Câmera

NOTA tt
8.5

Review GoPro Hero5 Session

Modelo é a evolução natural da Hero4 Session e agora traz suporte a gravação de vídeos estabilizados em 4K, arquivos de fotos no formato RAW e comandos por voz

João Gabriel Balbi
por
em

A GoPro Hero5 Session é uma das menores câmeras de ação do mercado. O modelo é o sucessor da Hero4 Session e continua com o mesmo tamanho da sua irmã mais velha. Medindo apenas 3,5cm x 3,5cm x 3,5cm, a câmera captura belas imagens e tem resistência à água sem a necessidade de case de proteção.

Karma, drone da GoPro, aposta na simplicidade para atrair público

A Hero5 Session teve uma grande melhoria com relação à Hero4 Session, que só fazia vídeos em Full HD e 2K. Graças a atualização do sensor, agora a Hero5 oferece captura de vídeos estabilizados em 4K 30p e fotos com resolução de até 10 megapixels.

Ficou afim de saber tudo sobre a 'pequena notável' da GoPro? Confira nosso review e descubra se a menor action cam da GoPro cumpre o que promete.

A GoPro Hero4 Session (esquerda) praticamente tem o mesmo design da Hero5 Session (direita)  (Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo)A GoPro Hero4 Session (esquerda) praticamente tem o mesmo design da Hero5 Session (direita) (Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo)

Design

O design da Hero5 Session não mudou muito comparado ao da Hero4 Session, permitindo que as duas câmeras compartilhem todos os acessórios. A câmera de 87 gramas tem o design na forma de um cubo, medindo 3,5cm de altura, largura e comprimento. Ela se integra facilmente aos ambientes, ficando quase imperceptível para quem não está muito familiarizado. Mais uma vez, a câmera oferece resistência à água sem a necessidade de case, a uma profundidade máxima de 10 metros; o que é muito conveniente.

A GoPro Hero5 Session é a prova d'água sem a necessidade de case (Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo)A GoPro Hero5 Session é a prova d'água sem a necessidade de case (Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo)

Com controles super simplificados e ausência de tela sensível ao toque, a câmera não é uma das mais fáceis de utilizar.  Ela continua tendo apenas dois botões - responsáveis por executar todos os seus comandos - e uma pequena tela na parte superior, onde é possível acompanhar as informações de uso. No primeiro momento, o usuário pode se atrapalhar um pouco durante a operação, pois para determinadas funções, é necessário combinar os dois botões. O botão pequeno serve para configurar o dispositivo e ativar/desativar o Wi-Fi; o botão maior, liga e desliga o aparelho e também funciona para selecionar o modo de captura. Com um toque rápido no botão grande, a câmera começa imediatamente a gravar vídeos. Pressionando o botão por três segundos, a câmera tira fotos sequenciais a cada cinco segundos - para timelapse.

Aplicativo do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no seu celular

Detalhe da entrada para cartão micro SD e conexão tipo USB-C  (Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo)Detalhe da entrada para cartão micro SD e conexão tipo USB-C (Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo)



Na lateral há uma pequena porta blindada contra água e poeira, que guarda a entrada para cartão microSD (que estranhamente entra na posição diagonal) e uma conexão USB tipo C, para carregamento e conexão de dados. Ela também é compatível com o drone e gimbal Karma, da própria GoPro.

Desempenho

GoPro Hero5 Session faz vídeos bem estáveis (Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo)GoPro Hero5 Session faz vídeos bem estáveis (Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo)

A Hero 5 Session deu um importante salto na qualidade das imagens quando comparada com a Hero4 Session. Agora, a pequenina é capaz de gravar vídeos muito bem estabilizados (eletronicamente) e com resolução máxima de 3840 × 2160 pixels (4K) a 30 quadros por segundo, além das definições padrão de 1440p60 e 1080p90. O usuário ainda tem à disposição três novos modos de visão: Linear, Superview e Narrow. Na prática, os modos de visão determinam a abertura angular da lente, o que deixará sua imagem com um aspecto variando entre super grande angular - imagem com um ângulo de visão muito amplo - e tele objetiva - imagem com um ângulo de visão mais fechado.

Comparativo com os três novos modos de imagem, presentes na GoPro Hero5 Session (Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo)Comparativo com os três novos modos de imagem, presentes na GoPro Hero5 Session: Linear (esq.), Superview (centro) e Narrow (dir.) (Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo)


Nas fotos, não houve aumento em megapixel, mas segundo a fabricante, a Hero5 Session é capaz de captar mais luz e, por consequência, gerar imagens mais definidas. Agora, também é possível fazer fotos no formato RAW, no qual os arquivos das imagens não são compactados, entregando fotos com mais detalhes para o fotógrafo poder manipular. Já o aumento da resolução dos vídeos é o grande trunfo da Hero5 Session.

Com resolução 4K, os vídeos podem ser 'cropados', ou seja; o usuário que quiser editar as imagens terá mais resolução e qualidade para poder ampliar, cortar e aplicar efeitos digitais, por exemplo. Em ambientes pouco iluminados, as imagens naturalmente sofrem com o ruído gerado pelo necessidade da câmera em aumentar o ISO, mas o software do aparelho trabalha para tentar reduzir o ruído - que nem sempre é eficaz.

Conectividade

A câmera vem com conexões Wi-Fi e Bluetooth, além da entrada USB-C. Outro destaque da Hero5 Session é a integração com o GoPro Plus, serviço da fabricante para armazenamento dos arquivos na nuvem disponível para Android e iOS. Quando conectada à rede Wi-Fi, a câmera faz o upload automático das imagens para um servidor; criando uma cópia de segurança dos arquivos e eliminando o risco do cinegrafista perder seu material.

A Hero5 Session não possui tela para visualização das imagens, conta apenas com um pequeno painel que exibe informações da câmera  (Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo)A Hero5 Session não possui tela para visualização das imagens, conta apenas com um pequeno painel que exibe informações da câmera (Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo)

A sincronização automática também acontece quando a câmera é pareada com o smartphone através do aplicativo, facilitando a visualização e compartilhamento das imagens, visto que a Hero5 Session não possui visor LCD para isto. O aplicativo também permite que o usuário controle todas as funções da câmera, já que ela possui apenas dois botões. Durante o uso, tanto do app para smartphone quanto do upload para a nuvem, a câmera esquentou muito, a ponto de ficar desconfortável segurá-la. Este super-aquecimento é um problema recorrente, já que ocorre também na Hero4 Session.

Bateria

A Hero5 Session mantém o design compacto em forma de cubo (Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo)Para manter o design da câmera compacto, a GoPro manteve a bateria interna; sem possibilidade de remoção. (Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo)

Por ser super compacta, a  Hero5 Session também não conta com bateria removível. Isto pode ser um empecilho, pois a longo prazo, a tendência é que a bateria perca sua capacidade de armazenar energia e para substituí-la, será necessário ir até uma assistência técnica. A bateria tem a mesma capacidade da Hero4 Session e em nossos testes, durou uma média de 2 horas de uso intenso.

Para carregá-la por completo, foi preciso mais de 4 horas. Um problema recorrente, é esquecer a câmera ligada sem querer, o que por várias vezes drenou a carga a ponto de não ser possível utilizá-la. Este esquecimento, também se deve ao fato da Hero5 Session possuir apenas dois botões para todos os seus comandos. Para desligar a câmera, por exemplo, é preciso apertar uma sequência do botão pequeno até aparecer a mensagem 'Turn off' e, em seguida, apertar o botão grande.

Confira nosso review da GoPro Hero5 Balck

Comandos de voz

Por conta dos controles super simplificados, operar a Hero5 Session também não é uma tarefa das mais simples. Na tentativa de resolver este problema, a GoPro implementou nos novos modelos da série Hero5 os comandos de voz. Na teoria, basta você dizer algum dos comandos programados que a câmera executará, mas na prática ocorre um pouco diferente. Durante os testes, a câmera teve dificuldade em 'escutar' os comandos ao ar livre, por conta do ruído ambiente.

Já em ambientes internos, o recurso funcionou corretamente. Tentando amenizar este problema, a fabricante lançou o Remo, uma espécie de microfone que se prende com um clip na lapela do usuário e serve para facilitar o entendimento dos comandos. Por enquanto, a câmera obedece apenas comandos específicos em inglês como 'GoPro take a photo' (GoPro, tire uma foto) e outros nove comandos, como ligar ou desligar a câmera. 

Com cores bem equilibradas, as fotos da Hero5 Session são bem definidas (Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo)Com cores saturadas, as fotos da Hero5 Session são bastante definidas (Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo)













Conclusão

Vendida no Brasil pelo preço sugerido de R$1.899, a GoPro Hero5 Session mostrou a que veio: a possibilidade de gravar vídeos estabilizados em 4K 30p e fotos em RAW são o grande trunfo da action cam, quando comparada à sua irmã mais velha. O recurso de comandos por voz ainda tem muito o que melhorar, mas já é um avanço importante, considerando que a Hero4 Session não conta com nada parecido e também é controlada somente por dois botões. Seu design super compacto a prova d'água, também conta pontos a favor e o conjunto faz desta pequenina, uma das melhores GoPro já fabricadas. 

- Confira o vídeo do TechTudo com as primeiras impressões da GoPro Hero5 Session:



Qual é o melhor drone para comprar no Brasil? Descubra no Fórum do TechTudo.


Nota TechTudo

NOTA tt
8.5
Qualidade da Imagem
9
Peso/Tamanho
10
Funcionalidades
8
Custo-benefício
8

Prós

  • Design pequeno e discreto
  • Captura vídeo estabilizado em 4K
  • Novos modos de campo de visão

Contras

  • Bateria não removível
  • Poucos botões podem confundir o usuário
  • Comandos de voz apenas em inglês
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares