Jogos de aventura

NOTA tt
8.3

Review Danganronpa: Trigger Happy Havoc

Danganronpa: Trigger Happy Havoc traz para o ocidente um jogo do gênero visual novel muito famoso no Japão. Com diálogos bem construídos, enredo profundo e personagens peculiares Danganronpa consegue manter o clima de tensão durante todo o jogo.

Silas Tailer
por
em

Danganronpa: Trigger Happy Havoc é um jogo de aventura em uma visual novel (novela visual) totalmente interativa. Lançada originalmente no Japão para o PSP, o jogo ficou tão popular que foram criadas versões de manga e anime, e, posteriormente, lançadas versões para iOS e Android. Com uma história bem escrita, diversos personagens interessantes e um ótimo sistema de julgamento, similar ao encontrado na série Phoenix Wright, Danganronpa: Trigger Happy Havoc finalmente ganhou uma versão para o ocidente, totalmente reformulado para incorporar as funcionalidades do PS Vita. Veja a análise completa:

Confira a análise de Phoenix Wright: Ace Attorney – Dual Destinies

Capa oficial de Danganronpa: Trigger Happy Havoc. (Foto: Divuldação)Danganronpa: Trigger Happy Havoc. (Foto: Divulgação)


Enredo

No jogo você assume Makoto Naegi um aluno do colegial que foi convidado pela prestigiosa escola particular Hope’s Peak Academy. Essa escola apenas admite os mais talentosos estudantes, conhecidos como “ultimate” por serem o melhor em suas áreas de atuação, temos o melhor jogador de baseball, a melhor nadadora e até o melhor escritor de fanfics. Misteriosamente, Makoto que é apenas um aluno comum que ganhou sua vaga através de um sorteio se tornando o mais sortudo aluno.

Ansioso, Makoto, chega uma hora antes da apresentação e decide dar uma olhada pela escola que está deserta. Após entrar em uma das salas de aula ele caí em sono profundo, ao acordar, ele se sente confuso com o fato das janelas terem sido substituídas por placas de metal intransponíveis e a nova câmera localizada no centro da sala. O alto-falante então anuncia que todos os alunos devem ser apresentar ao auditório imediatamente e, ao chegar no local, conhecemos todos os novos colegas.

Tudo parecia relativamente normal para o primeiro dia de aula, até que um estranho urso, chamado Monokuma, se apresenta para eles e anuncia que todos estão trancados até a formatura, formatura essa que para o sádico urso representa o último aluno a sair com vida. Contudo, além de cometer o crime, os alunos tem de criar álibis e forjar evidências que sejam incontestáveis ou do contrário serão eliminados.

Diálogos com Monokuma podem ser incrivelmente irritantes. (Foto: Reprodução)Diálogos com Monokuma podem ser incrivelmente irritantes. (Foto: Reprodução)

Danganronpa: Trigger Happy Havoc é um jogo que captura a essência de dilemas morais e tensões psicológicas encontradas em outras obras como o filme Jogos Vorazes e o mangá Battle Royale. Nunca se sabe quando iremos esbarrar em um corpo e ter de lidar com personagens que estão dispostos a tirar a vida de seus colegas em troca da liberdade. Durante o game você estará sempre se perguntando quem será o próximo e por vezes se sentindo incapaz de fazer qualquer coisa.

Jogabilidade

Trigger Happy Havoc é basicamente dividido em seis capítulos, cada um leva em torno de três horas para ser completado, neles você será obrigado a percorrer a escola, explorar e conversar com seus colegas. Eventualmente, um assassinato irá ocorrer e você terá um pequeno período para investigar o caso e descobrir o responsável durante o julgamento.

A exploração pela Hope’s Peak Academy é gradual e a cada julgamento completado com sucesso uma nova área se tornará disponível. Cada nova área possui mistérios e objetos que devem ser encontrados, mas não se preocupe você não será obrigado a percorrer toda vez o caminho todo em primeira pessoa, pois o jogo possuí um sistema de viagem rápida.

A exploranção de salas em Danganronpa são feitas em primeira pessoa. (Foto: Divulgação)A exploração de salas em Danganronpa são feitas em primeira pessoa. (Foto: Divulgação)

O game também recompensa a exploração dos cenários, fornecendo moedas de ouro, com a face de nosso “amigável” urso, que podem ser utilizadas na loja da escola para adquirir presentes. Pois, durante todo o jogo, você é encorajado utilizar seu tempo livre para conversar com vários personagens para aprender mais sobre eles e, eventualmente, se tornar amigos e esses presentes são algumas das formas de criar relações.

Contudo, em Danganronpa os assassinatos são repentinos, brutais e carregando consigo terríveis consequências, uma vez que a ênfase do jogo são os relacionamentos interpessoais. Portanto, utilize bem o tempo livre com pessoas que ainda estejam vivas.

Você deve colher evidências e remontar a cena de um crime em Trigger Happy Havoc. (Foto: Divulgação)Você deve colher evidências e remontar a cena de um crime em Trigger Happy Havoc. (Foto: Divulgação)

Mas, não se engane pensando que o desenvolvimento de personagem, exploração e investigações sejam os únicos elementos divertidos, diria mais, o que torna Trigger Happy Havoc realmente divertido é o seu sistema de julgamento.

Quando saímos do altíssimo volume de diálogos para a resolução de casos como os encontrados em Phoenix Wright é que o jogo realmente brilha, nesses julgamento não a defesa ou acusação, todos são suspeitos e, gradativamente, vamos afunilando até que haja alguns poucos suspeitos. E, diferente de Ace Attorney, os casos dão reviravoltas e fogem do óbvio.

Os julgamentos são desafiadores e exigem o máximo de suas deduções. (Foto: Divulgação)Os julgamentos são desafiadores e exigem o máximo de suas deduções. (Foto: Divulgação)


Gráficos

Danganronpa agrada visualmente por seu visual tipicamente japonês ao estilo mangá, com cenas animadas, ambientes bem desenvolvidos e personagens que parecem recortes animados colocados em um planos de fundo 3D. Infelizmente, apesar de estarmos lidando com assassinatos brutais, as ilustrações nem sempre combinam com a brutalidade exigida, chegando ao ponto de trocar a cor do sangue para rosa.

Tornando claras as intenções por parte da desenvolvedora Spike Chunsoft de amenizar a classificação dada pela ESBR (responsável pela classificação etária de jogos) com intuito de atingir um publico maior, algo que sacrificou o impacto visual e não obtendo o resultado esperando, uma vez que, o jogo acabou sendo classificado como M (Mature) devido a seu tema pesado e polemico de envolver adolescentes e mortes. Essa contradição no design infelizmente retira o jogador da imersão necessária nas cenas mais brutais.

Personagens 2D bem desenhados inseridos em belos ambientes 3D no jogo Danganronpa: Trigger Happy Havoc. (Foto: Divulgação)Personagens 2D bem desenhados inseridos em belos ambientes 3D (Foto: Divulgação)


Efeitos sonoros

O som é um elemento essencial neste tipo de jogo, pois ele é responsável por trazer tensão e a imersão necessária para cada momento do jogo e Danganronpa: Trigger Happy Havoc consegue atingir a excelência nesse quesito. Com faixas musicais obscuras e opressivas, o game faz com que o jogador se sinta tenso e preocupado com o que está ocorrendo. Além disso, a dublagem é adequada e a vozes soam bem em cada personagens, algumas são irritantes propositalmente e a possibilidade de troca entre as os idiomas inglês e japonês é bem vinda.

Conclusão

Danganronpa: Trigger Happy Havoc é uma ótima fusão de visual novel com elementos de investigação. O seu humor peculiar, excelente enredo e personagens interessantes cativam e prendem a atenção do jogador. Durante o jogo você se sentirá constantemente perturbado pela seriedade da trama, tenso pelas pesadas e obscuras músicas e fascinado pelos belos gráficos no estilo mangá. Contudo, os amantes de ação frenética e jogos dinâmicos devem se manter longe desse jogo, pois a base desse jogo é o dialogo intenso.


Quais os jogos do tipo Visual Novels você recomendaria
? Comente no Fórum do TechTudo.

Nota TechTudo

NOTA tt
8.3
Gráficos
8
Jogabilidade
8
Diversão
9
Som
8

Prós

  • - Trilha sonora encaixa perfeitamente no jogo.
  • - Enredo complexo e profundo.

Contras

  • - Tela de toque poderia ser melhor utilizada.
  • - Contradição gráfica com o tema abordado.
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares