Jogos de ação

NOTA tt
9.8

Review InFamous Second Son

Infamous: Second Son traz um enredo fantástico em um game totalmente em português para o PlayStation 4. Confira a análise completa!

Thiago Barros
por
em

inFamous: Second Son é uma grata surpresa da Sucker Punch e da Sony para aqueles usuários que apostaram no PlayStation 4 mesmo com uma baixa oferta de exclusivos à época do seu lançamento. Após quatro meses do console no mercado, o jogo vem para dar um aperitivo de que muita coisa pode estar por vir. Desde o enredo com o carismático protagonista Delsin em meio a uma cidade em claro conflito político até o seu visual e a jogabilidade, que explora muito bem o touchpad do PS4, o novo jogo da famosa série inFamous faz jus à saga. Confira o review completo abaixo.

Infamous: Second Son imagens mostram o mapa gigante do game

inFamous: Second Son é uma surpresa excelente para o PS4 (Foto: Divulgação)inFamous: Second Son é uma surpresa excelente para o PS4 (Foto: Divulgação)




Enredo envolvente e protagonista carismático

Apesar de ter um novo personagem principal, inFamous: Second Son possui uma relação direta com série que o antecedeu e os eventos deste novo game ocorrem sete anos após o desfecho de inFamous 2. Os condutores seguem sendo vistos como ameaça aos EUA, mesmo após Cole, protagonista dos dois primeiros jogos, ter derrotado o vilão Besta.

Novo protagonista é um jovem revolucionário (Foto: Thiago Barros/TechTudo)Novo protagonista é um jovem revolucionário (Foto: Thiago Barros/TechTudo)

Desta vez, no lugar do maduro e guerreiro Cole, o jovem Delsin é a estrela do game, cujo enredo tem uma grande motivação política. Ele é um típico jovem revoltado com como os políticos atuam no seu país, que acaba se tornando um condutor por acidente. Com isso, acaba tornando-se um alvo da repressão local.

O Departamento de Proteção Unificada (DUP) é responsável por vigiar as cidades, uma vez que precisa-se identificar e prender os condutores, chamados de bioterroristas pelo governo. O objetivo de Delsin é superar as barreiras, entrar em Seattle, cidade base dos repressores, e tentar atacar o sistema por dentro.

Sistema de escolher entre ser bom e mau e continua (Foto: Thiago Barros/TechTudo)Sistema de escolher entre ser bom e mau e continua (Foto: Thiago Barros/TechTudo)

Assim como nos outros games da série, existe a tradicional dualidade do jogador, pois é possível escolher ser “bonzinho” ou “vilão” de acordo com as suas ações no game. Isso acaba sendo fundamental para como o enredo vai se desenvolver e torna-se um convite para que você acabe zerando a história duas vezes para acompanhar os diferentes fins.

Tradições mantidas, mas com várias novidades

Para realizar estas missões, Delsin tem a seu dispor poderes especiais que são muito semelhantes aos de Cole nos outros games da franquia, em termos de como o gamer deve controlá-los e de utilização de “elementos naturais” para criá-los. Quem já sabe o estilo de inFamous vai se acostumar rapidamente.

Seattle é palco principal do game (Foto: Thiago Barros/TechTudo)Seattle é palco principal do game (Foto: Thiago Barros/TechTudo)

Mas há algumas novidades em meio ao tradicional sistema de pulos, vôos, soltar uma magia com a mão, etc. Delsin tem correntes que dão golpes parecidos com o que faz Kratos em God of War, quando o usuário aperta o quadrado. Além disso, é preciso que se utilize o touchpad do joystick do PS4 para realizar algumas tarefas.

A movimentação de Delsin é bem tradicional para os padrões da série, assim como os combates. A maioria dos inimigos reage da mesma forma, mas há soldados, soldados modificados para serem condutores, condutores e muito mais. O sistema de recuperar energia rapidamente facilita a não ser derrotado, mas é preciso ter inteligência e astúcia.

Delsin tem que evitar os opressores (Foto: Thiago Barros/TechTudo)Delsin tem que evitar os opressores (Foto: Thiago Barros/TechTudo)

No geral, a jogabilidade é bem interessante, especialmente para quem já jogou algum dos antecessores de inFamous: Second Son. Quem não jogou também pode se adaptar bem rápido. E uma notícia excelente para os brasileiros é que o jogo está disponível com áudio e legendas em português, tornando-o ainda de mais simples compreensão.

Visual agrada, ausência de multiplayer decepciona

Os gráficos do game também foram muito bem trabalhados pela Sucker Punch. Ele não chega a surpreender, deixar boquiaberto, mas apresenta uma ótima qualidade tanto nos cenários como em personagens. As luzes de neon e os elementos de fogo e de fumaça, que são cruciais no game, são os grandes destaques em termos visuais.

Animações são bonitas (Foto: Thiago Barros/TechTudo)Animações são bonitas (Foto: Thiago Barros/TechTudo)

Porém, nem tudo é perfeito em inFamous: Second Son. Se o modo história é bonito, tem uma trama envolvente e uma jogabilidade agradável, o que dizer do multiplayer? Nada. O jogo não possui, em plena era da PlayStation Network e dos grandes hits com os modos competitivos e cooperativos, opção de se jogar com outros jogadores.

Há muitas luzes em inFamous: Second Son (Foto: Thiago Barros/TechTudo)Há muitas luzes em inFamous: Second Son (Foto: Thiago Barros/TechTudo)

O jogo é longo, o mapa é grande, há sidequests e tudo isso ajuda a não deixá-lo ser uma experiência repetitiva, até porque há muitas decisões que afetam bastante o rumo que as coisas tomam, mas um multiplayer seria uma cereja do bolo, que acabou não sendo feita. É uma pena, pois inFamous: Second Son teria um potencial interessante para isso.

Conclusão

inFamous: Second Son é um golaço da Sucker Punch e da Sony. Após Killzone: Shadow Fall, o PlayStation 4 ganha mais um exclusivo de qualidade no novo jogo da série inFamous. Envolvente, bonito e agradável de jogar, ele só peca pela ausência do multiplayer, mas compensa com um modo história rico e desafiador. Vale conferir!


Que tipo de herói você será em InFamous: Second Son?
Comente no Fórum do TechTudo.

Nota TechTudo

NOTA tt
9.8
Gráficos
10
Jogabilidade
10
Diversão
9
Som
10

Prós

  • - Em português
  • - Enredo interessante
  • - Protagonista carismático
  • - Objetivos variados
  • - Ótima jogabilidade

Contras

  • - Somente um modo de jogo
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Urubu Rei
    2014-11-18T02:58:09  

    Os tópicos são gráficos, jogabilidade, diversão e som? Cadê o game design, que é o mais importante no jogo? Esse game é repetitivo demais, você basicamente faz a mesma coisa de novo e de novo e assiste cutscenes, até ver os créditos finais. As sidequests são piores ainda. Você não sabe é como analisar um jogo, Thiago. Por que existe nota pra diversão? Quais são os critérios pra se analisar isso? SRN!!

    recentes

    populares

    • Urubu Rei
      2014-11-18T02:58:09  

      Falo o especialista em games

  • Danilo Silva
    2014-12-19T13:07:19

    Censuraram meu comentário. Só porque critiquei os editores do Techtudo?

  • Urubu Rei
    2014-11-18T03:02:47

    Protagonista carismático só se você tiver 15 anos, né. SRN!!

  • Thiago Carvalho
    2014-03-26T23:12:55

    bom tenho xbox one e vou comprar o ps4 depois que vi este jogo, muito bom animação muito boa gráfico show, de bola.. e o principal.. 60 horas de jogo, mais pra fazer tudo chega até 200 horas de jogo. show.. gostei, muito

  • Muitocorintiano
    2014-03-26T00:59:35  

    Forza>>>>Gran turismo, Gear of war>>>>>God of war, State of decay>>>>The last of us, Halo>>>>>Uncharted, Plants vs zombie>>>>litle big planet....

    recentes

    populares

    • Muitocorintiano
      2014-03-26T00:59:35  

      Deixe de ser fanboy cara, não se pode comparar God of War com Gears of War, são completamente diferentes, State of Decay comparar com The Last of US deve ser por que vc nunca jogou, e Uncharted então, comparações toscas. Detalhe é que tenho os dois consoles e muitos dos jogos citados a cima, duvidas? entre nos meus gamertags aí, hebertmau, Xbox, hebertmaubr1, PS3. Amo o Xbox, até mais que o PS3, mas os exclusivos de PS3 dão um coro nos do Caixa X, mas vai muito de gosto de cada um e não se pode comparar, são diferentes, assim como as pessoas e seus gostos! Entendeu ou preciso desenhar?!

  • Rafael Silva
    2014-03-26T07:15:02

    essa analise não faz o menor sentido, tão 9,8 para o jogo. Questionam os gráficos que não são perfeitos, simples para a geração atual e dão nota 10. Questionam a ausência de um multiplayer e ainda assim a nota é 9,8.

  • Guilherme Cruz
    2014-03-25T09:01:14

    O jogo parece mesmo estar muito bom, enredo, protagonista carismatico, dublagem boa e nova geração! Agora sim ps4