Jogos de aventura

NOTA tt
9.3

Review The Wolf Among Us: Episode 3 - A Crooked Mile

Leia a análise do terceiro episódio de The Wolf Among Us que traz uma trama ainda mais densa, mas os mesmos problemas para os consoles. Confira!

Murilo Molina
por
em

The Wolf Among Us, game em capítulos inspirado na série de quadrinhos Fables, da DC Comics, acaba de chegar ao seu terceiro episódio. Com a trama alcançado níveis extraordinários de suspense e tensão, a terceira parte mantém a tradição e qualidade da Telltale e é obrigatória para quem passou pelas primeiras. Confira a análise:

Leia o review completo da segunda parte, The Wolf Among Us – Smoke and Mirrors

Review: The Wolf Among Us: Episode 3 - A Crooked Mile (Foto: Divulgação)Review: The Wolf Among Us: Episode 3 - A Crooked Mile (Foto: Divulgação)


No rastro do lobo

Após dois bem sucedidos episódios, The Wolf Among Us, da Telltale Games faz o seu retorno com A Crooked Mile, a terceira de cinco partes, que conta a história de uma comunidade de personagens de contos de fada presos em Nova Iorque.

Tendo Bigby, o Lobo Mau, como personagem principal, o jogador deve desvendar crimes misteriosos que vêm acontecendo, e ainda se preocupar em manter a ordem entre os outros personagens, sempre metidos em confusões.

Para isso, o game mantém a premiada mecânica point n’ click da Telltale, também usada em grandes sucessos como The Walking Dead e Back to the Future. Isso praticamente isenta o jogador de controlar o personagem, salvo em algumas ocasiões, como cenas de ação ou combates.

Mais forte e com mais responsabilidades (Foto: Divulgação)Mais forte e com mais responsabilidades (Foto: Divulgação)


Crescer e aparecer

Com o avanço dos episódios, foi claro o amadurecimento do esquema de escolhas do game, que deixa nas mãos do jogador algumas das decisões mais sérias e impactantes do game. Além de afetarem o relacionamento do protagonista com os outros personagens, as escolhas também dizem respeito ao futuro da história, criando situações diferentes, de acordo com os caminhos tomados.

Cada vez mais, é possível sentir-se no comando das ações de Bigby. Isso, além de garantir mais liberdade ao jogador, garante acontecimentos chocantes e inesperados, como  mudanças repentinas na lealdade de alguns personagens ou até mortes suspeitas.

Personagens antes discretos fazem papel importante em A Crooked Mile (Foto: Divulgação)Personagens antes discretos fazem papel importante em A Crooked Mile (Foto: Divulgação)


Como nos quadrinhos

Assim como nos dois primeiros episódios, The Wolf Among Us segue um estilo visual que remete aos quadrinhos, com traços fortes e cores sólidas. O resultado é surpreendente nos mais diversos aspectos, trazendo o peso necessário para as sequências sem perder a identidade de HQ da série.

Infelizmente, as versões para consoles ainda são praguejadas por quedas absurdas na taxa de quadros por segundos. Os problemas de desempenho não chegam a impossibilitar a jogabilidade, mas em diversos momentos quebram um pouco da imersão.

A parte sonora, por outro lado, continua impecável, como nas primeiras partes. As atuações dos dubladores continuam brilhantes, trazendo toques dramáticos e até cômicos para os diferentes personagens. O som ambiente e trilha sonora também contribuem com o constante clima de tensão.

Visual de primeira continua sendo um dos trunfos de The Wolf Among Us (Foto: Divulgação)Visual de primeira continua sendo um dos trunfos de The Wolf Among Us (Foto: Divulgação)


Maior e mais profundo

Em geral, A Crooked Mile parece um pouco mais longo do que os seus antecessores, mas sem parecer chato ou repetitivo em momento algum. Não é difícil terminar todo o capítulo e apenas “uma jogada”, já que o enredo forte e grudento prende totalmente a atenção do jogador, e alimenta ferozmente a curiosidade.

Como cereja do bolo, um final tão chocante (ou até mais) do que o visto nos outros capítulos abre as portas para uma sequência ainda mais tensa e recheada de ação e mistérios. Se depender da Telltale, mais dois ótimos episódios devem chegar em breve.

Mistério e ação dão o tom ao game (Foto: Divulgação)Mistério e ação dão o tom ao game (Foto: Divulgação)


Conclusão

The Wolf Among Us – A Crooked Mile é exatamente o que os fãs da série esperavam para um terceiro episódio. Trama sólida, mistérios, tensão e ação de qualidade são brilhantemente apresentadas com o fantástico sistema point n’click da Telltale. Uma das melhores opções para fãs do gênero, ou àqueles que gostariam de experimentar o estilo.


Qual é o maior fiasco do mundo dos games? 
Comente no Fórum do TechTudo.

Nota TechTudo

NOTA tt
9.3
Gráficos
8
Jogabilidade
9
Diversão
10
Som
10

Prós

  • - Mais liberdade nas escolhas
  • - Trama ainda mais tensa e dramática
  • - Mais longo
  • - Personagens mostram evolução

Contras

  • - Mesmos problemas de desempenho nos consoles
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares