Impressora 3D

29/12/2016 06h00 - Atualizado em 29/12/2016 06h00

Impressora 3D: principais lançamentos de 2016 e o que esperar para 2017

André Luiz de Mello Pereira
por
Para o TechTudo

Impressoras 3D deixaram de ser algo exclusivo para indústrias e vêm alcançando um público cada vez maior, criando desde objetos simples aos complexos no conforto de casa. Pensando nisso, reunimos alguns dos melhores lançamentos de 2016, além de destacar o que esperar deste mercado em 2017 e nos próximos anos.

Entenda como funcionam os diferentes tipos de impressoras 3D

As impressoras 3D começaram a se popularizar a partir de 2012 e 2013, com modelos ainda robustos que criavam pequenos objetos com detalhes simples. Com o passar dos anos, novos aparelhos foram lançados, ainda com preços um tanto elevados, mas capazes de criar itens mais sofisticados e com maior variedade de formas. Os aparelhos abaixo foram lançados em 2016 ao redor do mundo e viraram destaque por suas performances. A maioria deles pode ser comprada no Brasil através de importadoras.

Airwolf 3D AXIOM Direct Drive

A Airwolf 3D AXIOM Direct Drive foi uma das melhores impressoras 3D de 2016 (Foto: Divulgação/Airwolf)A Airwolf 3D AXIOM Direct Drive foi uma das melhores impressoras 3D de 2016 (Foto: Divulgação/Airwolf)

A Airwolf 3D AXIOM Direct Drive é um dos modelos mais robustos lançados em 2016, com medidas que podem assustar algumas pessoas, mas a qualidade de sua impressão é digna de nota. Com vários relatos de impressões suaves e precisas, a impressora 3D consegue criar objetos relativamente grandes em um tempo considerável.

O modelo é calibrado automaticamente, permitindo com que o usuário pule essa tediosa fase, oferece conexão com o computador por USB, cabo de rede ou Wi-Fi, e é compatibilidade com diversos materiais de impressão. A Airwolf 3D ainda traz alguns pontos a serem melhorados, como temperatura elevada após um tempo de impressão, mas a maioria desses aspectos pode ser resolvida com uma configuração por software.

A Airwolf 3D AXIOM Direct Drive é vendida por US$ 4.195 (aproximadamente R$ 14.083 em conversão direta, sem impostos e importação).

Lulzbot TAZ 6

A TAZ 6 traz ótima qualidade de impressão 3D (Foto: Divulgação/Lulzbot)A TAZ 6 traz ótima qualidade de impressão 3D (Foto: Divulgação/Lulzbot)

A Lulzbot TAZ 6 é a mais próxima de uma impressora 3D caseira, com medidas mais modestas, mas que alcança níveis industriais de impressão. O modelo ganhou destaque pela sua confiabilidade, já que dificilmente apresenta falhas durante suas tarefas.

A cada nova versão da linha, a Lulzbot TAZ apresenta resultados cada vez mais detalhados. Entretanto, o tempo de impressão aumenta, o que precisa ser melhorado. Felizmente, o avanço da tecnologia indica que isso será superado em novas aparelhos nos próximos anos.

A Lulzbot TAZ 6 é vendida pelo valor de US$ 2.500 (aproximadamente R$ 8.400, sem impostos ou importação).

Aplicativo do TechTudo: receba as melhores dicas e últimas notícias no seu celular

Ultimaker 2+

A Ultimaker 2+ chama atenção pelo seu design (Foto: Divulgação/Ultimaker)A Ultimaker 2+ chama atenção pelo seu design (Foto: Divulgação/Ultimaker)

A Ultimaker 2+ é uma impressora 3D que chama atenção pelo seu design e dimensões, o que a torna ideal para quem não tem muito espaço em casa ou no escritório. Com capacidade de criar camadas mais finas que um pedaço de papel, a Ultimaker 2+ promete impressão de altíssima qualidade e permite personalizar a velocidade e estilo da impressão com a aplicação de diferentes tubos, de variadas medidas, na máquina.

Podendo ser calibrada e utilizada através de software instalado no computador, com conexão via USB, a Ultimaker 2+ ainda conta com entrada para cartão SD, permitindo apenas carregar arquivos 3D para realizar a impressão. Um problema do aparelho é não contar com conexão Wi-Fi, algo que pode fazer a diferença para algumas pessoas.

