Jogos de ação

NOTA tt
7.0

Review State of Decay

State of Decay, para Xbox 360, é um jogo de ação em terceira pessoa que mistura um pouco do mundo aberto em sandbox de GTA com o estilo Survival Horror.

Felipe Velloso
por
em

State of Decay, para Xbox 360, é um jogo de ação em terceira pessoa que mistura um pouco do mundo aberto em sandbox de GTA com o estilo Survival Horror. Graças às severas limitações impostas aos protagonistas, como necessidades físicas (cansaço, sono, fome, etc) e o armamento disponível, o jogo acaba sendo muito semelhante ao ótimo DayZ, para PC. Infelizmente os bugs acabam prejudicando o desempenho do título.

Conheça State of Decay, um dos jogos mais interessantes de 2013 (Foto: Divulgação) (Foto: Conheça State of Decay, um dos jogos mais interessantes de 2013 (Foto: Divulgação))State of Decay (Foto: Divulgação)

Uma proposta diferente

O título foi tão bem sucedido que se tornou o segundo melhor lançamento da Xbox Live, perdendo apenas para Minecraft. A razão de tamanha popularidade é explicada pela proposta de State of Decay: trata-se de uma versão modernizada, mais séria e mais complexa do popular DLC Undead Nightmare de Red Dead Redemption.


Jogabilidade que não funciona

State of Decay não apresenta nada de muito novo em termos de jogabilidade e se comporta como um jogo de ação em terceira pessoa regular. Você usa os botões superiores de gatilho para atirar, há um botão contextual de ação que muda para cada situação necessária e nada muito inovador.

O jogo também apresenta o uso de veículos, aqui bem semelhantes aos da série GTA. Um destaque interessante é sua ênfase maior em movimentação furtiva, stealth-kills, que são o meio mais eficiente de se matar um zumbi, evitando o desperdício de seu limitado armamento. A outra diferença importante são os limites impostos aos personagens, que se cansam, precisam comer e descansar, e que certamente não conseguem enfrentar uma horda de zumbis sozinhos.

As mecânicas de tiros são uma das poucas que funcionam de maneira apropriada (Foto: Divulgação)As mecânicas de tiros são uma das poucas que funcionam de maneira apropriada (Foto: Divulgação)

Infelizmente os controles não funcionam muito bem e a resposta do personagem é muitas vezes lenta ou errada. A câmera mal posicionada também costuma atrapalhar muito o transcorrer do jogo. Esses defeitos ficam evidentes especialmente em lutas corpo a corpo, sempre frequentes no título.

Apesar dos combates à distância funcionarem bem, o jogo acaba estimulando o jogador a usá-lo apenas como último recurso. Isso ocorre primeiramente graças à escassez de munição e ao som alto dos tiros, que atrai todos os zumbis da região para o local onde você está. E caso seu personagem seja cercado por um grupo de zumbis enquanto estiver muito cansado ele poderá até mesmo cometer suicídio.

Narrativa sombria

Siga a história do grupo de Marcus em um mundo infestado de zumbis (Foto: Divulgação)Siga a história do grupo de Marcus em um mundo infestado de zumbis (Foto: Divulgação)

A história contada por State of Decay é reminiscente de The Walking Dead e outras narrativas famosas de zumbis. Você joga com Marcus, um atlético sobrevivente do apocalipse que se vê empurrado para uma posição de liderança entre um pequeno grupo de refugiados que vive em uma igreja. Seu objetivo é se manter vivo e preservar seus companheiros.

Para cumprir esta tarefa árdua, Marcus deverá explorar muito o território, procurando novos sobreviventes e recursos como comida, remédios e combustível. Há tambem a necessidadede encontrar locais mais seguros para o seu grupo viver, pois a igreja inicial não oferece muita proteção.

Uma das coisas mais bacanas nisso tudo é que todos os personagens do jogo podem morrer permanentemente (a narrativa irá progredir sem eles). No entanto, State of Decay te coloca em uma posição onde você é obrigado a usar os demais sobreviventes. Se Marcus for até uma cidade coletar recursos, duas pessoas podem carregar mais coisas do que uma e será sábio trazer companhia. Tudo é mais seguro com alguém te dando suporte, mas uma vez morto, o personagem não retornará à trama.

Os gráficos não são o ponto mais forte de State of Decay (Foto: Divulgação)Os gráficos não são o ponto mais forte de State of Decay (Foto: Divulgação)

Conforme você explora o mundo e completa missões para diversos personagens, você conquistará a confiança deles e passará a poder jogar com uma ampla seleção de novos sobreviventes. Cada um deles terá uma progressão própria, com atributos e habilidades específicos que avançarão conforme você adquire mais experiência.

Outro benefício de completar as missões disponíveis são os pontos de influência. Com eles você poderá organizar e mandar grupos de sobreviventes em missões de sua autoria para obter maior controle do território. Você poderá mandá-los para coletar recursos, organizar batedores pelo território, criar novas bases ou entrepostos distantes de controle e muito mais. Tudo isso torna State of Decay um dos jogos mais completos sobre apocalipse zumbi. Porém não é um jogo para todos, pois você passará mais tempo contabilizando recursos e lidando com um micro planejamento de seus refugiados do que efetivamente matando zumbis.

Os inúmeros defeitos

O jogo apresenta pouca diversidade de ambientes (Foto: Divulgação)O jogo apresenta pouca diversidade de ambientes (Foto: Divulgação)

Até agora o jogo parece quase perfeito, no entanto, State of Decay tem diversos problemas que o impedem de se tornar um grande título. Visualmente o jogo apresenta gráficos abaixo do esperado neste final de geração, uma movimentação de câmera terrível que atrapalha o tempo inteiro e controles muito ruins.

Além destes problemas, State of Decay ainda traz muitos bugs. Desde framerates que engatinham de tão lentos, até o desaparecimento de itens, travamento do jogo, um AI burro e suicida, que desestimula o uso de NPCs para missões mais importantes. O título também conta com missões bugadas, personagens que travam portas e impedem seu progresso, além de outras complicações similares.

O micro planejamento da sua comunidade de sobreviventes é essencial (Foto: Divulgação) (Foto: O micro planejamento da sua comunidade de sobreviventes é essencial (Foto: Divulgação))O micro planejamento da sua comunidade de sobreviventes é essencial (Foto: Divulgação)

Outro defeito grande é que o jogo nunca desliga. Se você cansar de jogá-lo e decidir fazer uma pausa para o almoço, quando voltar, seus recursos terão diminuído, a moral do acampamento irá baixar e alguém pode até mesmo morrer no meio tempo. Ainda que seja interessante a idéia de um relógio dentro do jogo que nunca para, ela é muito pouco prática para qualquer um que não possa jogar videogame 20 horas por dia.

Por fim, o que talvez seja o maior defeito do título: não existe opção multiplayer. State of Decay clama por um modo cooperativo onde a comunidade de sobreviventes é composta por outros jogadores. Poucos jogos têm a chance de oferecer um cenário mais perfeito para um grupo de amigos encarar juntos. Uma opção dessas seria tão interessante (e resolveria os graves problemas com a inteligência artificial do jogo) que sua ausência acaba sendo uma enorme decepção para este título de zumbis.

O complexo e interessante inventário do jogo (Foto: Divulgação)O complexo e interessante inventário do jogo (Foto: Divulgação)

Conclusão

State of Decay é certamente um dos jogos mais legais disponíveis na Xbox Live. Entretanto, diversos problemas técnicos, que vão desde a jogabilidade confusa até os bugs que travam missões inteiras, comprometem a qualidade geral do jogo. A impressão é que com mais seis meses de testes e de polimento, este seria um dos grandes jogos de 2013,  porém, na forma em que foi lançado, trata-se apenas de um título com ótimas ideias mal executadas.


Quais são os melhores jogos de Zumbi na sua opinião?

Nota TechTudo

NOTA tt
7.0
Gráficos
6
Jogabilidade
7
Diversão
9
Som
7

Prós

  • - Realista e desafiador

Contras

  • - Muitos bugs
  • - Ausência de Multiplayer
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Denis Coelho
    2013-07-25T12:06:37

    Techtudo, saberia me informar ou se tem alguma informação se vão lançar State of Decay numa versão em mídia, assim como fizeram com o Minecraft?

  • Guilherme Gianni
    2013-07-12T10:36:02

    Falo por experiência própria, comprei o jogo a uma semana e o jogo é incrível. Se você curte The Walking Dead, é exatamente a mesma coisa, a sobrevivência, seus sistemas são fascinantes, claro não é perfeito, mas pela jogabilidade e tudo que você faz no jogo estes bugs não são desculpa para não jogar. Desde seu lançamento já saíram duas atualizações, mostrando que o pessoal está trabalhando para deixá-lo 100% e então quando ele estiver perfeito os desenvolvedores já avisaram que voltam com seu projeto inicial que era um jogo multiplayer, tudo indica que com calma a tendência é o jogo melhorar.