Sistemas Operacionais

30/03/2017 07h00 - Atualizado em 30/03/2017 07h00

'Maioria dos PCs está em risco por software desatualizado' diz Avast

Melissa Cruz Cossetti
por
da Redação

O Avast PC Trends Report Q1 de 2017, baseado no levantamento de dados feito pelo AVG TuneUp, afirma que sistema operacional desatualizado e sem suporte é um dos grandes motivos para que a maioria dos computadores esteja em risco. De acordo com a fabricante de antivírus, o Windows XP não está morto e segue instalado em cerca de 6% dos computadores analisados pela pesquisa. Cerca de 6,5 milhões de usuários na base amostrada pela Avast! ainda o usam, embora a própria Microsoft tenha interrompido o suporte há três anos. O velho Windows 7 é outro problema. De longe, ainda é o sistema operacional mais comum, rodando em 48% dos usuários, seguido pelo Windows 10, que é usado por 30%.

Avast tem 'ferramentas de descriptografia' de ransomwares famosos

Os dados são anônimos e relativos a milhões de usuários de desktops e laptops relativos ao Q1 — de janeiro a março. A amostra base é de mais de 116 milhões de usuários espalhados por todo o mundo.

Baixe o Windows 10 novamente pelo app Baixe o Windows 10 (Foto: Melissa Cruz / TechTudo) (Foto: Baixe o Windows 10 novamente pelo app Baixe o Windows 10 (Foto: Melissa Cruz / TechTudo))Windows 10 teve oferta gratuita por um ano; após isso é preciso comprar a licença (Foto: Melissa Cruz / TechTudo)


Uso global do Windows

O Windows XP ainda está instalado em 6,5 milhões de PCs, pouco mais de 5% da amostra base. O sistema operacional tem 16 anos de desenvolvimento (2001) e o suporte foi interrompido há quase três anos pela Microsoft. Ou seja, não há atualizações de segurança significativas ou correção de bugs.

Já o Windows Vista, com dez anos de lançamento (2007), persiste, em 2% dos PCs checados. Ambos, Windows XP e Windows Vista, seguem reduzindo seu total de usuários, caminhando para o zero. Ainda que algumas pessoas estejam usando os dois sistemas operacionais, são os que menos preocupam.

O Windows 7, porém, segue em uma parcela enorme de computadores: 48,35%. Seu suporte de tecnologia e segurança foi encerrado há três anos e deve ser substituído por versões mais recentes como Windows 8.1 (10,96%) — o Windows 8 (2,51%) já teve o suporte encerrado — e o mais recente sistema operacional, o Windows 10 (30,46%). Veja o cronograma completo do clico de vida dos softwares da Microsoft (support.microsoft.com/pt-br/help/13853/windows-lifecycle-fact-sheet).

Maioria dos PCs ainda usa Windows 7 e colocam em risco usuários das máquinas (Foto: Divulgação/Avast)Maioria dos PCs ainda usa Windows 7 e colocam em risco usuários das máquinas (Foto: Divulgação/Avast)



"Rodar programas desatualizados deixa os usuários de PC sujeitos a ataques de hackers experientes, que exploram vulnerabilidades fáceis de localizar ou bem conhecidas. A causa de as pessoas usarem software desatualizado pode estar no fato de as atualizações não serem instaladas corretamente, ou ainda porque são adiadas ou esquecidas, mesmo após os avisos", disse Ondrej Vlcek, diretor de tecnologia da Avast. A empresa de segurança recomenda que todos adquiram o hábito de fazer uma verificação periódica nas máquinas, ativem a atualização automática de software e confiram se o seu antivírus está sempre atualizado. Além disso, atualize seu computador para o Windows mais recente

TOP 10 Aplicativos desatualizados mais perigosos

Ainda de acordo com o PC Trends Report 2017 Q1 (de janeiro a março), diferentemente do que é recomendado, por questão de segurança, 52% de usuários da amostra não atualizam seus aplicativos — os dados dizem respeito ao que têm o Automatic Software Updater, do AVG TimeUp, no Windows. Entre os mais vulneráveis, estão os já conhecidos Java e Flash, tão usados no dia a dia. 

1. Java (Runtime 6,7), Oracle Corporation
2. Flash Player (Active X), Adobe Systems
3. Foxit Reader, Foxit Software
4. GOM Player, Gretech
5. Nitro Pro, Nitro Software
6. WinZip, Corel Corporation
7. DivX, DivX LLC
8. Adobe Shockwave Player, Adobe Systems
9. 7-Zip, Igor Pavlov
10. Firefox, Mozilla

O maior problema é que as pessoas estão expondo seus PCs e dados pessoais a riscos, pois o malware se destina a versões mais antigas de software para explorar vulnerabilidades que já foram corrigidas em versões novas — porém não foram instaladas nas máquinas dos usuários. Sendo assim, além da proteção de um antivírus, é ideal estar atento aos updates de todos os programas. 

No topo da lista está o Java, com mais de 24 milhões de pessoas executando versões desatualizadas do Java Runtime 6 e Java Runtime 7. Outros 26 milhões de usuários já utilizam o Java 8, a última versão, porém mais de 70% deles não instalaram o pacote de atualização mais recente (121). Em seguida, está Adobe Flash Player (ActiveX), o Foxit Reader e mais sete importantes aplicativos. 

*Colaborou Carolina Ochsendorf

Via Avast

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares