Organizações

02/12/2010 12h01 - Atualizado em 14/07/2011 07h10

Aluno do MIT cria interface inovadora para computadores

Dorly Neto
por
Para o TechTudo

Todo bom ser humano aficcionado por tecnologia conhece o trabalho do Massachussetts Institute of Technology (MIT), principalmente no âmbito das inovações tecnológicas que nascem desse centro de estudo, localizado nos Estados Unidos. Gente importante como Nicholas Negroponte e Bill Weisz estudaram por lá, fazendo valer o nome da Universidade.

As feiras do MIT são um celeiro de novos inventos e soluções tecnológicas para nossas vidas. Uma delas, é a luminária batizada de LuminAR, um projeto financiado pelas empresas Intel e Microvision, e a engenhoca se trata de um braço robótico em forma de luminária, capaz de mover-se e projetar informações em uma tela interativa. Ela também funciona como um sensor, detectando objetos e procurando na internet informações sobre aquele produto.

Segundo seu criador, o estudante Natan Linder, o LuminAR não é nada mais do que um computador, fazendo as mesmas funções que um iPhone ou um iPad, porém, num formato diferenciado. Ele diz que, uma vez projetado em qualquer superfície, o usuário pode interagir como se fosse uma tela interativa. Segundo Linder, a ideia surgiu para propor novas interfaces do computador, que continua a mesma há 30 anos.

O interessante é que o projeto em si pode inspirar outros inventores a mudar a forma como nos relacionamos com o computador, bem como suas interfaces diferenciadas para cada tipo de uso. Assim, um modelo de computador congelado há 30 anos poderá ter um diferencial, e ser adequado para cada necessidade dos usuários. Será que estamos chegando perto do futuro previsto pelo filme Minorty Report, e nos sentiremos parecidos com Tom Cruise usando aquelas interfaces inovadoras e espetaculares de computador?

Para conhecer mais detalhes do projeto de Natan Linder no MIT, acesse o site oficial (em inglês).

Fonte: http://www.bbc.co.uk/news/world-europe-11570604

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares