Navegadores

17/03/2017 07h00 - Atualizado em 17/03/2017 07h00

Chrome 57 economiza energia e pausa atualização de aba secundárias

Felipe Alencar
por
Para o TechTudo

Chrome tem fama de consumir muita energia, memória RAM e processamento dos computadores.  Esse cenário, porém, está mudando aos poucos. A última versão do navegador da Google, o Chrome 57, trouxe melhorias significativas que ajudam a reduzir o consumo de energia, fazendo as baterias de notebooks durarem um pouco mais, mesmo navegando muito.

Como excluir URL do autocompletar de Chrome, Firefox e Internet Explorer

A versão 57 do Chrome passa a pausar o carregamento de abas em segundo plano, em caso de alto consumo de energia. A mudança afeta, em especial, páginas de redes sociais e de portais de notícias, que costumam usar temporizadores em JavaScript que atualizam constantemente o conteúdo. Isso faz com que as abas usem mais ciclos de CPU do que o necessário, o que acaba gerando um gasto de energia desnecessário. Agora, as abas vão carregar quando necessário.

Nova versão do Google Chrome reduz o consumo de bateria (Foto: Melissa Cruz/TechTudo)Nova versão do Google Chrome reduz o consumo de bateria (Foto: Melissa Cruz/TechTudo)

Desta forma, abas em segundo plano que necessitem de muitos recursos do processador serão limitadas a apenas 1% de CPU. A economia de energia resultante tem um efeito colateral, porém. A partir de então, as páginas em segundo plano não serão atualizadas sozinhas. No entanto, basta o usuário clicar nela para que volte a ter prioridade na cadeia de processamento de tarefas.

Não serão afetadas páginas que estejam reproduzindo áudio ou usando WebSockets ou WebRTC — que é um tipo de protocolo de conexões em tempo real. De acordo com a Google, o Chrome 57 reduziu em 25% a atividade das abas secundárias. O objetivo da companhia é fazer com que todas as abas em segundo plano sejam suspensas. Mas isso ficará para futuras atualizações do navegador.

Segundo alguns testes feitos pela gigante de buscas, na versão anterior, o Google Chrome durou apenas 4h19min reproduzindo um vídeo da Netflix. Já depois da atualização, o mesmo notebook conseguiu uma autonomia de 6h03min, aumento de 1h44min.

Via Chromium Blog