Assim como a Lulzbot TAZ 6, a Ultimaker 2+ é vendida pelo valor de US$ 2.500 (aproximadamente R$ 8.400, sem impostos ou importação).

Makerbot Replicator

A nova versão da Replicator é de fácil utilização (Foto: Divulgação/Makerbot)A nova versão da Replicator é de fácil utilização (Foto: Divulgação/Makerbot)

A nova geração da impressora Makerbot Replicator chega com a vantagem de ser um aparelho extremamente simples de ser utilizado, tornando-se ideal para aqueles usuários que gostariam de uma impressora 3D, mas ainda não sabem direito como configurar propriamente a máquina.

Essa facilidade de uso acaba sendo uma boa maneira de popularizar ainda mais esse tipo de aparelhos, já que seu design também ajuda na hora de tornar a experiência de uso de uma impressora 3D muito mais confortável para um usuário comum.

Quer uma impressora boa e barata? Usuários indicam modelos no Fórum do TechTudo.

O único problema da Makerbot Replicator é a sua limitação na hora da escolha de materiais de impressão, já que utiliza apenas um tipo. Se por um lado isso ajuda a quem não entende muito do assunto e poderia se confundir com os diferentes tipos de materiais, isso acaba limitando a qualidade de algumas impressões.

A Makerbot Replicator 5 pode ser encontrada por US$ 2.577 (aproximadamente R$ 8.650, sem impostos e importação).

Cubify CubePro

Nova versão da CubePro também vai pelo lado de facilidade de uso pelo usuário comum (Foto: Divulgação/Cubify)Nova versão da CubePro também vai pelo lado de facilidade de uso pelo usuário comum (Foto: Divulgação/Cubify)

A Cubify produz alguns dos modelos mais populares de impressoras 3D do mercado e a CubePro é um exemplo disso. Com um design e funcionalidades que permitem sair criando objetos logo que você a tira da caixa, a impressora acaba se tornando uma boa pedida para o público que gostaria de começar no mundo de impressões 3D.

Apesar de trazer boas impressões e facilidade de uso, algo que deve se tornar cada vez mais comum nesses aparelhos, a Cubify exige que apenas materiais próprios da empresa sejam utilizados na impressão. Isso acaba encarecendo a experiência, já que que outras impressoras podem utilizar filamentos mais baratos de outras marcas.

O modelo mais recente da CubePro pode ser encontrado por R$ 23.549,40 no mercado nacional.

O que esperar do futuro?

Apesar de estar cada vez mais popular entre industriais e cientistas, impressoras 3D ainda estão engatinhando quando o assunto é popularidade com usuário comum. Os altos preços e complicações na impressão acabam afastando os consumidores. 

A ideia é que isso seja minimizado nos próximos anos com modelos como a Robo C2, impressora proposta através do Kickstarter, com valor mais modesto e que pode ser controlada com um smartphone.

Impressora 3D que pode ser controlada até por um smartphone (Foto: Divulgação/Robo)Impressora 3D que pode ser controlada por um smartphone (Foto: Divulgação/Robo)

A tendência atual é que cada vez mais companhias menores, como a responsável pela Robo C2, lancem impressoras 3D mais baratas e de fácil utilização, ajudando no crescimento do mercado, assim como aconteceu com as impressoras comuns que temos hoje em dia.

Qual a utilidade de comprar uma impressora 3D? Comente no Fórum do TechTudo


Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Guilherme Mello
    2017-01-02T14:56:41

    Esqueceram completamente da Stella3D fabricada pela Boa Impressão 3D. Uma impressora nacional, simples, com bom suporte e por menos de R$ 2000.

  • Luis Venturini
    2016-12-30T11:10:29

    Meio desatualizada a matéria, mas vale pela intenção!!!!

  • Elizier Testa
    2016-12-29T18:28:07

    Legal veja 30 peças. Bom pra dar de brinde de final de ano.

  • Sheroso
    2016-12-29T14:40:29  

    Muito bom.

    recentes

    populares

    • Sheroso
      2016-12-29T14:40:29  

      hahahahahaha

    recentes

    populares

    • Sheroso
      2016-12-29T14:40:29  

      kkkkkkkkkkkkkkkk só imprime o que existe José Filho!