Produtividade

22/12/2010 10h02 - Atualizado em 14/07/2011 07h08

Microsoft desiste de ferramenta para detecção de cópias piratas do Office

Rafael Silva
por
Do Tecnoblog

Para tentar combater a pirataria dos seus programas e sistemas operacionais, a Microsoft disponibiliza certas ferramentas através do Windows Update. Um desses, conhecido como OGA (Office Genuine Advantage), servia para detectar cópias piratas especificamente da suíte de aplicativos de escritório da empresa. E hoje ela foi descontinuada, sem nenhum anúncio oficial, apenas retirada do ar.

Steve Balmer, presidente da Microsoft, desistiu da briga contra a pirataria?Steve Balmer, presidente da Microsoft, desistiu da briga contra a pirataria? (Foto: Época Negócios)

Usuários do Office que não instalavam o OGA eram impedidos de baixar templates e atualizações não-críticas para a suíte. Apesar de parecer uma vitória para quem tem instalada uma versão menos do que legítima do Office no seu computador, a Microsoft garante que fez isso porque "a ferramenta já serviu ao seu propósito" e que "estamos fazendo diversos novos investimentos que vão nos permitir [...] ajudar vítimas de fraude". A empresa, no entanto, não detalhou quais os planos futuros para detecção de software pirata.

A WGA (Windows Genuine Advantage) por sua vez, que serve para detectar cópias piratas do Windows, continuará ativa por tempo indeterminado.

Fonte: ComputerWorld

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares