações solicitadas para investigações criminais. A rede social, por outro lado, alega que não é possível conceder os dados pedidos devido ao sistema de segurança empregado no envio das mensagens.

Por trás do impasse está criptografia de ponta-a-ponta, adotada pelo mensageiro no mês passado, que impede a decodificação das mensagens por qualquer um que não seja emissor e destinatário. “Nem criminosos, nem hackers, nem regimes opressores. Nem mesmo nós.”, informou a empresa na época.

Telegram usa criptografia de ponta-a-ponta apenas em chats secretos (Foto: TechTudo/Anna Kellen Bull)Telegram usa criptografia de ponta-a-ponta apenas em chats secretos (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)

Tudo isso suscita a dúvida sobre qual criptografia é usada no Telegram. O fato é que o mensageiro usa dois mecanismos diferentes. A criptografia de ponta-a-ponta é usada apenas nos chats secretos. Nas conversas normais, a criptografia é do tipo servidor-cliente, baseada no protocolo MTProto.

De maneira resumida, este mecanismo impede que terceiros decodifiquem as mensagens, mas não a própria empresa. Em ambos os casos, a criptografia do Telegram tem base na AES simétrica de 256-bits, RSA 2048 e troca de chaves seguras Diffie–Hellman.

Telegram tem potencial pra continuar crescendo e quem sabe passar o Whatsapp? Comente no Fórum do TechTudo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares