Redes sociais

30/05/2016 13h57 - Atualizado em 30/05/2016 16h18

Projeto Marea: Microsoft e Facebook se unem para acelerar a Internet

João Kurtz
por
Para o TechTudo

Uma aliança entre o Facebook e a Microsoft vai permitir a criação de um novo cabo submarino para transmissão de dados de Internet. Será o primeiro a ligar a América do Norte à região sul da Europa, através do Oceano Atlântico. O projeto, chamado Marea, foi construído com um novo tipo de design que permitirá a redução de custos e facilidade para a instalação de upgrades. A conexão deve ficar pronta para uso a partir da metade do ano de 2017.

Microsoft declara guerra contra conteúdo sobre terrorismo na nuvem

O Marea terá cerca de 6.600 km de extensão e vai unir a cidade de Virginia Beach, no estado americano da Virginia, com Bilbao, na Espanha, com capacidade de transmissão aproximada de 160 Tbps. Segundo a Microsoft, este é o primeiro cabo que vai conectar os Estados Unidos com a parte sul da Europa.

Cabo vai unir Estados Unidos e Europa a partir de 2017 (Foto: Reprodução/Microsoft)Cabo vai unir Estados Unidos e Europa a partir de 2017 (Foto: Reprodução/Microsoft)

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Como deve ser fisicamente separado de outros cabos na região (a maior parte deles está localizada em Nova York) a expectativa é que as conexões sejam mais rápidas e resilientes, garantindo menor perda de dados nas transmissões.

A união entre as duas gigantes da Internet possui também uma terceira parceira: a espanhola Telefonica, que será a responsável por gerenciar o Marea. A construção está programada para a metade de 2016, com o início dos trabalhos estimados para o ano seguinte.

Qual é o melhor navegador de Internet da atualidade? Comente no Fórum do TechTudo.

Qual o objetivo disso tudo?

Os cabos de transmissão de dados são uma das formas mais comuns de transmissão usadas atualmente, e os cabos submarinos são a forma mais comum de enviar dados entre os continentes.

Empresas de Internet como o Facebook e a Microsoft investem nestas tecnologias porque permitem que seus próprios serviços na nuvem sejam mais eficientes para os usuários. Outras desenvolvedoras, como o Google, também possuem interesses nesta área. A gigante de buscas, por exemplo, está instalando seu próprio cabo no Brasil.

Via Microsoft e The Next Web

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares