Jogos de RPG

NOTA tt
9.0

Review Final Fantasy 14 A Realm Reborn

Apesar de apostar em formato online, game de RPG decepciona ao ser bem completo e divertido.

Felipe Vinha
por
em

Final Fantasy 14: A Realm Reborn é uma nova versão do jogo original, chamado apenas de Final Fantasy 14 Online, que chegou a ser considerado um completo fracasso. O título, disponível para PS3 e PC, não decepcionou em seu relançamento e atendeu às expectativas dos fãs. Acompanhe nossa análise e conheça mais sobre este RPG online.

final fantasy 14 -  a realm reborn (Foto: Divulgação)Final Fantasy 14: A Realm Reborn (Foto: Divulgação)

 

Um mundo literalmente renascido

A Realm Reborn é um nome bem apropriado para o game, já que ele foi refeito do zero e isso já é sentido em seus primeiros minutos. Não apenas o sistema de game, mas também sua história, personagens e funcionamento. Mesmo aqueles que estavam em níveis avançados na versão anterior aqui retornam do zero, totalmente renovados.

E assim recomeça também a história de Eorzea, onde se passa a aventura. Com direito a personagens zerados e uma nova mitologia, o jogador aos poucos se envolve na ação e no drama vivido por este mundo. Ao chegar com seu herói em uma cidade, vindo do nada, ele precisa dar tudo de si para ser reconhecido como alguém de valor.

Final Fantasy 14 A Realm Reborn (Foto: Divulgação)Final Fantasy 14: A Realm Reborn (Foto: Divulgação)

O sistema de criação de personagens é bem feito e completo. Mesmo no PS3, com os comandos totalmente voltados para o joystick, é possível se achar e não ficar perdido em meio a menus confusos. O jogo não desaponta neste passo inicial e é bem completo em tudo, desde opções de raças a classes iniciais, passando por configuração de aparência.

A introdução também cumpre bem seu papel, com uma história narrada em terceira pessoa e cenas de tirar o fôlego, preparando o terreno para o que o jogador deve enfrentar ao longo das próximas horas – e elas serão muitas. Como um verdadeiro MMORPG, Final Fantasy 14: A Realm Reborn tem muito conteúdo.

Missões, missões e mais missões

Como em todo jogo do gênero, a evolução dos personagens fica por conta das missões a serem realizadas e dos níveis avançados. Aqui os níveis de experiências estão de volta (lembra que eles sumiram em Final Fantasy 13?), então a progressão é natural. A cada nível, novas habilidades e mais novidades são destravadas, mas há algumas surpresas.

A primeira delas é a possibilidade de avançar de nível com cada classe disponível no jogo e outras que podem ser habilitadas. Ao contrário de outros RPGs online, não é necessário criar diversos personagens para testar outras classes de heróis. Aqui você pode simplesmente decidir que cansou de ser guerreiro e mudar de profissão, passando a ser mago ou arqueiro. É claro que isso vai zerar o nível daquela profissão escolhida, mas o da anterior se mantém.

Final Fantasy 14 A Realm Reborn (Foto: Divulgação)Final Fantasy 14: A Realm Reborn (Foto: Divulgação)

Este tipo de mudança apenas soma na personalidade de A Realm Reborn, que se esforça para ser um MMORPG diferente dos demais, ainda que siga algumas tendências de sucesso – como as próprias missões. Felizmente o sistema de classes funciona muito bem, lembrando o clássico Final Fantasy Tactics em alguns momentos – afinal, muitas profissões exigem diversos níveis em outras e por aí vai, justamente como você aprendeu no PlayStation 1.

Na verdade, muita coisa em A Realm Reborn parece ter se inspirado em jogos anteriores da série. Elementos que vão desde o sistema de classes a até algumas magias, elementos, matérias e por aí vai. No geral, o jogo arrisca tentar agradar bastante quem é fã de longa data, ainda que possa ser aproveitado por quem curte há pouco tempo.

Final Fantasy 14 A Realm Reborn (Foto: Divulgação)Final Fantasy 14: A Realm Reborn (Foto: Divulgação)

Jogabilidade adequada

Não vamos mentir, a jogabilidade de Final Fantasy 14: A Realm Reborn caiu como uma luva ao game. Tudo está muito bem encaixado tanto no PC, quanto no PS3. Jogar em qualquer uma das plataformas é uma experiência gratificante, o que é ainda mais impressionante para os usuários de console.

Cabe registrar que tudo funciona bem no controle DualShock 3, e mesmo a versão de PC é totalmente compatível com um controle de Xbox 360 plugado no computador. Os comandos são naturais, menus podem ser facilmente acessados e os ataques são ativados de forma fácil, rápida e precisa, como uma luta exige.

Final Fantasy 14 A Realm Reborn (Foto: Divulgação)Final Fantasy 14 A Realm Reborn (Foto: Divulgação)

Esse tipo de adaptação é jogada de mestre da Square Enix, já que o jogo pode ser aproveitado nas duas plataformas com apenas uma conta. Infelizmente você precisará comprá-lo duas vezes, uma no PC e outra no PS3, para jogar com os dois, mas a mensalidade posterior ao primeiro mês – US$ 15 a cada 30 dias – vale para as duas plataformas simultaneamente. Um belo ponto positivo.

Além disso, todos os personagens, lista de amigos e históricos ficam salvos tanto no PC quanto no PS3, pelo servidor online da produtora. Isso se dá por conta do jogo ser exclusivamente online, é claro, mas há uma vantagem nisso tudo.

Gráficos dignos de um Final Fantasy

A Realm Reborn tem gráficos dignos de ser chamado um legítimo representante da saga Final Fantasy. Com direito a efeitos de cair o queixo, monstros caprichados e magias com muitos elementos especiais, o jogo não faz feio, apesar da versão de PS3 perder um pouquinho – só um pouquinho – do título no PC.

Outro ponto que se destaca bastante são as cidades. Algumas, no início, são bem pequenas, mas logo depois isso muda exponencialmente. O jogador logo se depara com megalópoles, recheadas de personagens, seja de outros jogadores ou do computador, mas o que importa aqui é o visual. Uma rápida busca na Internet revela, para quem não tem o jogo, o quanto ele é realmente bonito em seus ambientes, algo que é difícil em um MMO, em muitos casos.


Para você, qual é o melhor RPG da atual geração de consoles? Opine no Fórum do TechTudo.

Nota TechTudo

NOTA tt
9.0
Gráficos
10
Jogabilidade
9
Diversão
9
Som
9

Prós

  • - Conteúdo caprichado
  • - Homenagens
  • - Bons controles
  • - Gráficos belíssimos
  • - Crossplataforma

Contras

  • - Mensalidade
  • - Sem 'cross buy'
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Joaquim José
    2013-11-12T18:26:08  

    Mas que chamada é essa, "Apesar de apostar em formato online, game de RPG decepciona ao ser bem completo e divertido." Decepciona por ser completo e divertido? Decepciona quem, masoquistas?

    recentes

    populares

    • Joaquim José
      2013-11-12T18:26:08  

      Creio eu que faltou um não antes do decepciona

    recentes

    populares

    • Joaquim José
      2013-11-12T18:26:08  

      Eu acho que o carinha que fez o review não jogou como eu joguei "isso"

  • Jaime Ribeiro
    2014-02-20T10:02:30

    Quanto realmente vai custar por mes esse jogo para PC?

  • Murilo Souza
    2013-12-05T16:45:58

    Que saudade do FF VII .