Jogos de aventura

NOTA tt
6.3

Review Loading Human

O futuro tem seu preço. Às vezes não estamos preparados para ele

Felipe Vinha
por
em

Loading Human é mais um título que chega ao PlayStation VR, acessório de realidade virtual do PS4, prometendo uma narrativa caprichada e um jogo de ficção científica de primeira qualidade. A história final não é bem assim e, apesar de algumas qualidades, ele falha em ser um dos grandes games do aparelho. Confira nossa análise completa:

Óculos de realidade virtual: tudo que você precisa saber antes de comprar

Narrativa ao máximo

Loading Human é um jogo estranho, mas no mau sentido. Sua história começa acordando com seu personagem no quarto, anos no futuro, com nosso personagem central – Prometheus. Após começar mais um dia em sua vida, e interagir com alguns objetos, você é convocado pelo seu pai, que é um renomado cientista, que precisa de sua ajuda em um estudo importante.

Loading Human (Foto: Divulgação/Untold Games)Loading Human (Foto: Divulgação/Untold Games)

A partir daí, a história de Loading Human nos apresenta novos fatos de forma um pouco bagunçada e solta, de acordo com os diálogos que temos com os personagens controlados pelo computador. Não há uma apresentação prévia de como é este mundo futurista onde vivemos e nem mesmo quem são seus personagens, aliados ou não.

Porém, há qualidade aqui: Loading Human é um adventure, no estilo de “apontar e clicar”. No lugar do ponteiro do mouse, as mãos do jogador, que pode usar o controle DualShock 4 ou dois PlayStation Move – estes últimos, bem mais recomendados que o controle padrão, no caso deste jogo.

Loading Human tem história que se desenvolve aos poucos (Foto: Divulgação/Untold Games)Loading Human tem história que se desenvolve aos poucos (Foto: Divulgação/Untold Games)

Por mais que a história de Loading Human não empolgue, o jogo tem boas sacadas, a começar pelos personagens. Eles reagem em tempo real com o que o jogador faz em cena, seja, por exemplo, acariciando seu rosto, ou batendo em algum lugar. Os NPCs, personagens controlados pelo computador, representam muito bem as emoções humanas.

Todos os objetos no cenário também são interativos e se comportam de formas diferentes de acordo com o que o jogador faz com eles. É possível verificar uma estante de livros, por exemplo, ou movimentar um quadro para ajustar seu lugar na parede.

Loading Human tem cenários interativos (Foto: Divulgação/Untold Games)Loading Human tem cenários interativos (Foto: Divulgação/Untold Games)

Contudo, toda essa simulação tem seu preço. A movimentação de Prometheus é extremamente atrapalhada. Ao jogar com o PS Move, parece que estamos controlando um boneco inanimado, com as mãos sempre para a frente e com física questionável. Chega a ser ridículo de tão atrapalhado.

O jogo tenta compensar não apenas com a interação geral com o cenário, mas também com os gráficos, que estão até bonitos para um jogo de VR de “primeira geração”. Ainda que não seja, nem de perto, um dos mais belos já lançados no PS4.

Uma das poucas personagens de Loading Human (Foto: Divulgação/Untold Games)Uma das poucas personagens de Loading Human (Foto: Divulgação/Untold Games)

Já a jogabilidade geral, além de controles atrapalhados e física questionável, pode ter outros problemas para jogadores mais exigentes, a exemplo da ausência de um botão para correr, combinada à exagerada quantidade de distância que andamos para completar algumas das missões.

E por falar em missões, nem todas são claras, enquanto outras são pouco inspiradas e "vazias", como simplesmente preparar a cama para dormir. Tudo bem que o game tenta simular a vida de uma pessoa da forma mais real possível, mas isso pode quebrar o "game design" de uma forma que assuste jogadores.

Loading Human tem belos cenários e gráficos (Foto: Divulgação/Untold Games)Loading Human tem belos cenários e gráficos (Foto: Divulgação/Untold Games)

Conclusão

Loading Human talvez não seja a melhor opção para começar a jogar com seu PS VR. O game tem pontos interessantes, como ser um “adventure de apontar e clicar”, mas com controle total sobre seu personagem. Os gráficos são de qualidade e a simulação permite interação completa com cenários e personagens, mas o game tem missões "vazias" e problemas graves nos controles e na física.

Qual a sua opinião sobre o Oculus Rift? Opine no Fórum do TechTudo!

Nota TechTudo

NOTA tt
6.3
Gráficos
8
Jogabilidade
5
Diversão
5
Som
7

Prós

  • Bons gráficos para o PS VR
  • Interação total com os cenários
  • Pontos interessantes da história

Contras

  • Controles terríveis e difíceis de acostumar
  • Missões um pouco vazias
  • Física do personagem bem atrapalhada
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares