Internet

27/07/2016 12h30 - Atualizado em 27/07/2016 17h17

Google Play Store permite compartilhar aplicativos e jogos sem pagar a mais

Thássius Veloso
por
Da redação

A Google Play Store ganhou hoje (27) uma nova modalidade de compra e downloads de conteúdos virtuais, como aplicativos, jogos, filmes e músicas. A chegada da Biblioteca Familiar permite que todos de uma família tenham acesso aos softwares e games comprados por algum de seus membros. De acordo com o Google, a novidade traz economia para os núcleos familiares.

Aplicativo free, lite, premium ou freemium? Entenda a diferença entre eles

A Biblioteca Familiar da Google Play Store estreou nos Estados Unidos no início do mês. Seu funcionamento é simples: uma pessoa deve assumir a posição de "chefe da família", para gerenciar o cartão de crédito que será usado nas compras online.

Biblioteca Familiar permite compartilhar aplicativos com até seis pessoas (Foto: Divulgação/Google)Biblioteca Familiar permite compartilhar aplicativos com até seis pessoas (Foto: Divulgação/Google)












Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Cada vez que um integrante do grupo fizer uma aquisição ou download, o mesmo conteúdo é liberado para todos. Por exemplo, se um dos filhos baixa o filme “Zootopia”, um dos lançamentos mais recentes da sessão de vídeos, este mesmo item vai aparecer nos PCs e celulares dos pais, irmãos e outros familiares. O preço do filme permanece o mesmo, de R$ 8,00, não importando a quantidade de downloads.

Apesar de ter um cartão de crédito central, cada membro da família pode fazer uma compra de aplicativo, jogo ou conteúdo digital também com seu cartão de crédito particular. A Google Play Store ainda dá a opção de manter aquele item digital também privativo, disponível somente para quem o comprou.

Usuários não precisam pagar a mais para compartilhar apps com a família (Foto: Divulgação/Google)Usuários não precisam pagar a mais para compartilhar apps com a família (Foto: Divulgação/Google)

O gerente da família tem o dever de autorizar as compras feitas pelas pessoas com idade entre 13 e 17 anos. Também são responsáveis por liberar todas as compras feitas dentro dos aplicativos e jogos (conhecidas como compras in-app, como as fases extras em games).

A iniciativa do Google é similar ao Compartilhamento Familiar da Apple. O serviço rival também deixa compartilhar com até seis pessoas os aplicativos comprados na App Store. Assim, cada usuário pode usar sua conta para ter acesso aos apps dos outros membros da família.

Vale lembrar que essa não é a primeira vez que o Google oferece compartilhamento de conteúdo da Play Store. Em fevereiro deste ano, o Google Play Music ganhou uma modalidade que permite dividir a assinatura com até seis pessoas, que não precisam ser da mesma unidade familiar. Pelo valor de R$ 22,90 por mês, todos os integrantes do plano têm acesso ao serviço de streaming de músicas.

Como configurar Google Play para atualizar apps no Wi-Fi? Descubra no Fórum do TechTudo.

Colaborou: Aline Batista

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Edicarlos Martins
    2016-08-11T18:33:12

    Que legal!

  • Santana
    2016-07-28T21:00:44

    nnnnnnn nnooo