NOTA tt
9.4

Review Nexus 4

O Nexus 4 é um celular incrível. Com um design bonito e desempenho impecável, ele disputa de igual para igual com os tops de linha atuais. A falta de entrada para cartão microSD e a fragilidade, porém, podem afastar alguns compradores.

Isadora Díaz
por
em

Neste review do Nexus 4, você será apresentado ao primeiro smartphone fruto da parceria entre Google e LG, que desembarcou em março no Brasil. Chegando por R$ 1.699, o Nexus 4 combina Android puro e um hardware potente. Trata-se de uma ótima opção para quem deseja um top de linha e busca um preço mais acessível.

Nexus 4, o smartphone top de linha do Google (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)Nexus 4, o smartphone top de linha do Google (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)

O Nexus 4 é o top de linha assinado pelo Google, e isso rende a ele algumas vantagens claras. A primeira é possuir o que chamamos de Android puro. Basicamente, todas as fabricantes personalizam o Android para adaptá-lo aos seus aparelhos. Isso afeta tanto visual quanto funcionalidades, o que faz com que o sistema operacional tenha uma cara diferente em cada aparelho.

O celular é representante máximo de tudo o que o Google planejou para o Android. E, como filho preferido, é o primeiro a ganhar as atualizações do Android no mercado e ainda recebe suporte por um tempo razoável, se comparado com o restante do mercado. Por exemplo, o Nexus S, que na linha sucessória seria o Nexus 2, foi lançado em 2010 e recebeu a atualização para o Jelly Bean. Algo semelhante é esperado para o Nexus 4.

Rodando atualmente o Android 4.2.2, o Nexus 4 é a escolha certa os que não abrem mão de ter um celular sempre atualizado.

Design

Vamos falar de... design! Neste quesito, fica difícil tecer críticas à LG ou ao Google. O Nexus 4 é certamente um dos aparelhos mais bonitos à venda no mercado. O revestimento em vidro, presente tanto na parte frontal e quanto na traseira, dá um toque de elegância inegável. Contribuem para isso a ausência de botões físicos na frente, já tradicional na linha Nexus, e o fato de, diferente de seus antecessores, não permitir a remoção da tampa traseira, fazendo dele quase um smartphone de corpo inteiriço.

Vale destacar o efeito da traseira. Diferente do que sugerem as imagens de divulgação, os "quadradinhos brilhantes" do Nexus 4 são bem discretos. Eles surgem dependendo do ângulo de incidência da luz, e às vezes sequer podem ser notados. O efeito é o toque final de um design nota dez.

Traseira do Nexus 4 garante um design nota dez (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)Traseira do Nexus 4 garante um design nota dez (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)

O aparelho fica na média dos smartphones top de linha em relação ao tamanho. Com as dimensões de 133,9 x 68,7 x 9,1 mm e 139 g, o Nexus 4 não é o smartphone mais leve nem o mais fino do mercado.

O celular do Google adota o padrão microSIM, cuja entrada fica na lateral do aparelho. Além dela, apenas outras duas entradas perturbam o design minimalista do Nexus: a entrada para fone de ouvido e a para o cabo USB. Fora isso, temos apenas o botão do volume e o do bloqueio de tela. E, neste caso, vale a máxima do menos é mais.

Entrada para cartão microSIM na lateral do Nexus 4 (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)Entrada para cartão microSIM na lateral do Nexus 4 (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)


Display

O display de 4,7 polegadas ocupa boa parte do corpo do aparelho. Mas vale lembrar que nem tudo é tela "útil", digamos assim. Como o Nexus 4 não se vale de botões físicos, os tradicionais botões do Google ficam no próprio display, fixos no canto inferior da tela. Por isso, essas 4,7 polegadas, no fim das contas, não são aproveitadas como em smartphones Android com botões físicos, ao estilo do Galaxy S3, por exemplo. Isso, porém, não deve ser um fator decisivo na hora da compra: ainda há muita tela para se aproveitar no Nexus 4, com ou sem faixa fixa.

Botões fixos do Android no touchscreen do Nexus 4 (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)Botões fixos do Android no touchscreen do Nexus 4 (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)

A resolução de 768 x 1280 pixels (densidade de 318 ppi) ainda garante uma boa definição, apesar de o aparelho estar atrás da concorrência E, embora tenha o Nexus recebido críticas pelas "cores lavadas" assim que foi lançado internacionalmente, em outubro de 2012, não o notamos em nossos testes; pelo contrário, a definição das cores, inclusive do preto, se mostrou bastante boa.

Desempenho

O Nexus 4 é equipado com um processador Qualcomm quad-core de 1,5 GHz. Por isso, se você quer um smartphone para jogos em HD ou mesmo rodar aplicativos pesados... Vá em frente. O Nexus aguenta o tranco sem travamentos e sem engasgos.

Testamos e versão de 16 GB de armazenamento interno, a única a chegar ao Brasil, ao menos por enquanto. Este, aliás, é o mais gritante dos pontos fracos do Nexus. Isso porque o aparelho não tem entrada para cartão SD, o que faz com que a memória limite-se ao armazenamento interno. Não é lá uma surpresa, uma vez que a linha Nexus saiu em esquema parecido nos últimos anos, mas não deixa de ser um problema.

As versões de 8 GB e de 16 GB, que são as lançadas pelo Google internacionalmente, parecem atar as mãos do usuários que quer tirar o máximo proveito do seu aparelho. Claro, sempre podemos recorrer ao armazenamento na nuvem, mas uma versão de 32 GB não cairia nada mal.

Câmera  

A câmera principal do Nexus 4 não é lá a melhor do mundo, mas faz um bom trabalho. São 8 megapixels de resolução, que rendem excelentes fotografias em ambientes externos, com boa iluminação, e razoáveis em ambientes internos. O flash LED também dá conta do recado e a capacidade de fazer filmagens em Full HD (1080p) é outro ponto positivo.

Câmera do Nexus 4 tem 8 megapixels de resolução (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)Câmera do Nexus 4 tem 8 megapixels de resolução (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)

O Android 4.2.2 ainda acrescenta ao pacote um autofoco de excelente qualidade, possibilidade de tirar fotografias panorâmicas e em 360 graus. Além disso, os ajustes de exposição e de balanço de branco dão espaço para os usuários mais exigentes garantirem bons cliques.

Conexões  

Em relação às conexões, o Nexus 4 peca por não ser compatível com a rede 4G. De resto, ele não deixa a desejar se comparado aos seus principais concorrentes. Os praticamente obrigatórios Bluetooth 4.0, Wi-Fi e GPS estão presentes, com o extra do NFC.

Fragilidade  

Embora bonito e bem acabado, o Nexus 4 tem muito vidro. Vidro na parte traseira e vidro na dianteira. E vidro quebra. Por mais que trata-se de um Corning Gorilla Glass 2, o usuário que optar pelo smartphone do Google terá que ter cuidado redobrado. Apesar de ser resistente a riscos, não parece seguro deixá-lo cair. O smartphone muito provavelmente sobreviverá a queda - o que não significa que o mesmo acontecerá com o vidro.

Nexus 4 e seu revestimento de vidro (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)Nexus 4 e seu revestimento de vidro (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)


Bateria

A bateria do Nexus 4 tem capacidade de 2.100 mAh e costuma durar pouco mais de um dia com uso moderado. Nada mal para um top de linha, especialmente um com processador e tela que consomem tanta energia. Uma desvantagem, que reflete o próprio design do aparelho, é ela não poder ser removida.

Tela 4,7 polegadas 
Processador Quad-core 1,5 GHz Qualcomm 
RAM 2 GB 
Conexões Wi-Fi, 3G Bluetooth, NFC 
Armazenamento 16 GB 
Câmera 8 megapixels 
Flash Sim
Dimensões  133,9 x 68,7 x 9,1 mm
Peso 139 g
Bateria Li-Ion 2.100 mAh 


Nota TechTudo

NOTA tt
9.4
Design
10
Desempenho
10
Tela
9
Câmera
8
Custo-benefí­cio
10

Prós

  • Ótimo desempenho;
  • Belo design;
  • Android atualizado.

Contras

  • Frágil;
  • Não tem 4G;
  • Não aceita cartão microSD.
Seja o primeiro a comentar


Imagem do usuário
Sair

Quer realmente sair da globo.com?

Imagem do usuário

recentes

populares

  • Renato Clemente
    2014-01-16T14:05:33

    Parabéns pela descrição!

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário