Celulares & Tablets Celular
NOTA tt
9.0

Review Galaxy Note

O Galaxy Note é ideal para quem busca por um tablet extremamente portátil, que funcione também como celular. O foblet da Samsung cabe no bolso e elimina a necessidade de ter que carregar "ainda" um smartphone na mochila.

Allan Melo
por
em

O Galaxy Note, foblet fabricado pela Samsung, tem tela de 5,3 polegadas e provou a aposta certeira da empresa sul-coreana: 1 milhão de unidades vendidas antes de fechar o ano de 2011. O gadget é ultra portátil e roda Android 4.0 (Ice Cream Sandwich). O TechTudo testou o "tabletphone" para mostrar todos seus detalhes. Confira o review do Galaxy Note.

Tela

É impossível não começar o review do Galaxy Note por sua principal característica: a tela Super AMOLED capacitiva de 5,3 polegadas com tecnologia Gorilla Glass. Exagerada para um smartphone, pequena para um tablet, mas ainda assim confortável de se operar.

Graças à boa resolução desta tela, de 800 x 1280, a visualização e a navegação, bem como os widgets , ícones, menus e fontes, não dão a impressão de que foram esticados, como parecia no Galaxy Tab de 7 polegadas (com tela maior e resolução de 600 x 1024). A densidade do display também é a melhor que a Samsung já lançou até hoje, com 285 pixels por polegada - maior que a do Galaxy S2 com 217 ppi, e todos os seus tablets, com menos de 200 ppi.

Samsung Galaxy Note (Foto: Allan Melo/TechTudo)Samsung Galaxy Note apresenta tela com boa resolução (Foto: Allan Melo/TechTudo)

A experiência de uso nesta tela de 5,3 polegadas é confortável e prazerosa, seja qual for a tarefa que você decidir desempenhar no Note. Ao ver vídeos, jogar games do Android Market ou editar planilhas e documentos, há um bom espaço para se usar as mãos operando o sistema sem fazê-las tapar a tela. Não há o risco de, por exemplo, "digitar" algo por acidente ao encostar o aparelho próximo à orelha.

A visualização e o brilho também são muito bons, bem como o sensor de luminosidade. Enxergar os itens da tela durante um dia bem ensolarado não deve ser um problema, bem como o uso em ambientes mais escuros. Neste ponto, a tela é muito bem balanceada e cumpre sua função com louvor.

Design

A tela ocupa toda a superfície frontal do Galaxy Note. Há também o botão Home, na parte inferior; e o alto-falante para escutas na parte superior, próximo ao logo da Samsung, ao sensor de luminosidade e à câmera de videochamadas de 2 megapixels.

Samsung Galaxy Note (Foto: Allan Melo/TechTudo)Galaxy Note vem com caneta S-Pen Stylus para facilitar o uso do foblet (Foto: Allan Melo/TechTudo)

Na lateral esquerda, há os botões de volume; enquanto na lateral direita você encontra apenas o botão para bloqueio e desbloqueio da tela. Em cima, a entrada do fone de ouvido é discreta e é posicionada um pouco à direita, tendo como referência o centro do aparelho. Embaixo, centralizado, a única porta de conexão proprietária para carregar e fazer outras comunicações com o telefone divide espaço, à direita, com a entrada que esconde a S-Pen, a Stylus do Galaxy Note.

A espessura surpreende com apenas 9,7 mm, e o peso de 178 g torna o uso confortável. Um detalhe que vale ressaltar é que, apesar do peso maior que o do Milestone (169 gramas), a interface maior distribui as forças como um todo, o que traz uma maior sensação de leveza.

Samsung Galaxy Note (Foto: Allan Melo/TechTudo)Tamanho do Galaxy Note não atrapalha na hora de fazer ligações (Foto: Allan Melo/TechTudo)


Uso

No dia a dia é difícil esquecer sua presença. No bolso, volta e meia o 'tabletphone' parecia fugir, revelando-se por cima. O volume feito na calça não é tão chamativo para um olhar desatento, mas deixa claro o formato retangular chapado. A melhor opção é carregá-lo em um paletó ou dentro de uma bolsa.

Nem nas maiores mãos o Galaxy Note consegue ser abraçado por completo. Se você tiver um corpo com proporções normais ou pequenas, a ponta dos dedos apenas ajudará a equilibrar o aparelho como um todo. Isso não o impede de realizar um telefonema, por exemplo, mantendo os atalhos de discagem na parte de baixo para operar com apenas uma mão. Navegar, jogar ou consultar e-mails, no entanto, exigirá que você use a outra mão, sem dúvida nenhuma.

Samsung Galaxy Note (Foto: Allan Melo/TechTudo)Galaxy Note oferece tela de 5,3 polegadas (Foto: Allan Melo/TechTudo)

Falando nisso, durante os dias de teste notei que, apesar de o menu e da tela inicial não oferecerem uma navegação no modo horizontal, esta é a maneira mais confortável de se usar o Galaxy Note.De lado (deitado), você acomoda as duas mãos nas extremidades do telefone, o que é uma ótima pedida para navegar na Internet e usar aplicativos de redes sociais e e-mail. O principal indício de que esta é a melhor posição é o teclado virtual: é simplesmente perfeito digitar nesta tela de 5,3 polegadas com as duas mãos.

Por outro lado, se o Galaxy Note se mostra perfeito para digitar, ele parece não ter sido feito para falar - e é nessa hora que ele realmente chama a atenção de outros. Por ser demasiadamente grande, o 'tabletphone' dá a mesma sensação visual que se tem ao ver uma criança pequena falando no telefone.

Ainda sobre esta questão, não recomendamos que você opte por ele se você costuma usar transportes públicos e/ou frequenta locais muito movimentados, como ruas de grandes centros. O Galaxy Note, hoje, parece ter sido feito apenas para o público que usava Palm há dez anos.

Samsung Galaxy Note (Foto: Allan Melo/TechTudo)Samsung Galaxy Note é equipado com processador dual-core e tem boa performance durante o uso (Foto: Allan Melo/TechTudo)


Performance

O processador é quase o mesmo do Galaxy S II, vencendo apenas pela frequência de operação: trata-se de um Exynos dual-core de 1,4 Ghz ARM Cortex-A9 (1.2 GHz no S II). Teoricamente, parece pouca a diferença, mas os testes comparativos revelam uma performance surpreendente.

No Quadrant, o Galaxy Note registrou 3.493. No Neocore, o teste gráfico da Qualcomm, ele registrou capacidade de rodar gráficos a 52.3 FPS (o iPhone 4S e o Galaxy S II conseguem chegar a 60 FPS). No Smartbench 2012, ele conseguiu registrar 3.149 pontos em Produtividade (Galaxy S II com 2.763; Motorola RAZR 2.514), e 1.411 em Games (S II com 1.722; RAZR com 2.637).

No geral, você não terá problemas com o Galaxy Note. Durante os testes, nenhum aplicativo travou por falta de processamento. O Android nele roda leve e com fluidez, e certamente você até achará o sistema até leve. As transições são boas, as respostas são bem precisas, e você sequer notará erros ou delay nos comandos ao tocar sua tela capacitiva.

Samsung Galaxy Note (Foto: Allan Melo/TechTudo)O Galaxy Note roda aplicativos com fluidez e tem boa resposta para jogos (Foto: Allan Melo/TechTudo)


S-Pen

Este pequeno/grande atrativo do Galaxy Note é um luxo, e em poucas ocasiões você optará por usá-lo. Ainda assim, ele será um grande aliado seu - e antes que alguns brinquem com a célebre menção de Steve Jobs durante a apresentação de seu primeiro iPhone, dizendo que Deus nos deus cinco caneta Stylus, em referência aos nossos dedos; não, essa pequena caneta da Samsung não está aí à toa.

O S Memo, aplicativo exclusivo deste aparelho para anotações com a caneta, é uma ótima ferramenta para notas rápidas - mesmo que a sua letra fique um garrancho. Além disso, operar o editor de vídeos, planilhas ou documentos com a S Pen tem lá o seu valor, e realmente traz mais agilidade quando você estiver manuseando arquivos com grandes volumes de dados.

Samsung Galaxy Note (Foto: Allan Melo/TechTudo)Samsung Galaxy Note tem recursos interessante, como o app S Memo que permite anotações na tela (Foto: Allan Melo/TechTudo)

O modo de escrita, alternativo ao teclado QWERT virtual ou ao Swype, reconhece a escrita cursiva, e quando acostumado com seus métodos ele realmente te faz pensar em não levar mais cadernos ou notebooks às salas de aula ou reuniões. O motivo é simples: você pode escrever, desenhar e colorir, e no final compartilhar o trabalho por e-mail, Facebook, Picasa, Google Docs, Twitter, Skype, etc.

Seu único porém fica para o resultado da detecção de escrita. A interface é precisa, e por falta de costume em escrever em superfícies extremamente sólidas (não tão macias quanto a folha de um papel), é comum que o resultado seja um garrancho - mesmo que você escreva bem. Nesse ponto, faltou talvez um pequeno corretor gráfico, daqueles comuns em aplicativos vetoriais, harmonizando as curvas. Mas isso é um fato meramente estético e, quem sabe, por falta de costume mesmo.

Câmera

A câmera produz um ótimo resultado com fotos de 8 megapixels e filmes em HD. O desempenho não chega a ser top de linha como em um iPhone 4S ou em um Nokia N8, mas o sensor é ótimo e traz poucas granulações. O autofoco funciona muito bem, e pode ser ajustado com o toque na tela. O flash também cumpre o seu papel.

Foto tirada durante os testes com o Galaxy Note (Foto: Allan Melo/TechTudo)Foto tirada durante os testes com o Galaxy Note (Foto: Allan Melo/TechTudo)


Foto tirada durante os testes com o Galaxy Note (Foto: Allan Melo/TechTudo)As imagens podem ser registradas com até 8 megapixels no Galaxy Note (Foto: Allan Melo/TechTudo)


Foto tirada durante os testes com o Galaxy Note (Foto: Allan Melo/TechTudo)Galaxy Note permite gravações em qualidade HD (Foto: Allan Melo/TechTudo)


Áudio

A reprodução de músicas e efeitos sonoros é boa, sem distorções ou frequências altas dissonantes. No entanto, o desempenho não passa disso. A intensidade parece ser limitada, voltada mais para o uso moderado. Não espere ter o melhor player musical do momento. Nesse ponto, o Galaxy Note apenas cumpre razoavelmente bem essa tarefa.

Bateria

Com uso intenso, a bateria do Galaxy Note durou o dia inteiro sem reclamar de falta de energia. Neste quesito, realmente, este tabletphone merece grande destaque. A questão é óbvia: com uma tela muito maior, seria mais do que necessário uma bateria melhor. A solução, no entanto, foi que a Samsung colocou uma bateria muito melhor. O valor "2.500 mAh" expressa bem essa sua autonomia (para efeitos comparativos, o Galaxy S II tem 1.650 mAh). Resultado em ficha técnica: 13 horas e meia em conversação ou 820 horas em stand-by (ambos no 3G). Na prática, é boa e você mal vai se preocupar com ela.

Nota TechTudo

NOTA tt
9.0
Design
8
Desempenho
10
Tela
10
Câmera
8
Custo-benefí­cio
9

Prós

  • Tela Super AMOLED HD
  • Ótima câmera
  • Excelente performance
  • Caneta Stylus prática

Contras

  • Chama muita atenção
  • Difícil de operar com uma mão
  • Câmera mal posicionada
Seja o primeiro a comentar


Imagem do usuário
Sair

Quer realmente sair da globo.com?

Imagem do usuário

recentes

populares