Câmera

05/10/2016 06h00 - Atualizado em 05/10/2016 18h30

Entenda como funciona uma câmera 360 graus

Raquel Freire
por
Para o TechTudo

As câmeras 360° funcionam de forma diferente dos dispositivos tradicionais. Esses gadgets registram todas as direções e sentidos ao mesmo tempo, conseguindo capturar imagens de maneira semelhante ao ponto de vista do olho humano. Por gerar sensação de imersão, as câmeras do tipo tem sido usadas para criar vídeos de realidade virtual. 

Conheça cinco câmeras que gravam vídeos em 360 graus

Para conseguir esse efeito, os aparelhos 360º precisam, obviamente, ter uma estrutura interna modificada em relação às câmeras comuns. Quer saber como esses dispositivos funcionam? No texto abaixo, entenda o funcionamento das câmeras que fazem vídeos em 360.

Kodak PixPro SP360 4K, câmera 360º (Foto: Marlon Câmara/TechTudo)Kodak PixPro SP360 4K, câmera 360º da Kodak (Foto: Marlon Câmara/TechTudo)

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Como funciona

Embora tenha ganhado popularidade nos últimos anos, a fotografia panorâmica não é uma invenção recente – na verdade, existe desde o advento da fotografia. Com as câmeras “normais”, o fotógrafo precisa tirar uma foto, girar lentamente poucos graus e fazer um novo disparo, até conseguir o enquadramento desejado. A montagem é manual, seja em modelos analógicos ou digitais, o que restringe a técnica a profissionais.

As câmeras 360, contudo, automatizam (e melhoram) esse processo. Para isso, elas trazem duas ou mais lentes por dentro, responsáveis por realizar disparos de imagens simultaneamente. Outra diferença básica em relação aos modelos convencionais é que as lentes são do tipo grande angular, que têm maior campo de visão.

Giroptic 360cam traz duas lentes de (Foto: Elson de Souza/TechTudo)Giroptic 360cam traz duas lentes de (Foto: Elson de Souza/TechTudo)

A maior parte das câmeras panorâmicas atuais trabalham com duas lentes, mas há modelos com 36 dispositivos de captura, como é o caso da Panono. Em tese, quanto maior o número de lentes, menor a chance de algum ângulo ser perdido, resultando em uma imagem final melhor. Na prática, a qualidade das fotos e vídeos continua dependendo de fatores como brilho ou fidelidade de cores.

Depois de capturadas separadamente, as imagens são “costuradas” via software e transformam-se em uma única cena em 360º. Em alguns modelos, como a Panono e a Kodak PixPro SP360 4K, essa junção é feita por programas instalados no computador. A Samsung Gear 360, porém, consegue realizar o procedimento via smartphone, mas apenas com os celulares Galaxy S7, Galaxy S7 Edge, Galaxy S6, Galaxy S6 Edge, Galaxy S6 Edge Plus, Galaxy Note 7 e Galaxy Note 5. Quem não tem nenhum dos modelos precisa instalar um software para Windows.

A visualização também precisa ser feita através de um aplicativo 360º. Caso contrário, tudo o que o espectador consegue ver é uma imagem distorcida. O mercado já conta com grande variedade de gadgets do tipo, como o Gear VR, da Samsung, e o baratinho Cardboard, óculos VR de papelão do Google.

Gear VR, dispositivo de realidade virtual que permite ver vídeos 360 (Foto: Divulgação/Samsung)Gear VR, dispositivo de realidade virtual que permite ver vídeos 360 (Foto: Divulgação/Samsung)

Por dentro de uma câmera 360º

O interior de uma câmera 360 vai variar de modelo para modelo, assim como acontece com uma câmera tradicional. No entanto, características como múltiplas lentes grande angular e processamento poderoso estão presentes em todos os dispositivos do mercado.

Recentemente, a Samsung revelou como é sua Gear 360 por dentro, dando detalhes além das especificações técnicas. Com design esférico – assim como grande parte das câmeras do tipo à venda -, o dispositivo é envolvido por uma capa com certificação IP53, que dá resistência a poeira e a respingos d'água.

As partes frontal e traseira apresentam suportes internos que garantem a segurança dos componentes. No espaço da frente, há display PMOLED de 0,5 polegadas com 72 × 32 pixels de resolução, que, para o usuário, fica localizado no topo da câmera e permite navegar pelos modos e configurações de foto e vídeo. O suporte traseiro conta com o microfone, o alto-falante e o encaixe para o tripé, todos com saída na parte de baixo.

Câmera Gear 360 por dentro (Foto: Divulgação/Samsung)Câmera Gear 360 por dentro (Foto: Divulgação/Samsung)

Duas lentes CMOS de 15 megapixels do tipo olho de peixe, com abertura de f2.0, realizam a captura de imagens de até 195º. Sensores como acelerômetro e giroscópio ajustam constantemente o movimentos das câmeras, garantindo que o conteúdo esteja em 360º. Na hora de unir as tomadas, o software pode criar imagens de até 3840 x 1920 pixels para vídeos e 7776 x 3888 para fotos. As duas lentes são protegidas por vidro temperado, com design circular.

Qual é a melhor concorrente da GoPro? Comente no Fórum do TechTudo.

O interior da câmera é equipado com uma placa de cobre, além de outros materiais de interface térmica, para evitar superaquecimento das peças. A placa-mãe abriga o CPU e o processador de imagem DRIMe5s, que oferece reprodução de cores superior e ruído reduzido. O slot para microSD pode suportar cartões de até 200 GB.

A imagem também mostra o compartimento da bateria de íon-lítio, com capacidade de 1.350 mAh e autonomia de 140 minutos de gravação de vídeo. O Gear 360 ainda apresenta conectividades Wi-Fi dual band (a/b/g/n/ac), Wi-Fi direct, Bluetooth 4.1, NFC e USB, permitindo compartilhar fotos e vídeos para o computador ou celular.

Modelos disponíveis no Brasil

A Gear 360 é o modelo mais conhecido à venda no Brasil, com preço atualmente variando em torno de R$ 2.200. No entanto, o aparelho não é o único disponível no país. A LG Cam 360 também é facilmente encontrada no mercado nacional, com valor mais baixo, custando em média R$ 1.500.

LG Cam 360 (Foto: Divulgação/LG)LG Cam 360 (Foto: Divulgação/LG)

Outra possibilidade para quem quer comprar uma câmera 360 no país é a 360fly, que sai por aproximadamente R$ 4.800. Outros modelos, como a Ricoh Theta S, só estão em sites de compra e venda, mas não tiveram lançamento oficial no Brasil.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares