Jogos de luta

NOTA tt
9.0

Review Marvel X Capcom 3

Depois de quase uma década de espera, os fãs de uma das mais populares séries de jogos de luta finalmente poderão matar as saudades dos confrontos entre duas das franquias mais populares do mundo dos games. E a espera valeu a pena! Marvel X Capcom 3 consegue trazer todos os elementos que fizeram do jogo um clássico do gênero, e ainda adaptar algumas características de títulos mais recentes.

Diego Borges
por
em

Nome: Marvel X Capcom 3 
Gênero: Luta
Distribuidora: Capcom
Plataformas: PS3 / Xbox 360

Fechando o Especial Marvel X Capcom 3, o TechTudo traz a análise completa de um dos maiores jogos de luta do ano. A NC Games enviou com exclusividade o game antes de seu lançamento oficial aqui no Brasil, dia 22 de Fevereiro. Confira a análise completa do game:

Longa espera

capa marvel (Foto: Divulgação)Capa de Marvel Vs. Capcom 3 (Foto: Divulgação)

Depois de quase uma década de espera, os fãs de uma das mais populares séries de jogos de luta finalmente poderão matar as saudades dos confrontos entre duas das franquias mais populares do mundo dos games. E a espera valeu a pena! Marvel X Capcom 3 consegue trazer todos os elementos que fizeram do jogo um clássico do gênero, e ainda adaptar algumas características de títulos mais recentes.


Novas caras

A maior expectativa em torno de Marvel X Capcom 3 era em relação aos seus novos personagens. Muitas figuras conhecidas estrelam o game, como o Dante (de Devil May Cry), Cris e Wesker (da série Residente Evil), Arthur (da série Ghosts n’ Globins), além de outros protagonistas de jogos consagrados da produtora Capcom, e heróis famosos do universo Marvel.

Na hora da luta, são poucos os personagens que decepcionam. Alguns parecem que nasceram para os jogos de luta, como Dante, que possui uma das mais fáceis e eficientes combinações de golpes do game. Mas também devemos citar alguns que parecem estar no jogo apenas para completar o elenco, como M.O.D.O.K., que além de esquisito e lento, possui uma combinação de golpes um tanto confusa. Isso faz com que se leve um certo tempo para se acostumar com o boneco. Entretanto, o que vale é o gosto do jogador.

marvel x capcom 3 (Foto: Divulgação)Marvel x Capcom 3 (Foto: Divulgação)

Mudanças na jogabilidade

Se compararmos a versão anterior e a versão atual de Marvel x Capcom, podemos perceber uma diferença enorme na jogabilidade do game. É nítido que Marvel x Capcom 3 utiliza elementos dos jogos de luta mais recentes, como Street Fighter 4. E esses elementos não ficam notáveis apenas na parte da jogabilidade, dos cenários e dos efeitos de sombra, mas também são bem característicos dos games de luta de Ryu e cia.

Assim como seus concorrentes, o título também roda a 60 frames por segundo, outra grande diferença comparado a sua versão anterior. Isso torna a movimentação um pouco mais lenta que a tradicional, mas o recurso coloca mais realismo em alguns golpes, como chutes e socos. Só que, claro, não há nada de real, por exemplo, na velocidade em que Cris saca uma arma e atira.

marvel (Foto: Divulgação)Marvel x Capcom 3 (Foto: Divulgação)

Gráficos impecáveis

Como falamos antes, os gráficos do game também chamam muita atenção. O titulo anterior, Marvel X Capcom 2, já conseguia levar gráficos incríveis, com direito a cenários de fundo muito bem produzidos, aos consoles da geração 128 bits, mas nada comparado a beleza da parte visual do novo título. Para os jogadores que ficam “de fora”, esperando pela sua vez de jogar, vale reparar em todos os detalhes dos cenários - desde as perseguições policiais e confusões no meio da rua até elementos consagrados de séries como Resident Evil.

Alguns elementos consagrados, como o famoso “Hadouken” de Ryu, também receberam uma reformulação e ganharam um belo efeito de luz. Até os ataques especiais conseguiram dar ao game um visual deslumbrante, bem melhor que o convencional. Isso tudo deve-se ao fato de o game utilizar a mais nova versão da engine MT Framework, desenvolvida pela própria Capcom. Ela é responsável pelo visual estonteante e gráficos vibrantes, lembrando o estilo de arte dos quadrinhos.

marvel (Foto: Divulgação)Marvel Vs. Capcom 3 (Foto: Divulgação)

Faltam modos de jogo

É difícil encontrar um game de luta que consiga entreter um jogador por muito tempo sem a presença de uma companhia para disputas intermináveis. Alguns jogos, como Tekken, investem em histórias curtas e com enredo envolvente, mas Marvel X Capcom não nasceu para isso.

No modo offline, além dos modo Arcade, no qual deve-se encarar diversos inimigos em uma escala de dificuldade até o último chefe do game; o jogo possui o modo Versus, para disputas simples; e o modo Missions, no qual cada lutador do jogo deve completar uma série de 10 tarefas, das mais simples às mais complicadas, como combos de inúmeros hits. Para os jogadores mais avançados, é um modo de jogo bem interessante e desafiador, além de ajudar a pôr suas táticas de luta em dia.

Mas o grande atrativo fica por conta da versão online, dividido em dois modos de jogo: Ranked, no qual o jogador disputa uma luta contra um adversário aleatório em busca de uma posição melhor no ranking mundial; e Player Matchs, em que você escolhe um amigo para um confronto online. O game também permite a criação de uma sala para até 8 jogadores, onde você pode se reunir com a galera para saber quem é o melhor.

Entretanto, isso deve mudar um pouco a partir de Março. A Capcom revelou recentemente que lançará um pacote via download chamado Shadow Mode. Ele é responsável por criar um time de lutadores com uma I.A. baseada em personalidades famosas do mundo dos games.

O primeiro pacote vai contar com o time e a Inteligência Artificial (IA) do produtor do jogo, Ryota Niitsuma, em conjunto com o assistente de produção Akihito Kadowaki e o líder do time de QA. Mais pacotes estão confirmados com lançamento muito em breve, e podem incluir personalidades conhecidas no mundo dos games.

mrvel (Foto: Divulgação)Marvel X Capcom 3 (Foto: Divulgação)

Controle eficiente

Um grande atrativo da série sempre foi a simplicidade dos comandos durante as lutas. Diferentemente de jogos como King of Fighters, que obriga o jogador a fazer uma sequência complexa de movimentos para realizar um golpe especial, o Marvel x Capcom 3 busca a simplicidade para atrair os novatos e a diversidade para manter os veteranos.

Em outras palavras, grande parte dos lutadores possui golpes quando executado o famoso “C para frente” ou “C para trás”, o que ajuda o jogador, principalmente, no período de adaptação do game e do conhecimento dos personagens novos.

O sistema de combos também continua bem preciso e apelativo, para alegria dos mais “viciados”. Alguns personagens novos vão causar uma boa dor de cabeça aos menos experientes que pretendem encarar o modo online pelo mundo afora.

marvel x capcom 3 (Foto: Divulgação)Marvel x Capcom 3 (Foto: Divulgação)

Conclusão

Marvel x Capcom 3 provou mais uma vez o porquê de ser uma referência ao gênero de luta nos games. Mantendo seus elementos de sucesso e integrando os mais novos recursos usados nos últimos jogos lançados pela própria Capcom, o título é, sem dúvidas, obrigatório para os fãs de games de luta. Entretanto, a diversão torna-se um pouco limitada quando experimentada apenas no modo offline. Por isso, crie coragem e aventure-se contra adversáros ao redor do mundo. Não fique fora desse confronto!

Nota TechTudo

NOTA tt
9.0
Gráficos
9
Jogabilidade
10
Diversão
10
Som
9

Prós

  • - Boa e velha jogabilidade.
  • - Variedade de lutadores.
  • - Gráficos impressionantes.

Contras

  • - Poucos modos de jogo.
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares