Jogos de corrida

NOTA tt
8.0

Review Mario Kart 7

Mario Kart 7 continua firme às suas raízes, mas evoluindo a cada jogo para se renovar sempre. O título, para o 3DS, marca um novo show de tecnologia como o primeiro game em 3D estereoscópico da série, além de misturar recursos velhos e novos, e um multiplayer online como a Nintendo nunca fez antes. Mario Kart 7 é uma celebração do sucesso da franquia.

Arthur Figueiredo
por
em

Nome: Mario Kart 7
Gênero: Corrida
Distribuidora: Nintendo
Plataforma: Nintendo 3DS

Mario Kart 7 (Foto: Divulgação)Mario Kart 7 (Foto: Divulgação)

Lançada em 1992, a série Mario Kart se tornou uma franquia própria, derivada das aventuras de plataforma do encanador. Com regras únicas e uma jogabilidade acessível, Super Mario Kart, para o Super Nintendo, criou e popularizou o gênero de corridas de kart, que também vale para jogos de corrida caricatos e cartunescos, nos quais os pilotos podem atirar itens uns nos outros. Com cenários inspirados, principalmente, em Super Mario World, o jogo era um show de tecnologia usando o Mode 7, motor gráfico que permitia a rotação 3D.

Seis jogos e 19 anos depois, Mario Kart 7 continua firme às suas raízes, mas evoluindo a cada jogo para se renovar sempre. O título, para o 3DS, marca um novo show de tecnologia como o primeiro game em 3D estereoscópico da série, além de misturar recursos velhos e novos, e um multiplayer online como a Nintendo nunca fez antes. Mario Kart 7 é uma celebração do sucesso da franquia.

Mario Kart 7 (Foto: Divulgação)Mario Kart 7 (Foto: Divulgação)

Novos modelos, peças originais

Mario Kart 7 traz de volta um conceito só visto anteriormente no Super Mario Kart original: colecionar moedas na pista. Quanto mais moedas pegar, mais rápido você corre. Só é possível acumular 10 moedas por corrida, e se você for atingido por itens e/ou cair para fora da pista, perde algumas delas. Estas moedas têm um propósito maior: abrir novas partes para o seu kart.

Mario Kart 7 (Foto: Divulgação)Mario Kart 7 (Foto: Divulgação)

Games anteriores da série já permitiam escolher seu veículo independentemente do personagem escolhido, mas Mario Kart 7 expande este conceito, possibilitando que o jogador escolha a carroceria e as rodas do seu veículo, mudando seus atributos. Carrocerias quadradas têm menos velocidade, mas são mais estáveis. Rodas com pneus lisos têm mais aderência e aceleração, mas são péssimas fora da estrada. Escolher um kart adequado e tentar prever a dificuldade das pistas que vai enfrentar é fundamental para boas corridas.

Mais uma novidade é que as motos de Mario Kart Wii foram esquecidas, mas o jogo traz dois novos elementos que permitem explorar as pistas como nunca. Agora, após alguns saltos específicos, uma asa-delta se abre automaticamente na parte de trás do kart para que você plane durante vários metros, inclusive encontrando caminhos alternativos em busca de atalhos, itens e moedas. Esta asa também pode ser customizada entra algumas opções destraváveis, para planar por mais tempo e com mais controle.

O segundo é que água não é mais um problema, já que várias pistas trazem áreas inteiras embaixo d’água, como lagos, rios e redes de esgoto. Para elas, uma hélice é ativada também atrás do kart para correr livremente, mas lembre-se que a dirigibilidade é diferente. A comparação com Diddy Kong Racing – que traz aviões e hovercrafts para pilotar, além dos karts – é óbvia, mas a versatilidade destes equipamentos em Mario Kart 7 é muito mais bem explorada.

Mario Kart 7 (Foto: Divulgação)Mario Kart 7 (Foto: Divulgação)

Top Gear

Se Mario Kart Wii foi criado para ser um jogo acessível e casual, Mario Kart 7 é bem hardcore. O jogo não permite mais 12 pilotos na mesma pista, voltando aos oito originais, mas seus erros são punidos mais severamente. Também não existe mais a derrapagem automática, exigindo um controle maior de todos os jogadores sobre as curvas em alta velocidade. O “miniturbo” está de volta, mais uma vez em duas potências. Derrapando um pouco, com o botão R, faíscas azuis saem das rodas. Ao soltar o botão você ganha uma pequena aceleração. Se conseguir ficar na curva mais tempo, a faísca fica laranja e a aceleração é maior quando o botão for solto.

A disposição de botões é a mesma de qualquer outro controle da Nintendo: A e Y aceleram, B freia e engata a marcha à ré, L e X usam itens e R “pula” e derrapa nas curvas. Além disso, o direcional digital ativa a câmera em primeira pessoa – mais uma novidade –, que permite ver o volante e parte do seu kart à altura da pista. Neste modo, é possível usar o giroscópio do portátil e fazer dele o próprio volante do jogo, girando-o para os lados para fazer as curvas.

Tocar a touchscreen muda a sua visão da pista. Não existe mais a câmera para olhar para trás. O problema do layout dos botões está na ergonomia no 3DS, que pode tornar longos períodos de jogo desconfortáveis. Tente ajustar suas mãos e dedos de maneiras diferentes para evitar câimbras. Apoiar os braços sobre as pernas ou uma mesa também ajuda.

Mario Kart 7 (Foto: Divulgação)Mario Kart 7 (Foto: Divulgação)

Bigodes e cascos

Quem se acostumou com as inúmeras opções de pilotos que Mario Kart Wii oferece, pode se decepcionar com este jogo. Alguns personagens queridos dos fãs, como Funky Kong, Birdo, Bowser Jr., os bebês e, principalmente, Waluigi, não estão presentes no jogo. Em seus lugares, a Nintendo decidiu incluir algumas controversas figuras: Metal Mario, Wiggler (a centopeia irritável de Super Mario World), Honey Queen (a abelha gigante de Super Mario Galaxy, agora miniaturizada), Shy Guy e Lakitu. Miis também estão de volta.

As classes de corredores agora não estão mais tão bem divididas como em Mario Kart Wii, que separava por fileiras os leves, médios e pesados. Agora, eles estão misturados e há mais classes: pena (como Toad e Koopa Troopa), leve (Peach e Yoshi), médio (Mario e Luigi), “cruzador” (Donkey Kong) e pesado (Bowser). Cada categoria, é claro, influencia na dirigibilidade de cada veículo. A harmonia entre piloto, carroceria e rodas é muito importante, não somente como uma questão estética (algumas combinações parecem perfeitas para determinados personagens, mas o resultado na pista pode ser desastroso). O modo de tomada de tempo é ideal para fazer estes testes e encontrar a melhor combinação possível.

Por outro lado, você vai precisar confiar no seu veículo para usar e desviar dos vários itens à disposição, que mais uma vez aparecem de acordo com a sua posição. Além dos padrões cascos verdes e vermelhos, bananas, estrelas e cogumelos, o jogo traz três novidades: a Super Folha, que dá ao seu kart o rabo da Tanooki Suit (de Super Mario Bros. 3 e Super Mario 3D Land), protegendo-o de ataques traseiros e acertando os karts próximos com giros. O outro é a clássica Flor de Fogo, que – é claro – atira um limitado número bolas de fogo nos rivais, para frente.

Finalmente, temos o Lucky 7, que coloca nada menos que sete itens em volta do seu kart, e permite que eles sejam usados individualmente. Os sete itens são: casco verde, casco vermelho, banana, bob-omb, estrela, cogumelo comum e blooper (a lula que cospe tinta na tela). A última – e terrível – novidade é que o infame casco azul, que atinge diretamente o primeiro colocado, perdeu suas asas. Agora ele corre pela pista, atingindo também todos no seu caminho. Felizmente, ele ainda possui sua sirene característica.

Mario Kart 7 (Foto: Divulgação)Mario Kart 7 (Foto: Divulgação)

Os sons e as cores do asfalto

Visualmente, Mario Kart 7 é belíssimo, e chama mais atenção do que Mario Kart Wii. A taxa de frames de 60 fps não cai, mesmo durante as partidas online, e com o efeito 3D ligado. As pistas são detalhadas e bem variadas, com diferentes desafios e contextos para cada uma. Mesmo um pouco fora de contexto, fases como Wario’s Shipyard mostram um cemitério de navios e Neo Bowser City é situada em uma cidade futurista, com uma chuva torrencial que vai colocar seus pneus à prova.

Além disso, o jogo traz duas pistas localizadas em diferentes áreas da Wuhu Island, ilha que serve de palco para Wii Fit, Wii Sports Resort e o recente Pilotwings Resort. Espere encontrar esta ilha em outros jogos no futuro. Mario Kart 7 oferece 16 percursos novos e 16 de games anteriores da série, todas com leves modificações para se adequar ao jogo. Estas mudanças foram realizadas com a ajuda dos Retro Studios, responsáveis pela série Metroid Prime e por Donkey Kong Country Returns. Aliás, a pista DK Jungle é uma fantástica reprodução do último jogo do gorila engravatado.

