25/11/2016 17h25 - Atualizado em 25/11/2016 17h27

Black Friday 2016 esquenta durante a tarde e queixas de sites aumentam

Melissa Cruz Cossetti
por
da Redação

Acelerando o ritmo mais lento do período da manhã, a Black Friday Brasil 2016 esquentou durante a tarde desta sexta-feira (25). Até as 16h, o Reclame Aqui recebeu 1.562 reclamações, um somatório acrescido de 560 novas queixas entre 12h e 16h. Vale lembrar que no ano anterior, neste mesmo horário, o volume de reclamações era maior, de 1.879.

Celulares têm desconto de até R$ 2.800 na Black Friday; top 10 de promoções

O aumento de queixas reflete também as menções em redes sociais, que também aumentaram nas últimas horas. A expectativa é de que as vendas cresçam. A Ebit, que analisa dados do e-commerce nacional, segue otimista e prevê que as lojas devem atingir a previsão inicial de R$ 2,1 bilhões em faturamento, o que representa uma alta de 30% em comparação com a Black Friday do ano passado.

Menções em redes sociais também cresceram durante a tarde na Black Friday (Foto: Reprodução/ReclameAqui)Menções em redes sociais também cresceram durante a tarde na Black Friday (Foto: Reprodução/ReclameAqui)


O site teve um pico entre 15 e 16h, quando registrou 196 queixas. Nestes 60 minutos, o maior problema foi propaganda enganosa, com 21% dos motivos de queixas, seguido de problemas para finalizar compras, 12,7%; divergência de valor, 10,7%; produto indisponível, 7,6% e maquiagem de preço 5,6. Os números são referentes ao último balanço (das 18h de quinta-feira às 16h de sexta).

O CEO do Reclame AQUI, Maurício Vargas, acredita que o aumento nas visitas ao site — que reúne não só queixas como também páginas de reputação de lojas — pode subir o número de reclamações. 

Principais reclamações na Black Friday até 16h (Foto: Reprodução/ReclameAqui)Principais reclamações na Black Friday até 16h (Foto: Reprodução/ReclameAqui)


"O acesso cresceu bastante e puxou junto o número de reclamações. Claro que ainda é cedo falar que podemos ultrapassar as queixas do ano passado, mas esta tarde promete equilibrar bastante", explica.

Mais cedo, o movimento era bastante calmo, com poucas reclamações e sites segurando a demanda de acessos, sem apresentar muitos erros ou páginas fora do ar, como é de costume nesse período.

As lojas mais reclamadas

No ranking das lojas mais reclamadas, pouca mudança. Vale notar que onde a mascote do site está verde, as empresas prestaram bom atendido mesmo sendo alvo de queixas no site do Reclame Aqui.

As 10 empresas da Black Friday 2016 com mais queixas no Reclame Aqui (as 17h) (Foto: Reprodução/ReclameAqui)As 10 empresas da Black Friday 2016 com mais queixas no Reclame Aqui (as 17h) (Foto: Reprodução/ReclameAqui)


Encontro descontos bizarros por aí? Compartilhe no Fórum TechTudo.

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Guilherme Machado
    2016-11-27T11:49:35

    eu queria comprar 5 itens eletrônicos faz 2 meses que estou pesquisando, e até o momento não vi nenhum desconto real, é só pesquisar no buscapé, tudo igual, a única coisa que mudou é que eles colocaram um valor 50% a mais com um risco em cima kkk!!!

  • Lucan Kloh
    2016-11-25T20:17:18

    Black Friday é no Find Price Ainda dá tempo.

  • F1arruda
    2016-11-25T17:50:27

    ESSA KABUM É UMA BOSTA, NÃO ESTÃO NEM AI PARA OS CLIENTES, SISTEMA DELES NEM É INTEGRADO.