Celular

NOTA tt
7.6

Review Samsung Galaxy J5 Pro

Celular da Samsung tem ficha técnica com câmera de 13 megapixels e acabamento em metal. Confira o review completo do Samsung Galaxy J5 Pro (2017).

Bruno De Blasi
por
em

O Samsung Galaxy J5 Pro desembarcou no Brasil como opção de celular barato, cujo preço varia entre R$ 800 e R$ 1.100. O smartphone traz ficha técnica mediana, assim como os demais modelos da família J, que figuram entre os mais vendidos do país. O telefone vem chamando a atenção do público por causa do valor cobrado, o que lhe proporciona excelente custo-benefício. O telefone está à venda em duas cores: preto e dourado.

O J5 Pro tem acabamento mais sofisticado – em metal – e câmera de 13 megapixels, além de flash frontal. Nós testamos o smartphone da Samsung por um mês. Confira, nas linhas a seguir, o resultado deste experimento no review completo.

Galaxy J5 Pro [marca] (Foto: Bruno De Blasi/TechTudo)Galaxy J5 Pro: confira a análise completa do celular da Samsung (Foto: Bruno De Blasi/TechTudo)


Desempenho: Galaxy J5 Pro tem 2 GB de RAM

Embora o Galaxy J5 Pro traga memória RAM de apenas 2 GB, o uso é fluido e agradável. Com poucos travamentos, o smartphone apresentou bons resultados com aplicativos de redes sociais (Facebook, Instagram, WhatsApp e Twitter), produtividade e streaming (Netflix e Spotify), bem como em jogos mais leves (Angry Birds). Mesmo os momentos de eventual engasgo não se tornaram um grande problema.

Convém lembrar que o bom desempenho atual não é garantido para o futuro. É bem comum ver celulares Android que ficam mais lentos com o passar do tempo, conforme chegam atualizações de sistema e novas ferramentas desembarcam nos aplicativos mais populares. Sendo assim, seria desejável que o J5 Pro tivesse pelo menos 3 GB de RAM para estar preparado para o futuro próximo.

A ficha técnica inclui armazenamento de 32 GB. A má notícia é que apenas 24,3 GB estão disponíveis para o usuário salvar arquivos, o que pode não ser suficiente para todas as pessoas. Nos nossos testes, instalamos por volta de 30 apps, baixamos fotos/vídeos, e ainda assim sobraram 10 GB. O smartphone suporta cartão microSD de até 256 GB.

Bateria: celular fica longe da tomada por 17 horas

Outro ponto positivo do Galaxy J5 Pro é a bateria. A capacidade de 3.000 mAh, mesma vista no Galaxy S9, é bem generosa para um smartphone com especificações intermediárias. Isto significa que o consumo de energia é bem mais baixo se comparado a um smartphone premium, o que garante mais tempo fora da tomada.

Galaxy J5 Pro [marca] (Foto: Bruno De Blasi/TechTudo)Celular tem entrada microUSB; bateria é recarregada em 2h10 (Foto: Bruno De Blasi/TechTudo)

O celular aguentou as tarefas do dia a dia, utilizando moderadamente aplicativos de redes sociais, email, produtividade e ouvindo música por, pelo menos, uma hora por dia. Foi preciso cerca de 17 horas para zerar a bateria.

Em momentos de pouco uso, a autonomia se mostrou ainda melhor, durando cerca de dois dias inteiros. Além disso, embora a bateria seja grande, a recarga também não é lenta, precisando de 2h10 para alcançar os 100%. 

Câmera

O material de divulgação do Galaxy J5 Pro destaca as câmeras com 13 megapixels. Pena que a qualidade das imagens não seja das melhores.

A câmera frontal apresenta boa abertura (f/1.9), o que garante mais entrada de luz, mas os resultados são razoáveis. Além da lentidão durante o uso em ambientes de baixa luminosidade, as fotos têm pouca nitidez. De noite, o ruído fica evidente e a lentidão para focar pode atrapalhar, mesmo utilizando o flash – que poderia ser mais fraco.

Galaxy J5 Pro [marca] (Foto: Bruno De Blasi/TechTudo)Câmera para selfie traz resultados insatisfatórios, mesmo usando o flash frontal (esquerda) (Foto: Bruno De Blasi/TechTudo)

Outro ponto negativo está no Foco de Selfie, que promete entregar retratos como aqueles que o iPhone ajudou a popularizar no mundo dos smartphones, em que o protagonista aparece em destaque e o fundo fica desfocado. Entretanto, o desfoque do fundo é feito por meio de software, e, em todas as tentativas, borrou também o que estava em cena. Dessa forma, o recurso tornou-se dispensável, tendo em vista que a estética não é agradável. 

A câmera principal se destaca em ambientes iluminados. Ela captura imagens nítidas e com boa saturação de cores para smartphones intermediários, que chega a impressionar em alguns momentos. Dá para brincar com a profundidade de campo, visto que a abertura (f/1.7) pode desfocar o fundo com facilidade.

Galaxy J5 Pro [marca] (Foto: Bruno De Blasi/TechTudo)Câmera traseira apresenta bons resultados em ambientes claros (Foto: Bruno De Blasi/TechTudo)

O desempenho é razoável durante a noite. A abertura de lente até ajuda, mas o sensor deixa a desejar, aplicando ruídos e deixando as cores sem vida. Tudo isso é esperado de um celular mais conta, mas é preciso levar em consideração na hora de bater o martelo sobre o próximo smartphone – principalmente pelos apaixonados por fotografia.

Galaxy J5 Pro [marca] (Foto: Bruno De Blasi/TechTudo)Fotos noturnas não estão entre os pontos fortes do Galaxy J5 Pro (Foto: Bruno De Blasi/TechTudo)


Por fim, o Galaxy J5 Pro filma em Full HD (1080p) a 30 quadros por segundo. Constatamos que os vídeos têm boa iluminação e boa resolução nos dois sensores, com destaque para a câmera frontal. O som ficou limpo mesmo em ambientes com barulhos externos.

Sistema Android 7 com recursos exclusivos da Samsung

Diferentemente da Motorola  e seu Android "puro", a Samsung traz diversas alterações no sistema por meio da interface própria chamada de Samsung Experience (antiga TouchWiz). O Android 7 (Nougat)da marca traz ferramentas que estão presentes em celulares premium, dando um ótimo atrativo ao smartphone. Entre os destaques estão o Dual Messenger e Pasta Segura, e também os aplicativos do pacote Microsoft Office, que vêm instalados de fábrica.

O Dual Messenger permite usar dois mensageiros ao mesmo tempo. Dessa forma, é possível abrir duas contas do WhatsApp, Facebook Messenger e Skype no mesmo celular. O recurso é útil para quem tem duas linhas de telefone, uma vez que o Galaxy J5 Pro é dual chip.

De início, o WhatsApp apresentou lentidão com duas linhas no mesmo dispositivo, mas com o tempo, o uso se normalizou. O mesmo aconteceu com o Facebook Messenger e o Skype.

A Pasta Segura é voltada para quem procura privacidade. Você pode guardar – com proteção extra – fotos, eventos de calendário, contatos, contas de email, anotações, arquivos, e até adicionar aplicativos que ficarão restritos e escondidos nesse espaço. O acesso é feito com senha ou biometria. Os arquivos passam pela criptografia do Knox, solução de segurança criada pelos sul-coreanos.

Galaxy J5 Pro [marca] (Foto: Bruno De Blasi/TechTudo)Galaxy J5 Pro traz inúmeras modificações no sistema operacional (Foto: Bruno De Blasi/TechTudo)

A Samsung também disponibiliza o Game Launcher para quem gosta de jogos. A ferramenta não apenas agrupa os seus jogos em um aplicativo, garantindo fácil acesso e organização, como também oferece meios para melhorar a experiência. O usuário tem como silenciar as notificações enquanto joga e ou dedicar mais hardware à execução dos títulos.

A Samsung oferece ferramentas de manutenção, como um acesso fácil ao relatório de uso de memória RAM e armazenamento, entre outros parâmetros importantes. O smartphone chega a alertar caso um aplicativo esteja usando mais recursos do que o esperado. Cabe ao usuário, com um toque, limpar processos que estejam travando o celular, a fim de restaurar a velocidade de processamento do J5 Pro.

Há muitas outras modificações da Samsung no sistema, como um poderoso modo economia de energia; o navegador Samsung Internet; e a carteira virtual Samsung Pay, que também marca presença em modelos premium; a central de saúde Samsung Health; e o backup online Samsung Cloud.

Ele vai escorregar da sua mão

O Samsung Galaxy J5 Pro é construído todo em metal, com direito a botões físicos macios e fáceis de serem distinguidos. O mesmo não pode ser dito dos botões sensíveis ao toque na base da tela, que por vezes são acionados incorretamente.

A caixa de som fica na lateral direita, um pouco acima do botão de bloqueio, o que impede que o som seja tapado facilmente, e o microfone fica na parte inferior, ao lado da entrada para carregador. Os chips de telefonia e o cartão de memória são inseridos pela gaveta também na lateral.

Galaxy J5 Pro [marca] (Foto: Bruno De Blasi/TechTudo)Galaxy J5 Pro: caixa de som fica na lateral direita do celular (Foto: Bruno De Blasi/TechTudo)


Nós testamos o telefone durante um mês inteiro. Neste período, somente um pequeno arranhão apareceu na parte de trás. Embora a pegada seja agradável, o J5 Pro tende a escapar facilmente das mãos. Além de desestimular o uso enquanto o usuário estiver deitado, também pode ser uma boa adquirir uma capinha protetora.

A tela de 5,2 polegadas se destaca pelas cores vivas e pela imagem bastante nítida, o que em parte se deve ao painel Super AMOLED. A resolução não é das melhores: apenas HD (1280 x 720 pixels), enquanto outros smartphones da mesma categoria – tome o Moto G5S como exemplo – exibem conteúdo em Full HD (1920 x 1080 pixels), em que o nível de detalhes é maior.

Galaxy J5 Pro [marca] (Foto: Bruno De Blasi/TechTudo)Tela do Galaxy J5 Pro tem cores vivas e imagem nítida (Foto: Bruno De Blasi/TechTudo)

Recursos e acessórios

O Galaxy J5 Pro é um celular simples e que não apresenta muitos recursos, com exceção das adições de software mencionadas acima. Além delas, resta o leitor de impressões digitais, que, assim como em outros smartphones da linha J e o Galaxy S7, está presente no botão Home do celular.

Galaxy J5 Pro [marca] (Foto: Bruno De Blasi/TechTudo)Galaxy J5 conta com leitor de digitais no botão home, como no Galaxy S7 (Foto: Bruno De Blasi/TechTudo)

É possível configurar até três impressões digitais, que permitem desbloquear a tela do celular e outros aplicativos que tenham acesso ao recurso no Android. A identidade é verificada em menos de dois segundos, num processo que se mostrou bastante preciso.

A caixa traz o estritamente necessário. A Samsung inclui apenas um carregador, um cabo microUSB com tomada e um fone de ouvido com som mediano e que não traz muito conforto durante o uso. Há uma ferramenta para remover o chip e cartão de memória, essencial para abrir as gavetas na lateral do celular. 

Vale a pena comprar o Galaxy J5 Pro?

O Galaxy J5 Pro se mostrou um telefone com desempenho bastante eficiente. O smartphone tem tudo para agradar os usuários que utilizam redes sociais e procuram uma dose a mais de potência em outras tarefas. Além disso, embora a câmera frontal tenha ressalvas no quesito qualidade, os resultados também são interessantes para quem gosta de tirar fotos e procura gastar pouco.

Desta forma, o celular o atende bem a esse público, especialmente quando todos esses recursos podem ser utilizados com uma bateria que garante quase um dia inteiro de uso moderado. O preço também é um ótimo atrativo, variando de R$ 800 a R$ 1.100.

Porém, é importante avisar: embora o metal seja uma boa construção, ele também é escorregadio. Isto quer dizer que não se deve dispensar o uso de capas para dar mais aderência ao telefone.

A Samsung brasileira nos confirmou que o Galaxy J5 Pro receberá a atualização para o Android O. "A Samsung segue um calendário de atualização e assim que possível disponibilizará a todos", disse a empresa, sem citar datas.

Ficha técnica – Samsung Galaxy J5 Pro (SM-J530GZKRZTO)

— Tamanho da tela: 5,2 polegadas
— Resolução da tela: HD (1280 x 720 pixels)
— Painel da tela: Super AMOLED
— Câmera principal: 13 MP (f/1.7)
— Câmera frontal (selfie): 13 MP (f/1.9) com flash
— Sistema: Android 7 Nougat
— Processador: Exynos 7870 Octa-core de até 1,6 GHz
— Memória RAM: 2 GB
— Armazenamento (memória interna): 32 GB
— Cartão microSD: compatível (até 256 GB)
— Capacidade da bateria: 3.000 mAh
— Dual SIM: sim (comercialmente chamado de Samsung Duos)
— Telefonia: LTE
— Peso: 160 gramas
— Cores: preto e dourado
— Preço de lançamento: R$ 1.099 (loja oficial)
— Preço atual: R$ 800 (varejo online)

Nota TechTudo

NOTA tt
7.6
Design
7
Desempenho
8
Tela
9
Câmera
7
Custo-benefí­cio
7

Prós

  • Bateria com autonomia de 17 horas
  • Desempenho eficiente
  • Câmera capta bastante luz

Contras

  • Câmera frontal decepciona na nitidez de fotos
  • Material escorregadio
  • Pouca memória RAM
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Thiago Bahls
    2018-04-18T14:22:32  

    Nessa faixa de preço consegue ótimos celulares chineses, com ficha técnica muito superior

    recentes

    populares

    • Thiago Bahls
      2018-04-18T14:22:32  

      Com certeza!