Bully

Bully

8.3
OPINIÃO DOS USUÁRIOS

Bully, o jogo polêmico, está disponível para plataformas diversas

Carolina Ochsendorf
por Carolina Ochsendorf em 09/03/2017 13h40

Bully: Scholarship Edition é um jogo de ação da Rockstar Games, mesma desenvolvedora da série GTA, lançado em 2006, originalmente para PlayStation 2. Atualmente o jogo tem versões para PlayStation 4, Xbox 360, Nintendo Wii e PC. Em comemoração aos 10 anos do título, a desencolvedora lançou recetemente o game para celulares com Android e iOS.

 

Nossa opinião

O game é de mundo aberto em terceira pessoa e localizado no ambiente escolar do internato ficcional de Bullworth Academy. O título que completou 10 anos de existência em 2016 conta a história de Jimmy Hopkins, um valentão da escola que é conhecido pelos colegas por atormentar os outros meninos.

O “GTA na escola”, como é conhecido, já foi alvo de várias polêmicas envolvendo a questão do Bullying, por causa da violência extrema presente no game, e, por isso, já foi até proibido no Brasil. 

Logo de início, o jogador terá acesso ao terreno da escola, que conta com dormitórios, biblioteca, ginásio, campo de futebol, e deverá completar diversos objetivos. Além disso, ele  terá que participar de diversas aulas, a exemplo de química, artes, inglês e educação física, para melhorar suas habilidades. Nas aulas de química, o jagador aprende a fazer bombinhas, já nas de inglês melhora o vocabulário, para se desculpar com monitores e colegas que querem agredi-lo.

Bully permite que você seja tanto um valentão, atormentando os colegas do internato, ou que seja um justiceiro, protegendo os mais fracos. Escolha seu lado e divirta-se!

Prós
Contras

Fotos

Opinião dos usuários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

avatar
Qual a sua nota?

Escreva a sua opinião:

0
Agora não
avatar

Fhilip Muniz Martins

09 de Março de 2017
Se a parada é proibida e polemica qual a finalidade de se noticiar o jogo? fazer as pessoas terem curiosidade de baixar?! Não tinha fato mais importante pra ocupar a primeira pagina nao??
avatar

Gustavo Campos

04 de Janeiro de 2017
O jogo não é mais proibido no Brasil, inclusive tem na Steam pra quem quiser baixar. Inclusive o jogo tem nome, e é "Bully", e não "Jogo banido no Brasil...".
avatar

Carlim

16 de Maio de 2017
qdo vi a foto da chamada, achei que era um jogo de sexo
avatar

Saulo

10 de Março de 2017
quem escreve essas matérias? O impressionante é que é recente mas enfim... na história do jogo ele não pratica bulling e sim ele sofre bulling e se "vinga" dos seus agressores. o jogo nem sequer é proibido, mas por fim foi uma ótima propaganda do game.
avatar

Amigo da Paz

16 de Maio de 2017
Vocês são diabólicos, ficam toda vez insistindo com a publicação desta notícia sobre este game. Não acha melhor propagar, a paz, a harmonia, o amor?!! Que inclinação maligna vocês têm!
avatar

Raphael Ramos de Oliveira

09 de Março de 2017
Tinha que ter opções no jogo para assediar garotas
avatar

Amauri França

26 de Junho de 2017
TIVE QUE VIR COMENTAR! ESSA MATÉRIA É ANTIGA E GOSTARIA DE SABER QUANTO A EMPRESA PAGOU PARA REPETIR ESTA MATÉRIA!
avatar

Jucélio da Silva Carvalho

03 de Outubro de 2017
TECHTUDO, essa materia já foi tema e chamada dezenas de vezes no site da globo desde 09/03/2017 , pra que tudo isso? Voces perdem a credibilidade... cade as novidades lançadas diariamente pelo mundo???? sacoo isso
avatar

Eduardo Torres S. Rodrigues

07 de Outubro de 2017
Mês em mês é divulgada uma matéria sobre esse jogo. É falta do que publicar?
avatar

Leandro Moreira Maia

10 de Março de 2017
Um jogo desse porte não tem nada a acrescentar, pelo contrário, só fomenta a violência e o bullying.
avatar

MARCUS VINICIUS DE OLIVEIRA RAMOS

03 de Outubro de 2017
Outra vez? Essa matéria aparece mais do que a da Carolina Dieckmann no Ego, passeando aleatoriamente no Leblon...
avatar

Diogo

04 de Janeiro de 2017
é né
avatar

Andresa Martins

16 de Maio de 2017
No Japão, a pedofilia é permitida em jogos e animes (hentai) para que os pedófilos a pratiquem no imaginário, mas não no mundo real. isso funcionou muito bem lá. Eu, que fui vítima de bullying por 7 anos, preferiria que o jogo fosse distribuído abertamente e sem mimimi. Quem sabe essas pessoas não começam a passar horas se idiotizando na frente do computador ao invés de se ocuparem destruindo a vida dos outros.
avatar

Eduardo Martins Chaves

26 de Junho de 2017
Notícia mais velha do q o nascimento de derci gonçalves
avatar

Mauricio Mello

03 de Outubro de 2017
Globo sendo globo.
avatar

Binho Barros

02 de Outubro de 2017
Esse jogo não tem nada demais... Jogava bastante no play.2, e é um bom jogo, inclusive. O problema é que tem muita violência com criança, o jogo começa com você na escola, e pode fazer o que quiser bater em professores, e tudo mais... Mas vai de cada um ao quanto o jogo pode influencia.
avatar

Vitor Vanti

25 de Junho de 2017
Um dos princípios do Bully é que ele busca a união da escola sem divisões e hierarquias...
avatar

Alan do Carmo dos Santos

25 de Junho de 2017
proibido??? kkkkkkk
avatar

Carlos Coelho

03 de Outubro de 2017
Praticamente impossível fazer o cadastro pra poder jogar
avatar

Fabio de Cesar Ribeiro

25 de Julho de 2017
isso que e interessante fhilip vou detonar essa bagaça.
avatar

Eduardo Torres S. Rodrigues

07 de Outubro de 2017
Mês em mês é divulgada uma matéria sobre esse jogo. É falta do que publicar?
avatar

Carlos Coelho

03 de Outubro de 2017
Praticamente impossível fazer o cadastro pra poder jogar
avatar

MARCUS VINICIUS DE OLIVEIRA RAMOS

03 de Outubro de 2017
Outra vez? Essa matéria aparece mais do que a da Carolina Dieckmann no Ego, passeando aleatoriamente no Leblon...
avatar

Jucélio da Silva Carvalho

03 de Outubro de 2017
TECHTUDO, essa materia já foi tema e chamada dezenas de vezes no site da globo desde 09/03/2017 , pra que tudo isso? Voces perdem a credibilidade... cade as novidades lançadas diariamente pelo mundo???? sacoo isso
avatar

Mauricio Mello

03 de Outubro de 2017
Globo sendo globo.
avatar

Binho Barros

02 de Outubro de 2017
Esse jogo não tem nada demais... Jogava bastante no play.2, e é um bom jogo, inclusive. O problema é que tem muita violência com criança, o jogo começa com você na escola, e pode fazer o que quiser bater em professores, e tudo mais... Mas vai de cada um ao quanto o jogo pode influencia.
avatar

Fabio de Cesar Ribeiro

25 de Julho de 2017
isso que e interessante fhilip vou detonar essa bagaça.
avatar

Eduardo Martins Chaves

26 de Junho de 2017
Notícia mais velha do q o nascimento de derci gonçalves
avatar

Amauri França

26 de Junho de 2017
TIVE QUE VIR COMENTAR! ESSA MATÉRIA É ANTIGA E GOSTARIA DE SABER QUANTO A EMPRESA PAGOU PARA REPETIR ESTA MATÉRIA!
avatar

Vitor Vanti

25 de Junho de 2017
Um dos princípios do Bully é que ele busca a união da escola sem divisões e hierarquias...
avatar

Alan do Carmo dos Santos

25 de Junho de 2017
proibido??? kkkkkkk
avatar

Amigo da Paz

16 de Maio de 2017
Vocês são diabólicos, ficam toda vez insistindo com a publicação desta notícia sobre este game. Não acha melhor propagar, a paz, a harmonia, o amor?!! Que inclinação maligna vocês têm!
avatar

Carlim

16 de Maio de 2017
qdo vi a foto da chamada, achei que era um jogo de sexo
avatar

Andresa Martins

16 de Maio de 2017
No Japão, a pedofilia é permitida em jogos e animes (hentai) para que os pedófilos a pratiquem no imaginário, mas não no mundo real. isso funcionou muito bem lá. Eu, que fui vítima de bullying por 7 anos, preferiria que o jogo fosse distribuído abertamente e sem mimimi. Quem sabe essas pessoas não começam a passar horas se idiotizando na frente do computador ao invés de se ocuparem destruindo a vida dos outros.
avatar

Leandro Moreira Maia

10 de Março de 2017
Um jogo desse porte não tem nada a acrescentar, pelo contrário, só fomenta a violência e o bullying.
avatar

Saulo

10 de Março de 2017
quem escreve essas matérias? O impressionante é que é recente mas enfim... na história do jogo ele não pratica bulling e sim ele sofre bulling e se "vinga" dos seus agressores. o jogo nem sequer é proibido, mas por fim foi uma ótima propaganda do game.
avatar

Raphael Ramos de Oliveira

09 de Março de 2017
Tinha que ter opções no jogo para assediar garotas
avatar

Fhilip Muniz Martins

09 de Março de 2017
Se a parada é proibida e polemica qual a finalidade de se noticiar o jogo? fazer as pessoas terem curiosidade de baixar?! Não tinha fato mais importante pra ocupar a primeira pagina nao??
avatar

Gustavo Campos

04 de Janeiro de 2017
O jogo não é mais proibido no Brasil, inclusive tem na Steam pra quem quiser baixar. Inclusive o jogo tem nome, e é "Bully", e não "Jogo banido no Brasil...".
avatar

Diogo

04 de Janeiro de 2017
é né
Baixar para baixar
mais infos +

downloads

tamanho do download

Licença

Idioma

Desenvolvedor

Desconhecido

Lançamento

17/10/2006

NOTA tt
8.3

O game é de mundo aberto em terceira pessoa e localizado no ambiente escolar do internato ficcional de Bullworth Academy. O título que completou 10 anos de existência em 2016 conta a história de Jimmy Hopkins, um valentão da escola que é conhecido pelos colegas por atormentar os outros meninos.

Dados do Jogo
Gênero Ação
Produtora Rockstar Games
Licença Pago
Modos de Jogo Single player
Classificação Indicativa 14 anos

Opinião dos usuários

Fórum

Bully

Você ficou com alguma dúvida sobre Jogos de ação ? Visite o Fórum TechTudo e peça ajuda para a comunidade.

Você vai gostar

Veja tudo sobre Jogos de ação