Neste jogo temos algumas pistas de uma única volta, mas divididas em três “seções” com tempos similares. É o caso das pistas em Wuhu e da Rainbow Road (cada Mario Kart tem a sua), que está mais difícil do que nunca e tem até uma parte na Lua! Todas elas apresentam caminhos alternativos, alguns óbvios, outros bem escondidos.

Cada percurso possui sua própria trilha sonora, tipicamente montada com o estilo que a série sempre teve. Faltou também um pouco de ousadia nos temas, mas exigir orquestra para Mario Kart parece absurdo. Todos os sons padronizados, da largada à chegada, estão lá, mas as vozes dos personagens continuam irritantes e limitadas. Felizmente, a animação deles está perfeita, reagindo ao que acontece à volta.

Mario Kart 7 (Foto: Divulgação)Mario Kart 7 (Foto: Divulgação)

Uma carreira de sucesso

Faltou um pouco de variedade, também, para os modos de jogo. O modo Versus, por exemplo, agora só está disponível para o multiplayer. No single player do Mario Kart Wii, por exemplo, era possível criar campeonatos personalizados de vários tamanhos e com regras próprias, permitindo escolher itens ou mesmo desligá-los. O Versus multiplayer de Mario Kart 7 cria salas e organiza corridas localmente entre seus amigos. Mesmo quem tiver o portátil, mas não tiver o cartucho, pode jogar via Download Play, mas só poderá jogar com o Shy Guy (mesma regra de Mario Kart DS) e não poderá customizar seu kart.

O clássico modo Grand Prix está novamente organizado em oito campeonatos, quatro com as novas pistas e quatro com as clássicas. Três níveis de velocidade (e dificuldade) estão disponíveis: 50, 100 e 150 cc. Após ganhar todos os campeonatos, o modo Mirror é destravado, com pistas espelhadas. A categoria 150 cc, notoriamente quebrada em Mario Kart Wii, está mais inteligente agora e será um desafio mais coerente à sua habilidade.

Por outro lado, quem se lembra do excelente modo Battle de Mario Kart 64 vai curtir bastante as batalhas deste jogo, que voltam a ser individuais e com uma jogabilidade mais livre. Ganha quem estourar mais balões dos rivais (cada um começa com três), em um determinado período de tempo, usando os diversos itens do jogo. De maneira similar, temos o Coin Battle, no qual ganha quem acumular mais moedas, pegando na pista e roubando dos oponentes. Em ambos os modos é possível jogar sozinho, e em seis cenários diferentes: três novos e três de games anteriores.

Mario Kart 7 (Foto: Divulgação)Mario Kart 7 (Foto: Divulgação)

Campeão do mundo

Mas o grande trunfo de Mario Kart 7 está mesmo no seu multiplayer online, o melhor e mais bem organizado que a Nintendo já criou até hoje. Rápido, fácil de usar e robusto, o sistema funciona, livre de lag, mesmo sem uma banda larga mais poderosa em casa. O 3DS tem uma conexão wireless eficiente, e é possível encontrar facilmente jogadores de todo o mundo, correr contra amigos com os quais já correu antes, ou cruzou via StreetPass.

O jogo também apresenta o conceito de “comunidades”, nas quais é possível criar regras customizadas específicas para as corridas, como corridas somente com cascos verdes e espelhadas, ou somente com Koopa Troopas, por exemplo. Não são permitidas várias regras diferentes na mesma comunidade, mas dá para criar várias e compartilhar com os amigos e estranhos.

Assim como em Mario Kart Wii, Mario Kart 7 oferece o Mario Kart Channel, que mostra atualizações diárias da atividade online automaticamente, via StreetPass e SpotPass. Através do StreetPass é possível trocar Miis e “ghosts” com os melhores tempos dos Time Trials, e informações sobre suas comunidades. Via SpotPass os jogadores só recebem ghosts e dados sobre comunidades em crescimento.

Além disso, há um ranking mundial baseado em pontos. Se você ganhar de alguém que tem uma pontuação muito superior à sua, você ganha mais pontos. Começando em mil pontos, os jogadores podem (e devem) usar este número como parâmetro-base para avaliar a habilidade dos seus oponentes. Prepare-se para passar incontáveis horas acumulando pontos e recuperando os perdidos contra brasileiros, japoneses, estadunidenses, ingleses, franceses, mexicanos, italianos…

Mario Kart 7 (Foto: Divulgação)Mario Kart 7 (Foto: Divulgação)

Conclusão

Mario Kart 7 é, de fato, a celebração de um gênero único nos videogames. Com uma jogabilidade bem amarrada, muita variedade nas pistas e nos veículos e, principalmente, com um modo online robusto, o jogo é obrigatório para quem tem um 3DS. Mais do que isso, também é para quem procura uma genuína experiência portátil de corrida competitiva, desafiadora e cheia de personalidade, como os smartphones ainda devem demorar para oferecer.

Sim, Waluigi e alguns outros personagens não estão presentes, mas isto não tira o mérito de um jogo que oferece muitas opções de customização, jogabilidade e conectividade. Infelizmente, habilidade ainda não é suficiente para vencer sempre, já que os itens podem ser cruéis e injustos muitas vezes. Mas a vida também é assim. Talvez a mensagem seja esta.

Nota TechTudo

NOTA tt
8.0
Gráficos
8
Jogabilidade
9
Diversão
10
Som
7

Prós

  • - Fluidez nos gráficos
  • - Customização
  • - Jogabilidade excelente
  • - Online robusto e sem lag
  • - Muitos atalhos

Contras

  • - Ausência de personagens
  • - Controles desconfortáveis
  • - Itens fortes demais
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Pedro Novaes
    2012-01-08T15:38:09

    Italo Araujo para o seu governo o novo Zelda ficou entre os 5 melhores coisa que cmw3 não conseguiu

  • Pedro Leonel
    2012-01-05T14:09:01

    a nintendo ainda e boa imagina e o primeiro videogame portatil em 3d a nintendo ainda e boa e se tu acha q ela e chata então vai te cata tu ta perdendo tempo

  • Italo Araujo
    2012-01-04T17:20:27

    velho vcs que inda gosta do nitendo são tudo uns fudidos pq sabem q a nitendo ja eh finada e ficam ae dizendo q oq importa eh diversão ....meu deus velho vao tudo pro diabo q os carregue aonde q o CMW3 n da diversão aonde que o Skyrim V n da diversão meu deus nem em 1 bilhão de anos a nitendo vai conseguir fazer um game aos pés do Skyrim V tanto eh que n vimos nenhum game da Nitendo na lista dos 5 melhores games do Ano então pobre n merece diversão não tem que jogar eh Wii mesmo e se contentar com isso a nitendo jah foi boa n eh mais

  • Jonathas Ferreira
    2012-01-04T13:37:56

    @quoteluiz A nintendo SÓ FAZ VIDEO GAME!Nao existe Sony e nem Microsoft nessa vida que supere a Nintendo nesse quesito.O wii tem graficos inferiores mas ele foi um trilhao de vezes mais vendido que o ps3 e o xbox,porque quando os caras pensaram o p3 eles fizeram um bluray, quando fizeram um xbox pensaram em nao deixar ngm desbloqueado entrar na live e quando o cara pensou o wii chanel ele pensou no usuario mandar os proprios canais! Ce acha mesmo que ele nao pensou num possivel desbloqueio? Se o usuario faz os canais tem desbloqueio @%#%*@!!!.Sony e M$ fazem tv's e computadores.Sem mas :)

  • Felipe Lima
    2012-01-04T10:56:36

    Mario é sem dúvida o personagem mais popular dos video games. A Sony só alcançou a fama e popularidade que tem hoje graças a pirataria, mesmo o Nintendo 64 sendo muito melhor que o Playstation 1. A única atração que existia no PS1 era o preço dos games piratas, você pagava R$ 10,00 e no N64 R$ 130,00 Finalizando e voltando ao assunto da matéria: Eu tenho esse game e é absurdamente bom! Vale muito a pena compra-lo! Gostei muito do modo Online que ele oferece.

  • Alex Nery
    2012-01-04T10:17:15

    É errado avaliar um jogo somente pelo seu engine gráfico. Um jogo deve ser avaliado principalmente pelo fator diversão, jogabilidade e até mesmo pelo preço do produto final. Hoje já é possível criar jogos com gráficos muito mais reais dos que os que já existem. Se não fazem, é porque as vendas de um jogo como esse, não compensaria o valor da produção, marketing e distribuição.

  • Alex Moreira
    2012-01-04T10:05:04

    tive atari,snes,mega drive,game boy,dreamcast todos da minha epoca, o que quero dizer e fika na mesmice se afunda, o wii e mais vendido pq e mais barato nao tem qualidade nenhuma, ate pq a populacao mais carente na tem dinheiro pra pagar um play 3 nem um xbox 360 solucao ??? compra wii que ta quase de graca tendo gente pra compra nunca para de fabricar isso e logistica, pq o dreamcast morreu na epoca era o melhor ?? tinha playstation 1 mais barato, ou eu to errado, nao parei de jogar os velhos tenho emuladores no pc, mais nao compraria lancamentos desses jogos ultrapassado, viva o futuro MW 3

  • Alailson Garcia
    2012-01-04T09:44:58

    Realmente, o Alex, quis expressar sua opnião mas só que foi infeliz nas sua colocações. Só sabe quem jogou Odissey, o magnifico e lendario Atari até a chegada do NES e consequentemente a SEGA, aquela disputa sadia de Mario Vs Sonic, nitendo x sega. Era muito bacana. E vou para por aqui, se não começo a listar tudo que sei, e esse post vai acabar se tornando inteminável. Então só quem jogou todos os games da década de 80 pra cá, sabe de fato os que marcaram ou não. E até com toda essa tecnologia e gráficos cada vez mais próximo da realidade e tal, ainda não abro mão jogar aqueles jogos.

  • Fernando
    2012-01-04T09:09:20

    Alex, se pesquisar o volume de venda dos consoles verá que o Wii da Nintendo supera as vendas de Xbox e Playstation juntos.

  • Lucio Netto
    2012-01-04T08:39:55

    Pobre Alex... Seu primeiro videogame foi um Playstation e ele tá achando que é uma sumidade no mundo dos games. Talvez um dia, depois de passar por uns 6 ou 7 consoles de diferentes gerações, ele possa realmente emitir uma opinião que seja relevante. Enquanto isso não ocorre, vamos nos entreter com esta piada que ele não soube contar.

  • Ygor Capponi
    2012-01-04T08:35:14

    ainda fico com o velho e bom mario kart do super nintendo classico

  • João Souza
    2012-01-04T10:07:31

    A nintendo como sempre mandando muito bem nos jogos do Mário! parabens galera do techtudo

  • Danilo Silva
    2012-01-04T07:18:09

    Sinto pena do Alex Moreira. Imagino que deva ter menos de 15 anos de idade (tanto pela ortografia como pela opinião). Primeiro que ele confundiu o 3DS com o Wii, já que o 3DS tem gráficos de primeira linha em se tratando de portáteis. Segundo que é lamentável alguém preferir jogar um jogo com bons gráficos a qualquer jogo da série que tem alguns dos melhores jogos da indústria dos games. Bom, por sorte a maioria absoluta dos viciados em games não pensa como o Alex, e por isso os jogos e consoles da Nintendo continuam vendendo muito bem, garantindo seus excelentes jogos por muitas gerações.

  • Michel Silva
    2012-01-04T02:07:25

    tem gente que não entende mesmo de diversão.... lamentável, Mario Kart 7 excelente game........

  • William Camargo
    2012-01-04T02:04:53

    O Alex Moreira falou.. falou.. e não disse nada! :) Bem, a NINTENDO pode nao ter os gráficos do PS3 ou XBOX .. mas dizer que "MARIO" é ruim!? fala sério.. um jogo maluco que iniciou em 90/91 e dura até os dias de hj.. e vai durar muito mais.. se fosse ruim, nao durava 1 ano como vários jogos que tentaram.. e hj em dia ninguem sabe que existiu!

  • Alex Moreira
    2012-01-04T00:49:45

    depois que a playstation passou a existir, a nintendo sobrevive de quem nao entende de jogos olha que sao milhoes vc pega um jogo da sony pior que seja e melhor em tudo do que os da nintendo nintendo foi bom na era dos 16 bits nao tinha concorrente, agora ta fikando e muito pra tras da xbox e do play 3, pode sair wii u, que nao adianta a comecar pelos grafikos nao ajuda, para de pensar so mario zelda que isso ja ta morto, comeca a pensar em grafikos sou capaz de jogar um jogo ruim com grafikos bons, mais nao sou capaz de jogar super mario por mais que tenha melhorado.

  • Ingo Müller
    2012-01-03T19:07:07

    Mario Kart é o jogo que nos ensinou que a vida não é justa. Grande Review.