20/07/2016 10h00 - Atualizado em 20/07/2016 18h45

FISL 17 chega ao fim: próxima edição de 2017 já tem data marcada no Brasil

Giordano Tronco
por
Para o TechTudo

Mais um Fórum Internacional Software Livre chega ao fim. A 17ª edição do evento — que ocorreu na PUC-RS, em Porto Alegre — começou no dia 13 e se encerrou no último sábado (16). O tema da 17ª edição do evento foi “Internet das Coisas ou das Pessoas?”, que reuniu críticos e entusiastas do IoT. A edição do ano que vem já tem data: de 5 a 8 de julho de 2017, ainda sem tema específico. 

FISL 17: programador alemão ensina como libertar seu Android de apps Google

Internet das Coisas, para quem não sabe, é a tendência de todos os objetos que nos rodeiam passarem a estar conectados (sapatos, carros, geladeiras, relógios) e usarem essa conexão para coletar dados e se comunicarem. Desta forma, poderíamos terceirizar tarefas do nosso dia a dia para as máquinas. Por outro lado, estaríamos dando o controle de nossas vidas a elas e, consequentemente, às empresas donas dessa tecnologia. 

Grupo tira foto com mascote do Gnu (Foto: Divulgação/FISL)Grupo tira foto com mascote do Gnu (Foto: Divulgação/FISL)

Diversos palestrantes puderam expôr seus pontos de vista, que chegavam a ser, por vezes, antagônicos (conheça o ponto de vista dos céticos). Dentre as outras atrações, chamaram atenção dezenas de palestras com convidados nacionais e internacionais, como o especialista em reconstrução facial forense Cícero Moraes, que utiliza software livre para trabalhos de modelagem 3D para construção de próteses médicas, e o programador alemão Torsten Grote, ativista do software livre que deu dicas ao TechTudo sobre como libertar o seu celular Android da influência da Google.

A gravação das principais palestras podem ser vistas no site do FISL (softwarelivre.org/fisl17).

Cartaz de despedida do FISL17 (Foto: Divulgação/FISL) (Foto: Cartaz de despedida do FISL17 (Foto: Divulgação/FISL))Cartaz de despedida do FISL17 (Foto: Divulgação/FISL)


 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares