Jogos de aventura

NOTA tt
8.5

Review Uncharted: The Nathan Drake Collection

Mesmo sem as excelentes modalidades multiplayer dos dois últimos jogos, a trilogia protagonizada por Nathan Drake está graficamente impecável. Confira a análise completa!

Victor Alcaíde Teixeira
por
em

Uncharted: The Nathan Drake Collection é uma compilação remasterizada com os primeiros títulos da franquia: Uncharted: Drake’s Fortune, Uncharted 2: Among Thieves e Uncharted 3: Drake’s Deception. Lançada exclusivamente para PS4, a coletânea inclui modo de campanha para um jogador nos três games. Confira a análise:

Enfim uma remasterização relevante

Na onda das remasterizações, Uncharted: The Nathan Drake Collection é uma das poucas realmente relevantes para o mercado. Os jogadores que migraram do Xbox 360 para o PlayStation 4, por exemplo, terão a oportunidade de experimentar as três grandes aventuras de Nathan Drake em um único pacote.

Review: Uncharted: The Nathan Drake Collection (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)Review: Uncharted: The Nathan Drake Collection (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)

Se você não chegou a conhecer uma das séries exclusivas mais importantes da marca PlayStation, eis a sua chance de se aprofundar em Uncharted, um jogo de ação em terceira pessoa protagonizado por Nathan Drake, um caçador de relíquias. Os enredos dos três títulos giram em torno de tesouros reais, o que inclui histórias de Francis Drake e Marco Polo.

Embora o primeiro game da franquia apresente uma história menos envolvente e mecânicas que envelheceram relativamente mal, não há como negar que Among Thieves e Drake’s Deception continuam sendo verdadeiras obras de arte. Isso porque o segundo game promove um salto gritante de qualidade narrativa, enquanto o terceiro episódio consegue evoluir muito bem a relação dos personagens.

Visual de Drakes Fortune nitidamente aperfeiçoado (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)Visual de Drake's Fortune nitidamente aperfeiçoado (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)

Aperfeiçoado por completo

Avaliando por ordem cronológica, Uncharted: Drake’s Fortune foi o game que se aproveitou melhor das mudanças visuais, pois trata-se de um produto lançado no longínquo ano de 2007. Ainda que o primeiro episódio não aparente ser um jogo da nova geração de consoles, o visual recebeu um belo tratamento, com novas camadas de texturas e efeitos de iluminação mais realistas.

As modelagens dos personagens foram levemente melhoradas, enquanto as cenas de cortes são basicamente as mesmas, apenas rodando em alta resolução. Além das melhorias gráficas, Drake’s Fortune recebeu ajustes nas mecânicas de combate, como um sistema de mira mais preciso e recompensador, facilitando assim os tiros na cabeça.

Por outro lado, as mudanças estéticas de Uncharted 2: Among Thieves e Uncharted: Drake’s Deception não são tão surpreendentes, pois ambos envelheceram muito bem e permanecem atuais. Aliás, a qualidade gráfica dos dois jogos chega a superar alguns títulos recentes lançados originalmente para o PlayStation 4.

Coletânea remasterizada é tecnicamente impecável (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)Coletânea remasterizada é tecnicamente impecável (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)

Tanto Among Thieves como Drake’s Decepction foram aperfeiçoados com novas mecânicas de gameplay, como um sistema de cobertura mais preciso – mas ainda longe de ser perfeito – e aprimoramentos na movimentação (o pulo vai ocasionar menos mortes agora). É bom lembrar que a coletânea remasterizada, produzida pelo estúdio Bluepoint em parceria com a Naughty Dog, roda em lisos 1080p e 60 fps, o que garante uma fluidez absurda à jogabilidade.

Por fim, o áudio do jogo também foi aperfeiçoado com efeitos mais impactantes, bem como o trabalho de dublagem em português brasileiro. É válido ressaltar que todos os três títulos da compilação têm vozes no nosso idioma. Embora a dublagem de Nathan Drake seja questionável, pois o tom da voz não combinou com a personalidade do herói, a localização em geral foi bem feita.

Mecânicas de gameplay também receberam melhorias (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)Mecânicas de gameplay também receberam melhorias (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)

 Pequenos deslizes

Por mais que a compilação seja tecnicamente caprichada, houve alguns deslizes pontuais em relação ao gameplay. O sistema de cobertura continua impreciso, assim como certas ações do personagem, que muitas vezes não correspondem ao plano do jogador.

Além disso, há alguns bugs na movimentação de Drake, o que pode frustrar bastante, especialmente na inédita modalidade “Brutal” – a mais difícil de todas -, que exige precisão absoluta nos comandos. A ausência dos modos multiplayer de Among Thieves e Drake’s Deception também é sentida, já que ambos poderiam estender consideravelmente a longevidade da remasterização.

Jogabilidade foi aprimorada, mas ainda está longe de ser perfeita (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)Jogabilidade foi aprimorada, mas ainda está longe de ser perfeita (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)

Conclusão

Uncharted: The Nathan Drake Collection é um game obrigatório para os donos de PlayStation 4 que ainda não desfrutaram da série. Mesmo sem as excelentes modalidades multiplayer dos dois últimos jogos, a trilogia protagonizada pelo herói Nathan Drake está graficamente impecável. Para os veteranos, não há nada de novo além do custoso modo “Brutal”, que consegue exigir um atípico nível de habilidade no controle.


Qual a melhor franquia: Uncharted ou Tomb Raider? Comente no Fórum do TechTudo!


Nota TechTudo

NOTA tt
8.5
Gráficos
9
Jogabilidade
8
Diversão
9
Som
8

Prós

  • - Visual repaginado
  • - Roda liso em 1080p e 60 fps
  • - Dublagem em português do Brasil
  • - Modo brutal é insano

Contras

  • - Ausência de modos multiplayer
  • - Bugs e mecânicas imprecisas
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Dr. Parkinson
    2015-10-20T16:17:21  

    Não comprei justamente pela falta do multiplayer

    recentes

    populares

    • Dr. Parkinson
      2015-10-20T16:17:21  

      Boa análise. A ausência do multiplayer é realmente um ponto negativo, pois me divertia muito na época. O primeiro uncharted realmente envelheceu mal...

    recentes

    populares

    • Dr. Parkinson
      2015-10-20T16:17:21  

      Alguém mais comprou e ele veio sem encarte dentro ?

  • Geraldo Neto
    2015-10-21T00:38:58

    Ainda está dublado PT-BR ...