Celular

NOTA tt
7.4

Review Nokia Lumia 630

O Lumia 630 é um smartphone de entrada da Nokia que traz como diferenciais a possibilidade de inserir dois chips de operadora ao mesmo tempo e a presença da TV digital. Confira o review completo e saiba de vale a pena comprar o modelo.

Isadora Díaz
por
em

O Lumia 630 é um smartphone dual-chip da Nokia indicado para quem não quer gastar muito, mas não abre mão de uma boa experiência de uso. Custando em média R$ 500, o aparelho traz como vantagens o design minimalista e a versão 8.1 do sistema Windows Phone, mas peca pela ausência de flash na câmera e outros recursos presentes nos concorrentes. Confira no review do Lumia 630 se vale a pena investir no modelo.

Qual é o melhor smartphone da atualidade? Confira no Fórum do TechTudo

Lumia 630, smartphone de entrada da Nokia (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)Lumia 630, smartphone de entrada da Nokia (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)


Design 

O design é um dos pontos fortes do aparelho. Recebemos para testes o modelo com tampa traseira em preto, que economiza nos botões. Os físicos são apenas os de volume e o de liga/desliga. No 630, aliás, os clássicos botões sensíveis ao toque da Nokia foram incorporados à tela: são agora virtuais, localizados na parte inferior do display.

Botões físicos do Lumia 630 (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)Botões físicos do Lumia 630 (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)


O Lumia 630 tem um tamanho ótimo. É o tipo de smartphone que pode ser usado com apenas uma das mãos sem nenhum tipo de problema. Ele tem medidas razoáveis (129,5 x 66,7 x 9,2 mm), que faz com que ele se encaixe bem na mão, embora não seja dos aparelhos mais finos presentes no mercado. Da mesma forma, não é dos mais leves da categoria: são 134 g.

Traseira do Lumia 630 em preto (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)Traseira do Lumia 630 em preto (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)

A entrada para os chips de operadora fica escondida sob a tampa traseira, assim como o slot para cartão microSD, que permite expandir o espaço para armazenamento de arquivos do celular. À primeira vista, o bom encaixe da capa com o aparelho dá a sensação de estar segurando um smartphone "peça única", daqueles que não permitem remoção da traseira.

Entrada microUSB do Lumia 630 (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)Entrada microUSB do Lumia 630 (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)


Desempenho

O Lumia 630 tem especificações medianas. Ele até se esforça com um processador quad-core de 1,2 GHz, mas carrega apenas 512 de RAM. Apesar de o Windows Phone ser um sistema leve, a economia de memória RAM faz com que o aparelho tenha certa dificuldade na multitarefa, ao transitar entre um aplicativo aberto e outro.

No geral, o desempenho foi satisfatório, especialmente para a sua faixa de preço. O smartphone não engasga no uso cotidiano, mas o sistema congelou completamente por duas vezes, forçando a reinicialização do aparelho. Nada muito dramático e que deva ser um ponto decisivo na hora da compra, mas vale a nota.

Há 8 GB internos para armazenamento de arquivos no celular, que podem ser expandidos por um generoso cartão microSD (o Lumia 630 suporta cartões de até 128 GB). É uma excelente notícia, a ser considerada por aqueles usuários que pretendem encher o aparelho com músicas, fotos ou mesmo filmes. 

Falando em multimídia, o Lumia 630 conta com TV digital, o que é um diferencial pra muita gente. Não é o único do mercado nessa faixa de preço, e talvez nem o melhor aparelho (vide Moto E, da Motorola), mas é um dos primeiros Windows Phone a vir com o recurso. O alto-falante na traseira tem boa qualidade, e funciona como alternativa aos fones de ouvido em ambientes não muito barulhentos.

Detalhe do alto-falante do Lumia 630 (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)Detalhe do alto-falante do Lumia 630 (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)


A bateria do Lumia 630 se mostrou decepcionante. Com apenas 1.830 mAh, ela não chegou a durar um dia inteiro com uso moderado, e poucas horas ao reproduzir arquivos de vídeo via streaming em apps como o Netflix. Para quem fica longe da tomada pela maior parte do dia, talvez ele não seja a melhor opção.

A presença do Windows Phone 8.1, versão mais recente do sistema, é um ponto positivo. Ela traz adições muitíssimo bem-vindas como uma barra de notificação e novidades de personalização. O sistema, como um todo, está mais bonito e polido, mas ainda não perfeito. Apesar de os principais apps do mercado estarem presentes na loja virtual, é notório que as versões para outras plataformas são mais "redondas" e contam com mais recursos.

O aplicativo do Instagram no Windows Phone, por exemplo, tem lá suas limitações. Por aqui, preferimos até mesmo usar o 6Tag, que é uma versão alternativa para rodar o Instagram no sistema da Microsoft. O mesmo acontece com outros gigantes, como Facebook, WhatsApp e Twitter. Usar o WP tendo já usado aparelhos com Android ou iOS dá a sensação de estar mexendo no "filho menos querido".

Tela

A tela do Lumia 630 tem bom tamanho, com suas 4,5 polegadas, mas é extremamente pixelada. A resolução não é das melhores (480 x 854 pixels), o que faz com que os pixels que compõem as imagens fiquem visíveis de forma quase incômoda. Por sorte, ela tem lá seus pontos positivos.

As cores e o brilho da tela são excelentes, e ela conta com a tecnologia ClearBlack, que deixa "os pretos mais pretos". Usando o Windows Phone com o tema escuro, os cantos pretos do display se misturam com o preto da área frontal, dando a bonita sensação de estar usando um smartphone todo tela. O 630 conta ainda com vidro Gorilla Glass 3, que deixa o display mais resistente a riscos e quedas.

Câmera

Conhecendo a tradição da Nokia quando o assunto é câmera, devemos dizer que ficamos ligeiramente decepcionados com o Lumia 630. Só conseguimos boas fotos sob iluminação ideal - aliás, o aparelho não conta com flash. O sensor é de 5 megapixels, e a câmera é capaz de fazer vídeos em HD a 30fps. 

Aplicativo de câmera do Lumia 630 (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)Aplicativo de câmera do Lumia 630 (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)


A presença do app Nokia Camera, que permite fazer ajustes manuais como exposição e ISO é pouco aproveitada pelo hadware da câmera. Os "selfie-maníacos" também devem se decepcionar pela ausência de uma câmera frontal no Lumia 630.

Custo-benefício

O Lumia 630 é um bom aparelho para sua faixa de preço. Entrega desempenho honesto, muito espaço para guardar arquivos no cartão microSD e um design elegante. Apesar disso, tem contras a se levar em conta, como a ausência de flash na câmera, tela de baixa resolução ou mesmo a falta de polidez dos aplicativos para Windows Phone. Com um cerca de R$ 150 a mais, é possível conseguir smartphones melhores, como o Moto G.

No geral, o Lumia 630 sai no positivo quando a questão é custo-benefício. A Nokia conseguiu entregar um aparelho sólido, embora tenha economizado em alguns quesitos. Para navegação na Internet e redes sociais, ele é mais do que suficiente.

Tabela de especificações do Lumia 630 (Foto: Arte/TechTudo)Tabela de especificações do Lumia 630 (Foto: Arte/TechTudo)

Nota TechTudo

NOTA tt
7.4
Design
8
Desempenho
7
Tela
7
Câmera
7
Custo-benefí­cio
8

Prós

  • Design minimalista;
  • Entrada para microSD de até 128 GB;
  • Dual-chip;
  • Conta com TV digital.

Contras

  • Apenas 512 MB de RAM;
  • Tela de baixa resolução;
  • Câmera sem flash.
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • George Jamil
    2016-02-28T20:34:12

    ERRO FATAL DE PROJETO! Telefone com bom desempenho, interface simples, teria bom custo / benefício. Mas, nesta versão, não há função de duplo toque para reativar o telefone e nem o botão de foto. Portanto, só usará o botão liga - desliga, que quebrará em pouco tempo (veja quantas avaliações falam isso, também tive o problema num 520). Tentei devolver à loja, não pôde ser feito. Lamentável erro. Portanto, não compre!!!