Wearables

NOTA tt
7.3

Review TomTom Spark Cardio + Music

Relógio fitness da TomTom permite ouvir música e monitorar frequência cardíaca durante atividades físicas, mas será que suas funcões compensam o preço? Antes de decidir, veja os testes feitos pelo TechTudo.

Ana Marques
por
em

O TomTomSpark Cardio + Music é um relógio fitness planejado para pessoas que fazem atividades físicas. O dispositivo reúne funções interessantes como o monitoramento cardíaco, GPS e a possibilidade de armazenar músicas para ouvir com um fone de ouvido sem fio, enquanto você vai à academia ou pratica algum esporte.

Como saber se seu smartphone é compatível com um smartwatch?

Ao contrário do que parece, ele não é um smartwatch como o Apple Watch ou o Moto 360 Sport, pois não permite que você acesse as informações do seu smartphone, como notificações e mensagens. O TomTom Spark Cardio + Music tem ainda as variantes mais simples: TomTom Spark e TomTom Spark + Music. A versão mais completa pode ser encontrada em lojas online pelo preço de R$ 1.999 (sem fone de ouvido) e R$ 2.399 (acompanhado de fone de ouvido Bluetooth).

TomTom Spark Cardio + Music (Foto: Ana Marques/TechTudo)TomTom Spark Cardio + Music tem monitor de frequência cardíaca e memória interna de 3 GB para músicas (Foto: Ana Marques/TechTudo)

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Primeiro Uso

O Spark Cardio + Music precisa se conectar a um app para desktop, o "TomTom MySports", que pode ser baixado diretamente do site oficial da TomTom seguindo as instruções do manual que acompanha o aparelho. Esse aplicativo irá sincronizar suas atividades e, com ele, você poderá carregar as músicas do seu computador para ouvir no relógio. O programa também permite que você exporte suas atividades para outras plataformas populares, como o Endomondo.

O primeiro uso não é muito intuitivo e a leitura do manual se faz necessária para entender o funcionamento básico do dispositivo. Posteriormente, seu uso é bastante simples. A caixa vem com manual tanto para o relógio, quanto para o fone de ouvido (se o seu modelo vier acompanhado de fones da TomTom).

O app TomTom MySports está disponível também para Android e iPhone (iOS), o que permite sincronizar suas atividades e monitorá-las pelo seu smartphone. Em nossos testes com um celular Moto G 3 e Android 6.0 Marshmallow, não conseguimos sucesso na sincronização dos dispositivos.

TomTom Spark Cardio + Music (Foto: Ana Marques/TechTudo)O app TomTom MySports permite exportar suas atividades para outras plataformas (Foto: Ana Marques/TechTudo)


A assessoria da TomTom explicou ao TechTudo que o problema é causado por uma restrição que existe no emparelhamento via Bluetooth nos aparelhos da Motorola, mas afirma que o app está otimizado para Android a partir da versão 4.4. O programa para iPhone funcionou normalmente em um iPhone 4S com iOS 9.3.

Funcionalidades

O modelo Spark Cardio + Music é o mais completo da linha. Ele inclui, além dos recursos comuns a todos os relógios, como registro automático do sono e modo de corrida, duas funções extras: o monitor de frequência cardíaca e a capacidade de armazenar e reproduzir aproximadamente 500 músicas (são 3 GB de memória interna) em formato MP3 ou AAC.

TomTom Spark Cardio + Music (Foto: Ana Marques/TechTudo)O relógio fitness da TomTom permite ouvir música com fones de ouvido bluetooth (Foto: Ana Marques/TechTudo)

O relógio vem ainda com GPS embutido para monitorar fatores como tempo, ritmo, distância, passos dados e calorias queimadas. O modo Multisport permite acompanhar modalidades específicas. As opções são corrida, ciclismo, ciclismo indoor, natação, academia, esteira e estilo livre.

TomTom Spark Cardio + Music (Foto: Ana Marques/TechTudo)O TomTom Spark Cardio + Music vem com um GPS embutido (Foto: Ana Marques/TechTudo)

O TomTom Spark Cardio + Music vem ainda com monitor de frequência cardíaca que permite ao usuário definir a zona ideal de treino de acordo com seus batimentos.

Design

O Spark Cardio + Music está disponível na cor preta e é acompanhado de uma pulseira emborrachada removível, que pode ser encontrada em tamanho pequeno (para quem tem medidas entre 121 e 175 mm), nas cores preto, verde luminoso, azul luminoso, azul luminoso com verde brilhante e rosa com azul luminoso. O tamanho grande (de 143 a 206 mm) tem modelos em cores preto, verde brilhante, laranja brilhante, azul escuro com verde e cinza com laranja.

TomTom Spark Cardio + Music (Foto: Ana Marques/TechTudo)TomTom Spark Cardio + Music tem pulseira removível em diversas cores (Foto: Ana Marques/TechTudo)

Sua tela tem resolução de 168 x 144 pixels, mede 22 x 25 mm e não é touch. O acessório da TomTom pesa 50 g - valor maior do que a pulseira Gear Fit 2 da Samsung, mas inferior ao peso do Apple Watch.

O visual é robusto, dando a impressão de ser bastante resistente, mas acaba chamando atenção em pulsos mais finos. Um ponto que pode não agradar é o único botão, que fica localizado logo abaixo da tela e é bem grande.

TomTom Spark Cardio + Music (Foto: Ana Marques/TechTudo)Tamanho do botão multi-uso pode incomodar alguns usuários (Foto: Ana Marques/TechTudo)


A interface do relógio é simples, porém pode parecer defasada e não agradar a quem preza muito pela estética. Ela é monocromática e objetiva, lembrando celulares antigos. Se você esperava por mais interação, é melhor investir no Moto 360 Sport, que vem com Android Wear ou o Apple Watch Sport, que conta com o WatchOS.

O TomTom Spark é resistente à água, aguentando ficar submerso em até 40 m de profundidade, fator importante para os usuários que praticam algum esporte aquático ou mesmo para quem acaba suando demais durante uma atividade física. Essa capacidade de submersão é bem superior à resistência da pulseira Gear Fit 2, por exemplo, que traz a certificação IP68, aguentando até 1,5 m de profundidade durante 30 minutos.

Bateria

A bateria tem 250 mAh. Segundo a fabricante, com o uso simultâneo das funções cardio, GPS e música, o dispositivo aguenta cinco horas até descarregar completamente. Esse tempo deve ser o suficiente para um dia de atividade física intensa. Em nossos testes, foi possível usar o relógio moderadamente para tarefas diárias (alternando entre música, GPS e Cardio) por aproximadamente 11 h.

Formato do carregador do TomTom Spark pode ser um problema (Foto: Ana Marques/TechTudo)Formato do carregador do TomTom Spark pode ser um problema (Foto: Ana Marques/TechTudo)


Infelizmente, a TomTom não optou por um carregador de formato universal ou carregamento sem fio, como é o caso dos smartwaches da Apple. O carregador tem um formato bem específico que se encaixa entre o visor e a pulseira. Dessa forma, em caso de perda ou numa acidental quebra, o usuário não terá muitas opções de fácil acesso.

Desempenho

Testamos o relógio em estilo livre e ciclismo indoor. Em ambas as modalidades, o acessório se saiu bem. O monitor de frequência cardíaca não apresentou muitas oscilações e indicou as zonas corretas para treino. A contagem de horas de sono também foi testada e mostrou um resultado eficiente, no geral. Em algumas áreas, no entanto, o recurso não foi tão preciso. 

Nos testes, verificamos uma contagem de passos se iniciar enquanto permanecíamos parados, o que pode ser ocasionado por um erro de correção do GPS. Entretanto, esse detalhe não afeta efetivamente o desempenho do relógio.

TomTom Spark Cardio + Music (Foto: Ana Marques/TechTudo)TomTom Spark Cardio + Music define sua zona cardíaca ideal (Foto: Ana Marques/TechTudo)


A reprodução de música se mostrou o ponto alto do acessório. O fone de ouvido se conecta de maneira prática e não houve interferências, mesmo durante as atividades físicas. Vale ressaltar que mão é possível ouvir música em atividades aquáticas.

Custo-benefício

O TomTom Spark Cardio + Music é um relógio fitness e não um relógio inteligente, mas seu preço acaba sugerindo uma competição com acessórios como o Moto 360, Apple Watch e a pulseira inteligente Samsung Gear Fit 2, que também contemplam funções esportivas. Apesar de cumprir bem praticamente todas as funcionalidades às quais se propõe, o acessório acaba perdendo no preço alto.

Por R$ 2.600 é possível encontrar o Watch Sport da Apple em lojas nacionais. Já o Moto 360, relógio da Motorola pode ser comprado por R$ 2.000. Se você quiser apostar no design e abrir mão de apps, a pulseiraGear Fit 2 pode ser a escolha ideal - ela custa cerca de R$ 1.300.

É importante atentar para qual é a sua real necessidade. O TomTom Spark Cardio + Music se sai muito bem em esportes aquáticos, suportando situações mais extremas do que a pulseira Gear Fit 2.

Nota TechTudo

NOTA tt
7.3
Design
7
Desempenho
9
Tela
6
Câmera
0
Custo-benefí­cio
7

Prós

  • Armazenamento e reprodução de música
  • Resistência à água
  • Monitor cardíaco eficiente
  • Modo Multisport

Contras

  • Pedômetro não é tão preciso
  • Ausência de carregamento sem fio
  • Problemas de emparelhamento com celulares da Motorola
  • Interface com aparência defasada
  • Preço alto
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Renato Souto
    2017-07-24T10:10:10

    Pega esses 3 relogios apresentados e vai fazer uma corrida e ver a precisão, nenhum deles se compara ao TomTom, se for pra comparar, que falem sobre o Garmin!

  • Alex Santos
    2016-08-26T08:24:38

    Baratinho, deusolive!!

  • Kadmo Keijock
    2016-08-21T15:35:15

    Consegue-se esse o modelo completo com fone de ouvido no mercado livre, por menos da metade do preço indicado pela matéria.