25/11/2016 09h02 - Atualizado em 25/11/2016 15h18

Black Friday 2016: brasileiro está pesquisando mais e reclamando menos

Melissa Cruz Cossetti
por
da Redação

Ainda é cedo para bater o martelo, mas a Black Friday Brasil 2016 anda a passos lentos. De acordo com o Reclame Aqui, pelo segundo ano consecutivo, houve queda no interesse. O comportamento se manifestou em menos buscas ao longo da noite, assim como um volume reduzido de menções nas redes sociais — o tema sequer entrou para os trending topics do Twitter. A Ebit, no entanto, segue otimista e prevê que as lojas devem atingir a previsão inicial de R$ 2,1 bilhões em faturamento, com uma alta de 30% em comparação com 2015.

Um guia completo e seguro do preço barato no Brasil

As consultas à reputação das empresas no Reclame, no entanto, aumentaram 11% na plataforma até as 6h, em relação ao mesmo período do ano passado. Ao longo do manhã o interesse pelas ofertas e as pesquisas cresceram, aumentando em 17% o tráfego em páginas de reputação até o meio-dia. As queixas, no entanto, sequem em queda de 25% em relação ao ano anterior, até a metade desta sexta-feira. Um alívio para o consumidor e também para os lojistas.

Desinteresse e expectativa

Para Maurício Vargas, CEO do Reclame Aqui, as empresas aprenderam com os erros dos anos anteriores e se prepararam melhor para esta edição. Entretanto, os preços não encantaram os consumidores. "O brasileiro continua desinteressado pelas ofertas. Os sites oferecem uma média de 26% de desconto e não os 50% ou 60% que todos esperam numa Black Friday", disse o executivo.

Reclame Aqui (Foto: Gabrielle Lancellotti/TechTudo)Reclame Aqui (Foto: Gabrielle Lancellotti/TechTudo)

O interesse em compras dos brasileiros, no entanto, voltou a crescer após o meio-dia. "Comparando os dados da terceira semana [semana que antecede a Black Friday] de novembro ante a anterior, verificamos um faturamento 19% menor. Essa redução preliminar aliada ao crescimento registrado ontem [quinta-feira] mostra que as antecipações de promoções feitas pelos varejistas não surtiram o efeito esperado. O consumidor realmente estava aguardando a Black Friday [sexta-feira] para comprar", acredita André Dias, diretor de Operações da Ebit.

Parcial de queixas

Em 12 horas de monitoramento, entre 18h (quinta-feira) e 6h (sexta-feira) o site, acostumado a organizar milhares de queixas ao longo da Black Friday, recebeu 581 reclamações relacionadas ao evento, contra 831 no mesmo período do ano passado — uma queda de 30% no total.

Ao meio-dia, com 18h de monitoramento, o total de reclamações chegou a 1.179 — uma queda de cerca de 25% em relação ao mesmo período de 2015. A redução, no entanto, foi maior na madrugada.

Com números de reclamações em queda, o site no entanto recebeu um novo pico de reclamações, com um total de 182 queixas entre 13 e 14 horas. No ano passado, o recorde foi menor, um pico de 177. 

As empresas mais reclamadas

Ainda de acordo com a pesquisa, a empresa que liderou o ranking com mais problemas é a mesma. Com um sistema de contagem regressiva para suas promoções, a Kabum! recebeu 259 reclamações, seguida da segunda colocada Americanas.com, que ficou com 111 queixas nas primeiras horas. De acordo com o ranking, empresas com o mascote do site em verde prestaram bom atendimento.

Ranking das empresas mais reclamadas na Black Friday Reclame Aqui (até 12h)  (Foto: Reprodução/ReclameAqui)Ranking das empresas mais reclamadas na Black Friday Reclame Aqui (até 12h) (Foto: Reprodução/ReclameAqui)



Principais problemas

No ranking de principais reclamações, quem lidera é a propaganda enganosa, que representou 22.4% dos casos. Em segundo lugar apareceram as divergências de valores, com 14.7%, seguido de dificuldade para finalizar a compra, com 10.1% — quando o produto acaba ou carrinho trava. A maior causa de reclamações nos últimos anos, a maquiagem de preços, caiu para quinto lugar, com 7.2% — descontos anunciados sobre preços que haviam subido horas ou dias antes. Produto indisponível, valor abusivo do frete e forma de pagamento (sem flexibilidade) também aparecem na lista de queixas comuns.

Reclame Aqui recebe maioria de queixas sobre propaganda enganosa na Black Friday (Foto: Reprodução/ReclameAqui)Reclame Aqui recebe maioria de queixas sobre propaganda enganosa na Black Friday (Foto: Reprodução/ReclameAqui)


Encontro descontos bizarros por aí? Compartilhe no Fórum TechTudo

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Gilson Almeida
    2016-11-25T12:46:08  

    BLACK FRIDAY NO BRASIL É PIADA

    recentes

    populares

    • Gilson Almeida
      2016-11-25T12:46:08  

      olha nao sei vocês mas a 4 edições que compro a "preços baixos mesmo" que não me incomodei. acho que para algumas pessoas falta e pesquisa e paciência. pois 30% de lojas brasucas praticam SIM!! PREÇOS DE BLACK FRIDAY.

    recentes

    populares

    • Gilson Almeida
      2016-11-25T12:46:08  

      Tem que ficar sempre de olho. Utilizo o Find Price pra me ajudar nessa tarefa.

  • Giovane César
    2016-11-25T14:45:08  

    vergonha essa black friday de exemplo foi um gabinete que adiquiri em 2014 pelo preço de 154,90 na Kabum e o mesmo gabinete hoje ta por 149,90 e falando que tava de 229,90 um vergonha quem cai nessa pilantragem bando de safados isso sim

    recentes

    populares

    • Giovane César
      2016-11-25T14:45:08  

      nossa amigo, mas em 2014 o salário minimo era uns 700,00 reais, é natural o salário minimo subir e o preço das coisas também. Abraço

    recentes

    populares

    • Giovane César
      2016-11-25T14:45:08  

      mas é o mesmo produto identico nada mudou entao teria q ser mais barato ja q o produto é igual agora se fosse outro modelo ficaria queto mais é identico entao isso ai é um roubo cobrar mais caro pelo mesmo produto diferente de datas de lançamento e data de hj

  • Paulo Sergio
    2016-11-25T14:22:09  

    Simples, não comprem!

    recentes

    populares

    • Paulo Sergio
      2016-11-25T14:22:09  

      kkkkkkkkk gostei mano, eu comprei e sai feliz com as coisas que comprei.

  • Adolfo Holsbach
    2016-11-25T14:43:41

    só queria intender por (CEO) e não presidente se estou no BRASIL e por aqui é assim que se chama o diretor presidente de uma empresa, nao estou nos EUA.

  • Andre Souza
    2016-11-26T00:43:03

    "as empresas aprenderam com os erros dos anos anteriores e se prepararam melhor para esta edição" Eu discordo totalmente. Houve foi muita safadeza por parte das empresas. Reclamar com meme é engraçado, mas o melhor protesto é boicotar as empresas trapaceiras. Muita promoção furada, preço que aumenta e volta ao que era há algumas semanas atrás.

  • Anderson Vani
    2016-11-25T19:54:17

    Quem ainda precisa de uma mão pra encontrar bons preços, acesse o site ajudanacompra . com . br

  • Julio
    2016-11-25T16:22:40

    o pessoal não entendeu que aqui no brasil isso não existe ..

  • Mrs Dias
    2016-11-25T15:25:07

    Black "Fraude" total, tudo pela metade do dobro do preço, os caras aumentam tudo e depois falam que é desconto, ah vá, querem enganar quem!!! A verdadeira Black Friday só nos EUA. Ninguém mais cai nessa!!!

  • Reginaldo Quadros
    2016-11-25T12:29:05  

    Esqueçam!!!! Black Friday só nos USA que realmente os preços caem no mínimo 50% por cento, chegando em 90%... Aqui os maiores descontos são em itens encalhados que você vai usar uma vez na vida.... Vê se um Iphone que custa três mil reais cai pra mil e quinhentos ou mil reais........

    recentes

    populares

    • Reginaldo Quadros
      2016-11-25T12:29:05  

      notebook celulares e televisores nunca baixam os preços!

  • Meridiano
    2016-11-25T14:54:57

    Só miragem. Depois o "empresariado" reclama da corrupção, dos impostos e o escambau, mas sacaneia o consumidor sempre que pode.

  • Mariazinha
    2016-11-25T14:45:54

    Os valores dos fretes conseguem ser maiores que os dos produtos.

  • Fábio Soares
    2016-11-25T14:30:55

    Tudo pelo 1/3 do triplo.

  • Felipe Pratti
    2016-11-25T12:39:17  

    Ano passado comprei o Antivirus Kaspersky Total Security por R$200 reais hoje encontrei o mesmo na versão 2017 mais atualizado por R$53,00 reais na black friday e é o Melhor do Mundo. aproveitem !!! o site é fjkaspersky com

    recentes

    populares

    • Felipe Pratti
      2016-11-25T12:39:17  

      O melhor do mundo na minha opinião é o AVAST que possui escaneamento inteligente no boot que pode ser programado. Pega os virus de surpresa antes de iniciar o O.S.

  • Luã Soares
    2016-11-25T12:03:38  

    Aqui no Brasil, deveria se chamar Black Fraude. A segunda empresa mesmo desse ranking eu acompanhei mais especificamente um produto desde a seu lançamento até hoje, o preço aumentou, e o desconto da Black fraude ficou no preço original do lançamento. Ou seja, não houve descontos.

    recentes

    populares

    • Luã Soares
      2016-11-25T12:03:38  

      traduza o que significa Black Friday e vai entender porque existem estes falsos descontos kkkkkk

    recentes

    populares

    • Luã Soares
      2016-11-25T12:03:38  

      dsAHUIDHSAIUDHIUASHDUISAHUIHSAUIDSAOHD

  • Pedro Brayer
    2016-11-25T13:00:39

    Pessoal, uma dica. Para ver se realmente houve desconto, entre no site da buscapé e lá você acompanha o histórico de 1 ano do produto que deseja comprar. Existe sim alguns descontos que valem a pena. É só pesquisar pelo site.

  • Pedro Brayer
    2016-11-25T12:57:41

    O site da Magazine Luiza está com problemas desde a hora que entrei. Isso era as 11:15h. depois de 1 hora e 45 minutos... continua com problemas.

  • Kamylo
    2016-11-25T12:47:24

    Tentei fazer uma compra uma vez, fui até gerar o boleto e "surpresa" o valor saia bem maior. Re-fiz a compra e a mesma coisa. Desisti.