Redes sociais

28/12/2016 07h30 - Atualizado em 28/12/2016 07h30

Rio 2016, Apple TV e Spotify se destacam na Retrospectiva do Tinder

Felipe Vinha
por
Para o TechTudo

O Tinder foi um dos aplicativos que mais tirou proveito de 2016. Ao longo do ano, muitas foram as novidades que chegaram à plataforma, mas a principal novidade se deu por conta dos Jogos Olímpicos Rio 2016, no Rio de Janeiro, onde obteve recorde de downloads e utilização.

Tudo sobre o Tinder

Ao longo de 12 meses, o Tinder também renovou seu visual, lançou novidades e integrações com outras plataformas e ainda revelou novas versões do aplicativo de paquera. Relembre os principais fatos e novidades.

Ano novo, visual novo

O Tinder começou o ano com tudo novo. Logo em janeiro, o aplicativo de paqueras e encontros estreou visual mais “clean”, de navegação limpa, e também veio com novidades como funções inéditas e de bate-papo. A mais importante delas foi a inclusão de GIFs animados para o chat entre usuários.

Tinder permite envio de GIFs (Foto: Divulgação/Tinder)Tinder permite envio de GIFs (Foto: Divulgação/Tinder)

Tivemos ainda as funções de curtidas para comentários no bate-papo e emojis maiores, tudo para promover a permanência dos usuários na plataforma – enquanto muitos buscavam conversar em outro aplicativo como WhatsApp, Snapchat e Facebook após o “Match” inicial no bate-papo original do Tinder.

Tinder Boost

O Tinder Boost foi outra novidade importante para os usuários da plataforma: agora é possível pagar para ter uma “propaganda” de seu perfil no aplicativo. Com o Tinder Boost, você pode ser visto primeiro por mais pessoas, antes de outras – uma espécie de “fura fila” ou, para os iniciados, de "Google Ads".

Tinder Boost (Foto: Divulgação/Tinder)Tinder Boost (Foto: Divulgação/Tinder)

O Boost é limitado e dura apenas 30 minutos, mas o tempo pode ser estendido e é possível comprar os boosts por “pacotes” – de um, cinco ou 10. O preço do kit varia entre US$ 3 ou US$ 1 cada.

iMessage e Tinder: uma história de amor

O iMessage, nativo do iPhone, também recebeu integração com o Tinder, por meio e uma extensão. Trata-se de uma enquete oficial, que permite que outros amigos votem em como seu perfil será exibido.

Stacks cria votações entre amigos no iMessage com Tinder (Foto: Divulgação/Tinder)Stacks cria votações entre amigos no iMessage com Tinder (Foto: Divulgação/Tinder)

Assim é possível criar enquetes sobre qual foto usar, qual descrição seria a mais adequada, entre outras possíveis perguntas. O resultado é compartilhado por mensagens trocadas entre amigos.

Tinder Social

Outra novidade criou mais interação, o Tinder Social chegou ao Brasil em julho deste ano, mesmo mês em que começou a funcionar no exterior. Foi possível criar grupos e marcar com mais pessoas.

Tinder Social chega ao Brasil; veja como usar (Foto: Divulgação/Tinder)Tinder Social chega ao Brasil; veja como usar (Foto: Divulgação/Tinder)

Vai naquela festa na sexta-feira à noite? Deixe o Tinder saber, junto com as pessoas que estão por lá. Assim, a paquera fica ainda mais direta, ainda que promovida pelo próprio aplicativo em questão.

Rio 2016

A Rio 2016 representou um enorme crescimento de downloads e uso do Tinder no Brasil. Segundo o aplicativo, houve aumento de 64% de usuários ativos no primeiro final de semana do evento. O número de “matches” na região onde os atletas ficaram hospedados no Rio de Janeiro mais que dobrou (129%).

Tinder é sucesso no Rio por causa dos jogos (Foto:Reprodução/TechTudo)Tinder é sucesso no Rio por causa dos jogos (Foto:Reprodução/TechTudo)

Na versão paga do Tinder, a Tinder Plus, os usuários utilizaram o recurso de escolher localização e a cidade olímpica de 2016 foi o destino mais solicitado. Houve um aumento de 211%, o que representa o triplo das buscas pela “Cidade Maravilhosa” antes da realização dos Jogos Olímpicos no Brasil.

Integração com o Spotify

Mais uma importante integração que o Tinder recebeu em 2016 foi com o Spotify, serviço de streaming musical, que está entre os mais populares da atualidade. Com isso, o aplicativo permite compartilhar seus gostos musicais e playlists com os usuários do app de paquera e melhorar seu perfil.

Tinder se une a Spotify e agora é possível escolher uma trilha sonora para o perfil no app de paquera (Foto: Luana Marfim/TechTudo)Tinder se une a Spotify e agora é possível escolher uma trilha sonora para o perfil no app de paquera (Foto: Luana Marfim/TechTudo)

A integração funciona de forma fácil e permite inserir músicas que tocam dentro do Tinder. É mais uma forma que o aplicativo encontrou de fazer com que as pessoas se conheçam bem por lá.

Novas opções de gêneros

Como forma de representar um número maior de pessoas, o Tinder passou a aceitar mais opções de gênero em novembro deste ano. Agora, além de “Masculino” e “Feminino”, também é possível escolher entre “Trans”, “Mulher Trans” ou “Homem Trans”, ampliando o público-alvo do aplicativo de paqueras.

Tinder acrescenta mais opções de gêneros à plataforma (Foto: Divulgação/Tinder) Tinder acrescenta mais opções de gêneros à plataforma (Foto: Divulgação/Tinder)

O aplicativo também disponibilizou a opção de ocultar o gênero. Isso dá mais liberdade na hora de se apresentar na rede e reforça ainda que o aplicativo não compactua com nenhum tipo de preconceito.

Facilidade na hora de escolher fotos

Por meio de um algoritmo, agora o Tinder sabe qual é sua melhor foto no aplicativo. A função Smart Photo reconhece qual é a imagem mais curtida do seu perfil na hora de receber um “match” de outro usuário e te indica para ser usada como a principal entre as fotos disponíveis na sua conta.

O Smart Photo vai facilitar o match no Tiner (Foto: Divulgação/Tinder)O Smart Photo vai facilitar o match no Tiner (Foto: Divulgação/Tinder)

Em testes internos, o Tinder informou que o número de matches cresceu em 12% após selecionar usuários para conferir o sistema de Smart Photo antes do lançamento oficial para o público geral.

Tinder na TV

Fechando o ano, mas não sem novidades, o Tinder anunciou a chegada do seu aplicativo oficial para a Apple TV. O objetivo é promover a interação entre pessoas da mesma família, ou que moram juntos, na hora de “zapear” pelos perfis disponíveis no app — ideal para quem curte a vida "privacidade zero".

Tinder na Apple TV permite diversão colabortiva (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)Tinder na Apple TV permite diversão colabortiva (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Como uma espécie de “namoro na TV moderno”, o aplicativo do Tinder para a Apple TV tem design próprio, mas não conta com chat. Após o “match”, é preciso começar o bate-papo no seu celular.

O que você faz no Tinder aparece no Facebook? Troque dicas no Fórum do TechTudo.