Notebook

NOTA tt
9.0

Review MacBook Air 2010

Todo o anúncio da Apple agita a comunidade tecnológica mundial, mesmo aqueles que não estão tão ansiosos pelas novidades que chegam de Cupertino. Com o lançamento da nova linha de notebooks MacBook Air não poderia ser diferente.

Gino Olivato
por
em

Todo o anúncio da Apple agita a comunidade tecnológica mundial, mesmo aqueles que não estão tão ansiosos pelas novidades que chegam de Cupertino. Com o lançamento da nova linha de notebooks MacBook Air não poderia ser diferente. Em seu último evento, Steve Jobs apresentou o MacBook Air de 11 e 13 polegadas, e assim o mundo conheceu o menor dispositivo que roda o Mac OS X, e une mobilidade, desempenho, design e uma excelente duração de bateria em um único notebook.

MacBook Air 2010 (Foto: Divulgação)MacBook Air 2010 (Foto: Divulgação)

O que vem na caixa

As novidades já aparecem antes mesmo de ligarmos o produto. Ao abrir a caixa, encontramos a documentação, os tradicionais adesivos da maçã e um pendrive de 8GB com o sistema operacional e o pacote iLife 2011. CDs ou DVDs? Nenhum, o que faz todo o sentido para um notebook que não tem uma unidade óptica.

Design

A Apple é famosa no mundo inteiro por seu design minimalista, e o MacBook Air reforça esta característica. Construído em uma única peça de alumínio (unibody) e pesando apenas 1,06 kg, o notebook tem uma espessura que varia entre 0,3 e 1,7 cm. Diferente de seus irmãos da linha Pro, ele não conta com o botão liga/desliga no case, pois ele agora faz parte do teclado, tudo para economizar espaço.

Para isso também vale até sacrificar o slot SD, presente no MacBook Air 13”, e por isto, para transferir as fotos, ainda será necessário o cabo USB ligado à máquina fotográfica. Ainda bem que o modelo conta com uma porta USB do lado direito e outra do lado esquerdo do teclado; evitando também problemas com conectores grandes, que as vezes encobrem a USB vizinha.

Display

Com 11,6 polegadas e uma resolução de 1366 x 768, o display widescreen brilhante com tecnologia LED-backlit é ótimo para navegar na web, ler emails, escrever textos e até ver filmes com todo o conforto (desde que o filme não seja em Full HD (1080p), pois aí faltará processamento). O MacBook Air também possui uma saída Mini DisplayPort que permite conectar um monitor externo, mas se o usuário não tiver um 27” LED Cinema Display da Apple, vai precisar de um conector para um monitor VGA ou HDMI, vendido separadamente.

Teclado e Trackpad

Quando falamos em mobilidade e tamanho reduzido, sempre fica a dúvida quanto à ergonomia do teclado, como o nosso MacBook Air essa dúvida não pairou, digitar um texto – mesmo que longo – é bastante confortável. O modelo testado tinha teclado europeu, onde o [˜ til] fica ao lado direito do [z] e toda a digitação – inclusive deste review – foi feita de forma bem tranquila. Como não se pode ter tudo na vida, o teclado não é iluminado.

O Trackpad segue o padrão da Apple com a tecnologia multitoque (igual ao display do iPhone), isso significa que é possível utilizar até 4 dedos simultâneos para visualizar todos os programas abertos, ou girar uma foto com dois dedos!

macbook airMacbook Air (Foto: Divulgação)

Desempenho

Depois que você ver um MacBook Air iniciar tudo vai parecer lento, pois 17 segundos após apertar o botão tudo estará pronto para uso esperando pelo usuário. Isto acontece graças ao HD de estado sólido (SSD), que demora apenas 2.9 segundos para abrir o iMovie ou 4.6 para o Excel 2008 (a unidade testada tinha disco de 128GB). Esta velocidade de acesso a disco compensa o processador que não é tão potente e os 2GB de memória, permitindo uma experiência rápida e agradável para quem optou por este “pequeno notável”.

Bateria

Em nossos testes a bateria se comportou bem: quando muito exigida (com intenso tráfego de rede Wi-Fi e mouse Bluetooth) durou mais de 3 horas, e para assistir filmes, ou digitar textos com todos os rádios desligados, durou mais de 5 horas.

Acessórios

Se houver necessidade de conexão a uma rede cabeada, isso só poderá ser feito através de um acessório, o Adaptador USB Ethernet da Apple, que é vendido separadamente. Ele foi utilizado nos testes e não requer nenhuma configuração, basta conectá-lo a USB, plugar o cabo de rede e tudo funcionará perfeitamente. Se o usuário precisar ler seus CDs ou DVDs, também terá que gastar mais um pouco, pois o SuperDrive USB também não acompanha o produto.

Ficha técnica

Tela Widescreen, brillhante de 11,6 polegadas, retroiluminada por LEDs
Resolução máxima 1366 x 768
Sistema operacional Mac OS X (versão 10.6.5)
Processador 1.4 GHz Intel Core 2 Duo
Memória RAM 2 GB 1067 MHz DDR3
Vídeo NVIDIA GeForce 320M 256MB compartilhada
Mídia ótica Não tem. Opção: MacBook Air SuperDrive USB vendido separadamente
Armazenamento 128 GB SSD
Webcam Sim
Conectividade Wi-Fi IEEE 802.11a/b/g/n, Bluetooth, duas portas USB, saída para fone de ouvido, microfone integrado, auto-falantes estéreo
Dimensões Altura: 0,3 à 1,7 cm
Largura: 29,95 cm
Comprimento: 19,2 cm

Nota TechTudo

NOTA tt
9.0
Design
10
Funcionalidades
8
Desempenho
8
Custo-benefício
7

Prós

  • * Design leve e ergonômico.
  • * Display com boa resolução.
  • * Duas portas USB.
  • * HD com tecnologia SSD.

Contras

  • * Sem entrada para cartão SD.
  • * Teclado sem iluminação.
  • * Ausência de porta Ethernet.
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares