Celular

07/10/2016 07h00 - Atualizado em 07/10/2016 10h41

Galaxy Beam continua à venda, quatro anos depois; conheça a ficha técnica

Barbara Mannara
por
Para o TechTudo

O Galaxy Beam é um smartphone da Samsung lançado em 2012 no Brasil. Seu diferencial é a presença de um projetor que gera imagens de tamanho equivalente às de uma TV de 50 polegadas. O modelo foi lançado com preço de R$ 999, mas após quatro anos de seu lançamento, tem um custo mais elevado, cerca de R$ 1.298 nas lojas. Ainda assim, ele permanece como um celular muito visado, e por isso ganhou esta matéria especial – veja na lista a seguir os prós e contras do telefone da Samsung.

Já adiantamos que uma de suas desvantagens está no Android desatualizado e na ficha técnica basicona. Nas vantagens, destaque para o design com medidas compactas.

Celulares baratos: lista traz cinco modelos antigos que custam até R$ 700

Samsung Galaxy Beam: veja se vale a pena comprar em 2016 nessas dicas (Foto: Divulgação/Samsung)Samsung Galaxy Beam: veja se vale a pena comprar em 2016 nessas dicas (Foto: Divulgação/Samsung)

Aplicativo do TechTudo: receba as melhores dicas e últimas notícias no seu celular

PONTOS POSITIVOS

1) Projetor integrado

O Galaxy Beam vai além de permitir conversas e acessar redes sociais: ele tem um projetor embutido. Com isso, o usuário pode ver filmes, séries e fotos na parede de casa, do tamanho máximo de uma TV de 50 polegadas, de acordo com a fabricante. Além disso, o recurso pode ser usado para quem faz muitas apresentações de slides, como no Microsoft PowerPoint, ou gosta de jogos. Com a bateria do aparelho, a fabricante garante cerca de três horas de projeção contínua, mas você também pode usar o recurso com o celular plugado na tomada.

Samsung Galaxy Beam vem com projetor de imagem integrado (Foto: Divulgação/Samsung)Samsung Galaxy Beam vem com projetor de imagem integrado (Foto: Divulgação/Samsung)

Apesar de oferecer esta funcionalidade, vale lembrar que a resolução do projetor é muito baixa: apenas 640 x 360 pixels. Com ela não é possível ver todos os detalhes de um vídeo em HD (1280 x 720 pixels), muito menos de conteúdos em Full HD (1920 x 1080 pixels), que se tornam cada vez mais comuns em plataformas como YouTube e Netflix.

2) Design compacto

O Galaxy Beam tem medidas mais compactas do que os celulares intermediários de mesmo valor atualmente. Para se ter uma ideia da diferença, o Galaxy Beam as dimensões são 123,9 x 64,2 x 12,55 mm e seu peso é 148 g. Já o novo Moto G 4, lançado em 2016 pela Motorola/Lenovo, é vendido com preço similar ao modelo da Samsung e tem tamanho de 153 x 76,6 x 9,8 mm, com peso de 157 g.

Samsung Galaxy Beam tem design mais compacto e pode ser levado no bolso (Foto: Divulgação/Samsung)Samsung Galaxy Beam tem design mais compacto e pode ser levado no bolso (Foto: Divulgação/Samsung)

A tendência nos últimos anos é de que as fabricantes vendam smartphones com telas maiores, a partir de 5 polegadas em vez das 4'' presentes no Galaxy Beam. Isso proporciona maior conforto visual no dia a dia, mas deixa o telefone mais robusto. Um modelo menor pode ser mais prático para quem gosta de levar o smartphone no bolso feminino ou mesmo em bolsas pequenas.

3) Bateria e conexões

Uma das maiores preocupações dos usuários é a capacidade de bateria dos smartphones. O Galaxy Beam oferece potência máxima de 2.000 mAh. Considerando que ele foi lançado em 2012, a carga é até razoável. O celular conta com processamento e tela mais básicos, o que ajuda a não consumir tanto a bateria.

Samsung Galaxy Beam tem bateria de 2.000 mAh e conectividades de internet (Foto: Divulgação/Samsung)Samsung Galaxy Beam tem bateria de 2.000 mAh e conectividades de internet (Foto: Divulgação/Samsung)


A expectativa de duração sugerida pela Samsung é de mais de 1.200 minutos (20 horas) de conversação no 2G e 575 minutos (9,5 horas) no 3G. É longe de ser o ideal para um celular comprado em 2016, mas promete oferecer pelo menos uma duração mediana para o usuário mais básico.

As conexões também não vão deixar o usuário básico na mão. Quando o assunto é internet, ele pode usar a rede sem fio Wi-Fi ou o 2G/3G para dados móveis, embora não tenha suporte à internet mais rápida, via 4G. Além disso, é possível transferir arquivos ou dados por meio do Bluetooth ou DLNA. O conector para carregar ou plugar no computador é o micro USB. Por fim, o celular é dual chip, o que permite usar dois números de operadoras diferentes.

Qual é o melhor celular barato para comprar em 2016? Descubra no Fórum do TechTudo.

PONTOS NEGATIVOS

1) Desempenho fraco e Android desatualizado

O Galaxy Beam tem baixo desempenho em comparação com os celulares de 2016. Isso porque ele vem com um processador dual-core de 1 GHz e memória RAM de apenas 768 MB. O uso seria bem básico, com navegação na internet, sem garantia de rodar os vídeos pesados para transmissão no projetor, por exemplo.

Para quem já tem o smartphone, uma recomendação é a instalação do navegador Opera Mini, mais leve que o Chrome tradicional e do Facebook Lite, para acessar a rede social com uma interface que evita engasgos, embora seja também mais pobre que o Facebook regular.

Samsung Galaxy Beam tem um processador e memória RAM fracaspara o mercado atual (Foto: Divulgação/Samsung)Samsung Galaxy Beam tem um processador e memória RAM fracas para o mercado atual (Foto: Divulgação/Samsung)

Atualmente os smartphones na mesma faixa de preço já vêm pelo menos com processadores quad-core. O Moto G 4 é projetado com um octa-core de 1,5 GHz e memória RAM de 2 GB, por exemplo.

O armazenamento interno do Galaxy Beam é de apenas 8 GB, mas o usuário pode expandir a memória com um cartão microSD de até 32 GB.

Quanto ao sistema operacional, o Android já está na versão 6.0 Marshmallow (a mais recente do Google liberada no Brasil), enquanto o Galaxy Beam oferece o Android 2.3 (Gingerbread). Isso quer dizer que seu comprador vai levar um modelo bem desatualizado, sem novidades de interface ou updates de segurança. O Samsung Galaxy J5 Metal foi lançado em 2016 e já vem com o Android 6.0. Ele custa R$ 1.299.

2) Tela fraca por um preço alto

A resolução da tela também é um aspecto importante ao investir em um novo celular. O Galaxy Beam vem com display compacto, de 4 polegadas, mas o ponto fraco está na resolução da imagem, com apenas 800 x 480 pixels. Ele passa longe de ter resolução HD ou Full HD, comum à maioria dos smartphones em 2016 nessa mesma faixa de preço.

Samsung Galaxy Beam vem com display de 4 polegadas com resolução inferior (Foto: Divulgação/Samsung)Samsung Galaxy Beam vem com display de 4 polegadas com resolução inferior (Foto: Divulgação/Samsung)

O display muito pequeno do Galaxy Beam também pode ser incômodo para alguns usuários, ao digitar mensagens, ver fotos, vídeos ou navegar na web. Para comparar, Moto G 4 tem tela ampla, de 5,5'' e Full HD. Quer um modelo mais compacto e econômico? O Moto G4 Play tem preço sugerido de R$ 869 e tela HD (1280 x 720 pixels) de 5 polegadas.

Falando em preço, o smartphone da Samsung é vendido por R$ 1.298 no mercado nacional, atualmente, sendo mais caro até do que em seu lançamento: R$ 999. Hoje, é possível encontrar celulares mais avançados e completos que custem o mesmo ou menos. De quebra, você ainda pode investir em um projetor compacto extra para usar em casa.

3) Câmeras com baixa resolução

Registrar fotos de amigos e selfies no dia a dia é uma ação que agrada muitos usuários, e para isso é necessário que o aparelho tenha boas câmeras. Entretanto, o Samsung Beam tem câmera principal de somente 5 megapixels e frontal de 1,3 MP. Por ser um aparelho de 2012, o fato de ter câmera frontal e flash na época demonstrava ótimas especificações, mas o preço alto do aparelho hoje em dia não compensa.

Smartphone Galaxy Beam vem com câmeras mais fracas (Foto: Divulgação/Samsung)Smartphone Galaxy Beam vem com câmeras mais fracas (Foto: Divulgação/Samsung)

Na verdade, até o modelo mais básico nessa faixa de preço vai apresentar recursos de câmera mais avançados, com o sensor principal entre 8 MP e 13 MP e o frontal com pelo menos 5 megapixels. Esse é o caso dos celulares Samsung Galaxy A5 (2016), do Moto G 4 Play e Moto G 4. Confira nessa lista smartphones por até R$ 1 mil. Já o Asus Zenfone Selfie com preço de R$ 1.199 tem câmera frontal avançada com 13 MP: veja as melhores câmeras para selfies nessas dicas.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Paulo Morais
    2016-10-07T15:46:35  

    nem de graça, isso presta

    recentes

    populares

    • Paulo Morais
      2016-10-07T15:46:35  

      Não qual é a vantagem de ter uma porcaria dessas.....

    recentes

    populares

    • Paulo Morais
      2016-10-07T15:46:35  

      Ter um projetor pra usar no lugar onde você quiser talvez?

  • Shasha Palanco
    2016-10-08T09:02:27  

    Tah na hora de alguém colocar um projetor nas versões mais atualizadas.

    recentes

    populares

    • Shasha Palanco
      2016-10-08T09:02:27  

      Cof Moto Z cof

  • Arlem Parnarama
    2016-10-13T18:57:07  

    O Samsung Beam 2 onde posso compra-lo? alguém sabe?

    recentes

    populares

    • Arlem Parnarama
      2016-10-13T18:57:07  

      Mercado Livre

  • Celso Bernal
    2016-10-07T16:37:00  

    Depois de antigo, obsoleto ele ficou mais caro? Qual a lógica?

    recentes

    populares

    • Celso Bernal
      2016-10-07T16:37:00  

      D I L M A

    recentes

    populares

    • Celso Bernal
      2016-10-07T16:37:00  

      É que os novos são uma me*** aí os antigos sobrevivem...

  • Rodrigo Vaz
    2016-10-08T04:24:13

    Ultrapassado

  • Leonardo
    2016-10-07T19:13:31

    samsung e suas porcarias