Sistemas Operacionais

25/01/2017 14h12 - Atualizado em 25/01/2017 14h12

Windows 10 vai ganhar nova central de segurança no Creators Update

Filipe Garrett
por
Para o TechTudo

O Creators Update do Windows 10 vai promover mudanças sensíveis no Microsoft Windows Defender. O pacote de atualização, que tem lançamento previsto para abril, chegará aos usuários com o Windows Defender Security Center: um tipo de central de segurança, desenvolvida para englobar todas as funções antivírus e de performance do sistema num único lugar. De certa forma, é uma abordagem parecida aquela usada pelos desenvolvedores de antimalware, que costuma agregar todas as ferramentas de proteção num único aplicativo de controle.

Microsoft revela Build 15002 para PC; veja o que muda no Windows 10

Windows Defender Security Center vai concentrar todas as informações de segurança e proteção do computador (Foto: Divulgação/Microsoft)Windows Defender Security Center vai concentrar todas as informações de segurança e proteção do computador (Foto: Divulgação/Microsoft)

É importante lembrar que, apesar de seguir as linhas de design que antivírus famosos usam, como Avast!, Kaspersky Internet Security e tantos outros, a ideia não é torna-los irrelevantes. O Windows Defender Security Center continuará funcionando em conjunto com antivírus de terceiros, caso seja a sua preferência — como uma camada adicional de proteção da própria Microsoft.

O Security Center apresentará cinco grandes grupos de ações de proteção: “vírus e proteção contra ameaças” dará acesso ao Defender propriamente dito, ou ao antivírus que você preferir instalar na máquina. Em “performance do dispositivo”, você encontrará informações sobre drivers, saúde de bateria e atualizações de software e sistema que forem necessários.

O vídeo abaixo dá uma ideia de como o novo Windows Defender Security Center vai funcionar:












“Firewall e proteção de rede”, claro, referem-se às políticas de segurança relacionadas ao computador e redes de Internet. Se você usar um aplicativo de terceiros para regular esse tipo de coisa, ele será usado em lugar das funções nativas do Windows.

“Aplicativos e navegadores” monitoram ameaças escondidas em aplicativos e sites de origem questionável. Por fim, as funções de controle de acesso para pais ficam resguardadas em “Opções de família”.

Aplicativo do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no seu celular

Via Microsoft, Engadget

Como baixar vídeos no Windows 10? Troque dicas no Fórum do TechTudo. 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares