TechTudo a tecnologia descomplicada
Super Mario 3D Land

Super Mario 3D Land

saiba tudo
  • Categoria Jogos de aventura

Review

Notas do editor
  • 9
  • 10
  • 10
  • 8
Prós
  • Jogabilidade funcional
  • Variedade no design de fases
  • Dificuldade na medida certa
  • Uso do efeito 3D estereoscópico
Contras
  • Controle de câmera falho
  • Falta de um modo multiplayer
  • Linear demais
Conclusão

Super Mario 3D Land é o motivo pelo qual o 3DS existe. Sua jogabilidade aparentemente simples esconde uma grande profundidade, que só um level design incrivelmente inteligente como este é capaz de explorar. Cada fase tem sua própria identidade e, embora não ofereça uma história mais elaborada para esconder a sua linearidade, o jogo muda novamente a maneira como jogamos Super Mario. Afinal, a série é puramente baseada em jogabilidade.

29/Nov/2011 08h19

Super Mario 3D Land é o elo perdido na saga do encanador

Arthur Figueiredo Para o TechTudo

Nome: Super Mario 3D Land
Gênero: Aventura
Distribuidora: Nintendo
Plataforma: 3DS

Super Mario 3D Land (Foto: Divulgação)Super Mario 3D Land (Foto: Divulgação)

Quando a Nintendo decidiu levar as aventuras de Mario para três dimensões em Super Mario 64 - jogo de lançamento do console Nintendo 64 em 1996 - muitos imaginaram que o personagem jamais voltaria para o gênero de plataforma 2D com progressão lateral, pelo qual ficou famoso 

Entre títulos das séries Kart, Party, Tennis, Golf e vários relançamentos para o Game Boy Advance, o italiano bigodudo só foi ganhar um game inédito com a jogabilidade clássica dez anos depois, com New Super Mario Bros., lançado em 2006 para o Nintendo DS

Com o sucesso dos recentes Super Mario Galaxy e New Super Mario Bros. Wii, Mario acabou oscilando entre dois opostos do gênero de plataforma, mas nenhum jogo serviu como ponte ligando os dois estilos de jogo. É absurdo afirmar que existe continuidade entre todos os jogos, mas se havia a necessidade de um game que servisse como zona de acesso, esta busca acabou com Super Mario 3D Land, lançado no último dia 13 de novembro, para o Nintendo 3DS

Super Mario 3DS (Foto: Destructoid)Super Mario 3DS (Foto: Divulgação)

Casacos de pele para o outono 

Imagine Super Mario 64 com a jogabilidade de Super Mario Bros 3, e você terá uma ótima ideia do que esperar deste novo jogo. Super Mario 3D Land é dividido em mundos, mas suas fases são independentes da temática de cada um, pois estes são fechados por um castelo ou por uma frota de navios voadores de Bowser. 

Sobre o enredo (adivinhem!), o vilão mais uma vez raptou a princesa Peach. Será que não passou da hora de melhorar a segurança do Reino do Cogumelo? Tirando os RPGs, todos os jogos do Super Mario possuem histórias bem rasas, mas este acaba decepcionando. No máximo, podemos chamar de “contexto”. 

Super Mario 3D Land poderá trazer atualização do 3DS de Novembro no cartucho (Foto: Divulgação)Super Mario 3D Land  (Foto: Divulgação)

Ainda sobre a trama, as árvores que soltam a Super Leaf se espalharam rapidamente pelo mundo, que dão ao Mario a Tanooki Suit, que permite ao herói planar após saltos e atacar com o rabo de guaxinim. O problema é que ele não é o único a usar o poder da folha: Goombas, Bullet Bills e até Bowser ganham a icônica cauda listrada e são capazes de ataques similares aos seus.

Ao terminar um mundo e começar outro, Mario encontra cartas que Peach envia após sua captura. São basicamente fotos desenhadas em 2D, mas que ganham efeito 3D ao ativar o slider lateral do portátil. A falta de cutscenes deixa o jogo uma pouco morto.

Os mundos colidem 

Controles de jogo 2D em um game 3D já foram feitos antes. Super Mario 64 DS tinha esta limitação, mas era um port inadequado para o esquema de botões do primeiro console portátil. Super Mario 3D Land, por outro lado, faz isso com maestria. Os botões Y e B servem para correr, os botões X e A para pular. Jogue onde for mais confortável. Os botões L ou R servem para se abaixar e com estas combinações é possível fazer muita coisa. 

Durante uma corrida, se abaixar e pular rapidamente permite saltos longos em distância. Se ficar abaixado e parado, após alguns instantes temos o salto mortal para trás. Andar, se abaixar e apertar o botão de corrida faz Mario sair rolando. Simplesmente se abaixar, aliás, deixa Mario andar agachado, passando por baixo de obstáculos, desviando de ataques ou explorando passagens estreitas. 

Super Mario 3DS  (Foto: Divulgação)Super Mario 3DS (Foto: Divulgação)

Além disso, é claro, Y ou B usam o poder de cada power-up, como as bolas de fogo da Fire Flower, ou solta bumerangues da nova Boomerang Flower. Sim, porque em Super Mario bumerangues nascem do chão e você deveria deixar a lógica em casa. A opção de customização de controles seria bem vinda, já que mover a câmera para os lados na touchscreen pode ser problemático. O ideal é que Y e X movessem a câmera, e B e A fossem responsáveis por correr e pular. Afinal, este esquema funciona desde o Super Mario Bros original. 

Quando falamos em misturar jogabilidade, como referência (e dica para quem ainda não jogou) não podemos esquecer do excelente Super Paper Mario – que permite mudar a perspectiva de 2D para 3D temporariamente –, mas seu ritmo de jogo e elementos de RPG diferem do foco na agilidade e ação da série principal. 

Salto de fé 

Ninguém faz jogos de plataforma como a Nintendo. Após reinventar inúmeras vezes seus próprios conceitos de level design, a empresa entrega fases tão diversas que você nunca saberá o que esperar. Novos e velhos inimigos se reúnem em desafios que vão fazer você pensar duas vezes antes de pular. Mas parar para pensar infelizmente é um luxo neste jogo, já que as fases novamente possuem tempo. É possível estender este período com relógios espalhados pelas fases, mas será sempre uma correria. 

Alguns elementos clássicos, como blocos com notas musicais que fazem você quicar e longas tábuas em sequência que caem se você pisar, se misturam a elementos de Mario Galaxy, como plataformas ativadas pelos seus próprios pulos e outras que desaparecem com o tempo. Seu objetivo é chegar ao velho e bom poste com a bandeira no final. No caminho, deve encontrar três medalhas escondidas. Algumas são fáceis, outras vão lhe tirar muitas vidas até alcançar 

E você vai morrer muitas vezes neste jogo. Os primeiros oito mundos possuem fases com dificuldade crescente (com alguns desafios exigentes pelo meio, vale ressaltar), mas os últimos mundos vão tirar seu sono. Felizmente, Mario 3D Land permite que você acumule muitas vidas, e é bom ter um razoável estoque para as fases finais. Alguns saltos serão tão difíceis que você terá que ligar o efeito 3D estereoscópico, mas falaremos sobre isso daqui a pouco. 

Super Mario 3D Land (Foto: Divulgação)Super Mario 3D Land (Foto: Divulgação)

A qualquer hora, em qualquer lugar 

Um dos mais interessantes feitos do level design de Super Mario 3D Land é o tamanho das fases. Algumas fases são grandes e complexas, mas todas podem (e devem) ser terminadas em poucos minutos. Se por um lado isto poderia tornar o jogo mais curto, a opção de criar inúmeras fases curtas, em vez de poucas, mas que você deve entrar várias vezes (como Mario 64) é que isto o torna ideal para um portátil, principalmente para quem joga em intervalos curtos, como na fila de um banco, no horário de almoço ou, obviamente, na hora do recreio. 

Portáteis foram feitos para ser jogados fora de casa. E fora de casa você não pode perder tempo com menus. E nisso, o jogo é muito bem sucedido. Morreu? Volte na hora. Não achou as três medalhas? Termine a fase e volte depois. Morreu várias vezes? Com cinco mortes seguidas você ganha a Tanooki Suit branca, que lhe dá invencibilidade. Com dez mortes, você ganha a P-Wing (também de Super Mario Bros. 3), que permite pular a fase inteira. O uso de um destes dois itens marca a fase e impede que você complete o jogo 100%. Para isto, é necessário voltar depois e terminá-la desde o início. 

Olhando por onde pisa 

Um dos principais elementos do jogo, e o motivo pelo qual ele é perfeito para o 3DS, é exatamente o efeito 3D. Muito mais do que um recurso visual, o 3D é um recurso de jogabilidade essencial para o seu sucesso no jogo.  

Em determinadas áreas, um ícone aparece no canto da tela lhe indicando que o 3D é necessário. Não desconsidere-o. A câmera se posiciona de uma maneira que fica quase impossível perceber as distâncias entre as plataformas, e com o 3D a imersão é total, enxergando o mundo com os olhos do Mario. 

Super Mario 3D Land (Foto: Divulgação)Super Mario 3D Land (Foto: Divulgação)

 

Além disso, o jogo ainda oferece uma opção a mais para o 3D: usando o direcional digital para cima ou para baixo dá para ajustar a altura da câmera para ajustar à visão que fica mais confortável. A verdade é que o jogo foi construído para o efeito 3D, com ângulos de câmera que o favorecem e, mais importante que isso, mais que justificam o recurso do portátil. Poderia até dizer que é o melhor uso de 3D estereoscópico já desenvolvido para games. 

Outros recursos do 3DS incluem StreetPass para pequenos desafios de tempo que são abertos ao passar por um ponto de Wi-Fi ou perto de outra pessoa que tenha o jogo no portátil. São fases de uma única sala, nas quais você deve eliminar todos os inimigos rapidamente e ganhar moedas e medalhas. O jogo também usa o giroscópio embutido, quando você encontra um telescópio para observar a fase e quando entrar em um canhão para mover a sua mira. 

Uma questão de ambientação 

Visualmente, o jogo é belíssimo, e explora bem a capacidade gráfica do 3DS. Não há queda na taxa de frames, nem com o 3D ligado. Os cenários são coloridos e diversificados, lembrando muito o estilo visual e efeitos de luz e sombra de Super Mario Galaxy, sem os mundos em forma de planetas, é claro. As sombras, aliás, são importantes para manter o jogador na posição que deseja, e ainda para encontrar itens escondidos. 

Sobre a música, mais uma vez, há alguns temas emprestados de Mario Galaxy. Mas as músicas originais são ótimas, incluindo remixes de temas clássicos de games anteriores e vão grudar na sua cabeça. Os efeitos sonoros são simples e adequados. Cada ação tem seu próprio som e tudo é perfeitamente integrado ao jogo para criar uma experiência envolvente. 

Super Mario para Nintendo 3DS (Foto: Divulgação)Super Mario para Nintendo 3DS (Foto: Divulgação)

Conclusão

Super Mario 3D Land é o motivo pelo qual o 3DS existe. Sua jogabilidade aparentemente simples esconde uma grande profundidade, que só um level design incrivelmente inteligente como este é capaz de explorar. Cada fase tem sua própria identidade e, embora não ofereça uma história mais elaborada para esconder a sua linearidade, o jogo muda novamente a maneira como jogamos Super Mario. Afinal, a série é puramente baseada em jogabilidade.

O personagem encontrou sua nova casa no 3DS, da melhor maneira possível. É até possível dizer que o título está atrasado, dentro do seu contexto na série com link de duas eras e, principalmente, como o primeiro título do encanador no portátil. Por outro lado, nunca é tarde para apreciar mais um excelente jogo de plataforma, seja ela como for, contanto que seja criado pela Nintendo


  • imprimir
  • Compartilhar no Orkut
  • Enviar para um Amigo
140 caracteres

Verificação de segurança

Gênero

  • Gabriel Barros
    2011-11-29T15:22:40

    Esse jogo é ótimo.Vou comprar pro emu 3DS no Natal.Cara Alexsandra,se informe antes de responder,o cartucho de 3DS tem 2 Gigabytes de memória.Resident Evil Revelations foi atrasado pois a Capcom precisou de um cartucho de 4GB para o jogo.

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Paulo Oliveira
    2011-11-29T15:00:12

    2D é clássico no mario, mas o 3D, ótimo jogo pra quando não tem nada pra fazer, mas faltou um quick save, isso faz falta em alguem mario como no paiper mario e no New Super Mario Bros

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Alexandre Alencar
    2011-11-30T18:13:26

    meu... quem curte nintendo nem tem que discutir com esses manézinhos de controle analógicos... ô otária, a maioria das pessoas que jogam wii ou 3ds, tem os outros consoles, mas PREFERIMOS, ESCOLHEMOS jogar nintendo... sei que deve ser dificil para vcs entenderem, afinal vcs não tem vontade própria pra nada mesmo... fica a dica...

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Vinicius Santos
    2011-11-29T20:02:44

    O jogo é perfeito e ponto. Alexsandra a nintendo é a melhor e sem mais. Aprende que nao importa quantas versoes existam o importante é a diversão, diferente desse joguinho de tiro genericos que voces chamam de jogoes..

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Bruno Santos
    2011-11-29T15:47:07

    esse jogo e incrivel eu tenho ele eu acho um dos melhores de nintendo 3ds

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário

TechTudo.com.br © Copyright 2010-2014 Globo Comunicação e Participações S.A. Política de Privacidade