As Vítimas-Algozes

As Vítimas-Algozes

As Vítimas-Algozes: leia a importante obra do período pré-abolicionista

As Vítimas-Algozes: quadros da escravidão é um livro do escritor e medico Joaquim Manuel de Macedo (1820 – 1882). Nesta obra, lançada em 1869, o autor de A Moreninha trata da escravatura de forma polêmica.

O livro traz três novelas que contam histórias de escravos que se tornaram um pesadelo na vida de seus patrões. Nas tramas, os senhores são sempre evidenciados como vítimas dos servos que tomam atitudes cruéis e cometem crimes contra eles.

De caráter abolicionista, o romance era uma forma de defender que o fim da escravidão deveria ocorrer de forma gradual e sem prejuízo para a burguesia da época. Com essas narrativas, o autor fazia um alerta ao leitor. A escravidão deveria acabar pelo bem do senhor, e não somente do escravo.

Para o autor, os escravos podem ser considerados vítimas, sim, como aponta o título da obra, mas de personalidade cruel e vingativa. A escravidão representava um risco e um perigo para a burguesia já que os escravos podiam ser uma ameaça à família branca.

As Vítimas-Algozes: quadros da escravidão é tido como integrante do movimento literário romântico, mas ele não agradou muito aos leitores da época e teve uma recepção bem negativa por parte da crítica. Os movimentos mais conservadores também não aceitaram bem o romance.

Por mais que o posicionamento ideológico do autor possa parecer absurdo nos dias atuais, o romance retrata um debate importante no século XIX e é representativo do momento pré-abolicionista no Brasil. Esta é uma leitura muito útil para compreender este contexto histórico. Ao acessar o link, basta clicar em baixar, que o arquivo em pdf será automaticamente iniciado no navegador.

Confira o resumo do livro As Vítimas-Algozes no Educação e prepare-se para o vestibular e para a prova do Enem.

Fotos

Baixar para baixar
mais infos +

downloads

tamanho do download

Licença

Idioma

Desenvolvedor

Domínio Público

Lançamento

24/05/2013

Fórum

As Vítimas-Algozes

Você ficou com alguma dúvida sobre E-books e cultura? Visite o Fórum TechTudo e peça ajuda para a comunidade.

Você vai gostar

Veja tudo sobre E-books e cultura →