Jogos de ação

NOTA tt
6.5

Review Dead Rising Remastered

Confira as impressões do clássico game de zumbi no PS4, Xbox One e PC

Victor Alcaíde Teixeira
por
em

Dead Rising Remastered é a versão aprimorada do jogo de ação da Capcom. Originalmente lançado para Xbox 360 e disponível para Xbox One, PS4 e PC, o título conta com melhorias sutis na parte gráfica, mas é essencialmente o mesmo da estreia, em 2006, em termos de conteúdo. Confira as impressões:

PES 2017 e ReCore são os destaques nos lançamentos da semana

A volta dos mortos-vivos

Em Dead Rising, o protagonista é Frank West, um jornalista cuja tarefa é investigar a disseminação de um misterioso vírus no vale arborizado de Willamette, no Colorado, onde há uma pequena cidade. Em meio ao caos, West tem apenas 72 horas para ajudar os sobreviventes do local enquanto procura pistas relacionadas à infecção.

Dead Rising: confira as impressões da nova versão (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)Dead Rising: confira as impressões da nova versão (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)

Ambicioso em sua época, Dead Rising conta com um mapa aberto que, embora não seja extenso como o de Dead Rising 3, ao menos garante boas horas de diversão com dezenas de atividades secundárias e inúmeras hordas de zumbis a serem exterminadas. O maior atrativo é, sem dúvidas, a possibilidade de usar praticamente qualquer objeto do cenário para eliminar os mortos-vivos.

Apesar de continuar divertido, Dead Rising comprova que certas mecânicas envelheceram mal. O sistema de mira, por exemplo, impossibilita andar e atirar ao mesmo tempo – além de ter uma trava de mira pouco precisa  –, o que torna os confrontos com armas de fogo extremamente entediantes.  Em muitos momentos, a maior batalha é, de fato, contra controles obsoletos.

Os menus, assim como a interface, também foram mantidos. Isso significa que temos um padrão visual pouco agradável que acaba denunciando a idade do game. O mapa também não ajuda, já que indica de forma pouco amigável as raras localidades para salvar o jogo. Aliás, o sistema de salvamento, um dos grandes problemas da versão original, permaneceu intacto.

Dead Rising: combate continua sendo um dos pontos altos (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)Dead Rising: combate continua sendo um dos pontos altos (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)

Isso porque há poucos pontos de salvamento e o título não explica direito como alcançá-los. Quem se aventurar pela primeira vez certamente terá bastante dificuldade em lidar com os poucos e confusos checkpoints  – e morrer, ao menos no início da jogatina, é algo inevitável. Há uma grande diferença entre ser desafiador e frustrante. Dead Rising, no caso, se enquadra na segunda opção.

Na parte técnica, sim, há melhorias, como um visual menos borrado em comparação à versão original e um desempenho mais estável, visto que quedas de frames eram constantes quando muitos zumbis pipocavam na tela. Rodando em 1080p e a 60 frames por segundo em todas as plataformas, a fluidez na jogabilidade é sentida logo nos primeiros minutos.

Quem tem os melhores exclusivos: Xbox One ou PS4? Comente no Fórum do TechTudo.

Dead Rising roda a 1080p e 60 fps nas plataformas da atual geração (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)Dead Rising roda a 1080p e 60 fps nas plataformas da atual geração (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)

Conclusão

Não há como negar que Dead Rising continua divertido mesmo depois de dez anos do lançamento oficial. No entanto, os problemas originais não foram corrigidos. Problemas em mecânicas de jogo que, nos dias de hoje, são inaceitáveis.

Em vez de tentar reestruturar os aspectos que envelheceram mal, a Capcom apenas adaptou o título à geração atual. Como Dead Rising pouco se modernizou, é altamente recomendável procurar games mais atuais com temática zumbi ou aguardar a nova jornada de Frank West programada para chegar em dezembro deste ano.

Nota TechTudo

NOTA tt
6.5
Gráficos
6
Jogabilidade
7
Diversão
7
Som
6

Prós

  • Grande variedade de armas e itens
  • História atiça a curiosidade
  • Desempenho melhorado

Contras

  • Sistema de salvamento frustrante
  • Certas mecânicas envelheceram mal
  • Interface pouco convidativa
  • Mapa problemático
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares